1223846171 apostila auxiliar_administrativo

Download 1223846171 apostila auxiliar_administrativo

Post on 28-Nov-2014

568 views

Category:

Data & Analytics

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ddd

TRANSCRIPT

<ul><li> 1. Auxiliar Administrativo Relacionamento Interpessoal no Trabalho 1. O Fator Humano nas Organizaes Relacionamento Interpessoal significa relacionamento entre pessoas, englobando todos os tipos de relacionamento entre os seres humanos. Desde o seu nascimento, todo ser humano passa a pertencer a uma famlia, j se envolve em seus primeiros relacionamentos interpessoais. Ao chegar a fase adulta, o individuo ter estabelecido milhares de vnculos nas suas relaes, participando de grupos sociais, relacionamentos afetivos e profissionais. Todos esses relacionamentos apresentam uma caracterstica em comum: a comunicao. Podemos dizer que o homem no vive sozinho. O desenvolvimento da sociedade da sociedade tornou as pessoas cada dia mais dependentes de seu grupo. Isto tambm acontece no trabalho. A dimenso do trabalho na vida do homem muito extensa. H autores que afirmam que o homem vive: No trabalho, pois tudo o que est a sua volta fruto do trabalho, seu ou de outro individuo; Do trabalho, pois dele que se conseguem os recursos necessrios para a sobrevivncia; Para o trabalho, pois nele pode realizar-se enquanto homem, sentindo-se til, responsvel, produtivo e reconhecido. 2. A Natureza da Comunicao Interpessoal Comunicao o processo que consiste em transmitir e receber mensagens com finalidade de afetar o comportamento das pessoas. </li> <li> 2. Processo da comunicao </li> <li> 3. MENSAGEM EMISSOR BARREIRAS: RECEPTOR Formao Moral Personalidades Ideologias Preferncias Cultura Emocionalidade REALIMENTAO / FEEDBACK Processo de Comunicao Se as pessoas descobrirem como agem e tentarem descobrir maneiras para compensar tais comportamentos, isso os ajudar com mais eficincia no relacionamento interpessoal. Entendendo o Processo de Comunicao Por meio de comunicao expressamos pensamentos, experincias e emoes; A comunicao o processo de transmitir e receber mensagens; Para que a comunicaao se realize, so necessrios um emissor e um receptor; A comunicao ocorre de duas maneiras: Verbal e no-verbal. A comunicao Verbal fundamental nos relacionamentos interpessoais alem de ser a mais utilizada. Ocorre por meio de conversas, livros, jornais, radio, TV, cartas, relatrios, entre outros. Exige cuidado e preparo, tanto da parte de quem a origina como a de quem a recebe. necessrio passar idias com clareza, mas a comunicao nem sempre consegue atingir o objetivo de passar uma mensagem clara. 3 </li> <li> 4. A Comunicao No-Verbal Nesse de comunicao, o emissor esta transmitindo mensagem com expresses faciais ou corporais e ainda por meio de gestos. Sem que se perceba, freqentemente se est transmitindo mensagens. O comportamento inadequado de um condutor no trnsito gera mensagens negativas que permitem aos outros analisar o seu perfil. Exemplos de comunicao no verbal no trnsito: EMISSOR CANAL OU VEICULO MENSAGEM RECEPTOR Condutor Buzina Ateno Pedestre Agente de trans. Som de apito Pare Condutor Dep. De trans. Smbolos de sinalizao Proibido retornar Condutor Motorista Converso a esquerda Vou virar a esquerda Pedestre Problemas de Comunicao As causas principais das falhas de comunicao ou ainda pela prpria mensagem. Dificuldade de expresso Escolha inadequada do receptor Escolha inadequada do meio Falhas na mensagem Diferenas de percepo Condies para uma BOA Comunicao Falar com clareza e preciso Ter objetividade Tom de voz moderado Saber ouvir Respeitar Ter boa vontade, ser receptivo. 4 </li> <li> 5. Aprendendo a Administrar Relacionamentos Alem de uma comunicao eficiente, os indivduos que possuem um bom relacionamento interpessoal tm caractersticas especiais: RESPEITO FLEXIBILIDADE BOM SENSO HUMANIDADE PACINCIA EQUILIDRIO EMPATIA RECEPTIVIADE IQUALDAE PERSISTENCIA EDUCAO Personalidade o conjunto de caractersticas que torna a pessoa nica a diferente das outras, ou seja, cada um tem a sua personalidade, pois os indivduos pensam, sentem a agem de maneira bastante distinta. A personalidade se forma quando ainda somos crianas e vai se adaptando ao ambiente em que vivemos, a medida que vamos crescendo. So fatores que determinam a personalidade: Herana biolgica Ambiente Idade Deve-se ter cuidado ao formar opinies precipitadas sobre outras pessoas, pois estas informaes podem se transformar em preconceitos ou esteritipos. Preconceitos Trata-se de conceito ou opinio formados antes de ter o conhecimento adequado. Alguns preconceitos so: Criticar idias e opinies dos outros que no combinam com o que voc pensa; Julgar a pessoa precipitadamente sem considerar o seu estado emocional. Por exemplo: ela pode estar agressiva porque est vivendo um momento difcil. Ao relacionar-se com o outro, deve-se considerar as prprias emoes para no julgar o outro de forma errada. 