100 sucos-com-poderes-medicinais

Download 100 sucos-com-poderes-medicinais

Post on 22-Nov-2014

299 views

Category:

Food

0 download

DESCRIPTION

100 sucos-com-poderes-medicinais

TRANSCRIPT

  • 1. com poderes medicinais
  • 2. Lelington Lobo Franco com poderes medicinais
  • 3. ____________________________________________ Copyright 2005 by Lelington Lobo Franco Produo Editorial e Reviso: Equipe Elevao Impresso: Mundial Artes Grficas Capa e diagramao: Alziro Braga Depsito legal na Biblioteca Nacional conforme Decreto n 1.825, de 20 de dezembro de 1907. Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP) (Cmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Franco, Lelington Lobo 100 sucos com poderes medicinais / Lelingron Lobo Franco. So Paulo : Elevao, 2005. Bibliografia. 1. Doenas - Causas 2. Frutas 3. Medicina preventiva 4. Nutrio - Necessidades I. Ttulo 05-3077 CDD-613.2 ndices para catlogo sistemtico: 1. Frutas e preveno de doenas 613.2
  • 4. ISBN857513051-X Todos os direitos desta edio reservados Editora Elevao Av. Rudge, 938 Bom Retiro So Paulo/SP Brasil CEP 01134-000 Tel.: (11) 3358-6875 Fax: (11) 3358-6869
  • 5. Dedicatria minha esposa, Vera, aos meus filhos Marcelo, Everson*, Eveliz e Marlus, e aos meus netos Lucas, Joo Pedro, Gabriela e Marina, com amor e carinho. (1972-2002) Aos meus amigos Ronnie Von, apresentador e comunicador de TV, que, alm de cantor, botnico e profundo conhecedor das plantas medicinais. Ctia Fonseca, grande comunicadora de TV, do programa Mulheres, do qual participei diversas vezes. Raquel Rojas, jornalista responsvel pela Rojas Comunicao SP. Elon Garcia, radialista e publicitrio em Curitiba/PR. Ireneu Koch, jornalista, radialista e diretor da Rdio Novo Tempo, de Curitiba/PR. Layne Valgas, jornalista TV RBS Bom Dia Santa Catarina, de Florianpolis/SC. Mansa Lobo, apresentadora de TV, Record, Curitiba/PR. Prof. Srgio Lobato, diretor de fitoterpicos do Instituto do Meio Ambiente de Balnerio Cambori/SC.
  • 6. Evelton Vieira, engenheiro agrnomo de fitoterpicos -Navegantes/SC. Dr. Ulisses Coelho, Balnerio Cambori/SC. NDICE Introduo ................................................................................................................. 17 Nota ao Leitor ............................................................................................................ 19 cido rico ............................................................................................................. 20 Sucos contra cido rico e gota ......................................................................... 21 Suco de melancia ............................................................................................... 21 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 21 Acne ...................................