5 </li> <li> 6. A revelao da personalidade acontece no relacionamento com as outras pessoas. Quando o individuo se conhece melhor, fica mais fcil conhecer o outro. Assim, melhora a qualidade dos relacionamentos. Melhorando os Relacionamentos Um aperto de mo, um sorriso ou um simples olhar de uma pessoa influencia nossos pensamentos e sentimentos. Estamos nos relacionando com as outras pessoas todo o tempo. Uma das principais caractersticas do ser humano que ele interage com o seu meio e, ao mesmo tempo, sofre influncias dele. O relacionamento interpessoal e uma troca, entre duas ou mais pessoas. Podemos tambm, a partir da nossa observao sobre uma pessoa, transferir a idia que formamos para todo o grupo a que ela pertena. Vejamos um exemplo: se voc tem uma experincia desagradvel com uma pessoa estrangeira, isso no significa que todos os estrangeiros voa agir da mesma forma . Isso acontece quando pessoas ou grupos so rotulados. Por exemplo: Todos os adolescentes so preguiosos. Essa afirmativa um preconceito, porque nem todos os adolescentes so preguiosos. Por isso esteja atento ao comportamento do outro como um todo, procurando conhecer a pessoa como ele . Assim, fica mais fcil o relacionamento com as pessoas. Conhecendo e Respeitando as diferenas Todos nos somos diferentes no modo de pensar, de agir e de sentir. As diferenas existem, e o importante saber reconhec-las e lidar melhor com elas, especialmente no momento de trabalho. Somos diferentes pela nossa maneira de pensar e por muitas caractersticas pessoais. Cada individuo um ser nico com pensamentos, sentimentos, atitudes e historias diferentes. Respeitando a diferena do outro, voc pode conquistar grandes relacionamentos! As diferenas se manifestam de acordo com as normas e os hbitos adquiridos na sociedade, ou seja, a cultura de cada um. As diferenas existem, tambm, pelas crenas que cada grupo social tem. 6 </li> <li> 7. Voc pode verificar que no ambiente de trabalho, quando sai ou entra outra pessoa na sua equipe, percebem-se muitas diferenas na forma com que as pessoas passam a se comportar uma com as outras, ate mesmo a produzir. Com a troca de experincias e as diferenas de cada um, o grupo se transforma e todos aprendem e crescem profissionalmente. Muitas vezes, as diferenas no ambiente de trabalho podem gerar conflitos. Por isso, preciso ter cuidado com as reaes preconceituosas ou de intolerncia, pois elas criam barreiras para a troca de idias, de conhecimentos e de experincias. Em nossos relacionamentos, estamos sempre influenciando o comportamento de algum ou sendo influenciados. A influencia acontece no sentido de mudar ou acrescentar novas percepes sobre as pessoas ou os fatos. Essas percepes podem confirmar ou alterar o que pensamos e sentimos, resultando (ou no) em mudana de comportamento. INTRODUO AO MERCADO DE TRABALHO O que empregabilidade? O termo surgiu na ltima dcada e pode ser definido como a qualidade que possui a pessoa que est adequada com as exigncias do mercado de trabalho. Em outras palavras, quanto mais suas habilidades se aproximarem do perfil profissional exigido pelos novos tempos, maiores sero as chances no mercado de trabalho; ou seja, maior ser sua empregabilidade. A tendncia deste incio de sculo no ter mais um emprego para toda vida, mas sim, se tomar empregvel para toda vida. Toda pessoa deve concentrar-se no constante desenvolvimento de suas habilidades, administrar sua carreira para tomar-se empregvel. Baixar a guarda em empregabilidade simplesmente ficar parado. Alis, ficar parado o mesmo que andar para trs. Voc abaixa a guarda em termos de empregabilidade quando: Par de estudar; Pra de se atualizar, isto , no l, no v TV, no vai ao teatro, no navega na Internet, no vai a associaes de classe, no conversa com colegas; Acha que est bem instalado e se acomoda no lugar; 7 </li> <li> 8. Pra de ler anncios de emprego perdendo interesse por eles; Fecha-se deixando de conhecer novas pessoas, convivendo sempre com as mesmas; Acha que salrio, mesada do pai ou poupana vo durar para sempre; Voc comea a se perceber repetindo sempre as mesmas coisas sentindo um vazio existencial interno; Fica adiando para o ano seguinte projetos antigos. Preparar-se para o mercado de trabalho no tarefa fcil pois exige esforo no sentido de. manter uma organizao, atualizao e em especial, no deixar-se abater. Como j falamos no baixar a guarda! PERFIL PROFISSIONAL Atuais exigncias do mercado de trabalho Muito mais que habilidades tcnica, o mercado de trabalho atual exige das pessoas habilidades relacionadas personalidade e ao comportamento de cada um. Isso significa que, alm do trabalhador saber como desempenhar bem uma profisso, utilizar corretamente os meios e ferramentas de seu trabalho, ele deve possuir algumas habilidades que determinam sua conduta social. O trabalhador deve ter habilidades para trabalhar em equipe, cooperar com o prximo, ter idias criativas no desempenho das atividades e solues de problemas, saber resolver conflitos em seu ambiente de trabalho, motivar sua equipe e ainda, ter vontade e curiosidade de pesquisar e querer aprender mais e mais sobre seu trabalho e sobre o mundo em geral. Analise estes dois exemplos: EMPRESA A: A empresa A composta por pessoas com timas habilidades tcnicas, todas interessadas em um objetivo nico e motivadas para alcanar tal objetivo. Os trabalhadores desta empresa respeitam uns aos outros e h bastante cooperao entre eles. As idias so compartilhadas e estudadas em grupo com a participao de todos. Tanto os sucessos quanto s derrotas so divididas. 8 </li> <li> 9. EMPRESA B: Esta empresa composta por pessoas com as mesmas habilidades tcnicas que as da empresa A, porm os trabalhadores desta empresa pensam apenas em seu prprio desenvolvimento, escondem as novas idias para seu prprio mrito, no ajudam uns aos outros na resoluo de problemas ou na aquisio de novos conhecimentos. Pare e pense: Qual destas empresas ter mais sucesso no futuro? Em qual delas voc gostaria mais de trabalhar? Por que? Repare que os funcionrios das duas empresas possuem as mesmas competncias tcnicas, porm so as habilidades de personalidade e comportamento que faro a empresa A se destacar no mercado de trabalho. Tais habilidades comportamentais geram satisfao tanto para o trabalhador em seu ambiente de trabalho. quanto para a empresa. A reduo do estresse no trabalho, a unio da equipe e a formao de laos afetivos se traduzem em maior produtividade para a empresa, refletindo em aumento de salrios, benefcios e gratificaes. Por fim, qual o perfil do profissional do futuro? Quais as qualidades que gerentes, empresrios e patres esto dando maior ateno atualmente? Aprender a aprender: ter curiosidade e vontade de aprender nova tcnicas e competncias, saber pesquisar sozinho sobre um assunto, demonstrar interesse no autodesenvolvimento. Comunicao e colaborao: saber ouvir e comunicar-se com os colegas de trabalho, saber trabalhar efetivamente em grupo, colaborar com os membros da equipe, solucionar conflitos e compartilhar as melhores prticas em seu ambiente de trabalho. Raciocnio criativo e resoluo de problemas: saber definir e reconhecer problemas, implementar solues, gerar novas idias, agir, controlar e avaliar os resultados. Desenvolvimento de liderana: ser capaz de dar autonomia aos colegas de trabalho, visualizar energizar e capacitar um grupo ou equipe para atingir as iniciativas empresariais. DICAS PARA UM CURRCULO COMPETITIVO Elaborando o Currculo 9 </li> <li> 10. Qual o significado da palavra currculo? Segundo o dicionrio Aurlio, a palavra currculo vem do latim "Curriculum Vitae", que quer dizer "Carreira da Vida". Para que serve o currculo? O currculo um documento que resume a sua trajetria profissional, sua formao escolar, as principais atividades e funes exercidas, cursos e estgios, alm de dados pessoais como endereo, telefone e data de nascimento. Quem busca uma vaga no mercado de trabalho precisa preparar um currculo eficiente, portanto, voc deve ter todo o cuidado ao prepar-Io, pois um currculo mal elaborado pode desqualificar um candidato. J o currculo bem feito facilita o ingresso no mercado de trabalho. Objetividade O currculo no deve ser longo, portanto, no ultrapasse duas pginas. S faa uma terceira pgina se sua experincia for realmente longa. Caso contrrio, o profissional responsvel pela seleo de pessoal na empresa poder consider-Io pouco prtico e pode perder o interesse em l-Io. Dados como RG, CPF e Carteira de Trabalho no devem ser colocados. Posteriormente, se forem necessrios, a empresa solicitar. Efeitos Especiais o currculo deve ser discreto e agradvel para a leitura. No enfeite com vrios tipos de letras e desenhos. Caso queira destacar alguma informao importante, use o recurso "Negrito". Utilize uma letra padro e imprima em uma impressora de qualidade em papel branco. Cursos 10 </li> <li> 11. No preciso relacionar todos os cursos realizados. Lembre-se que o selecionad...</li></ul>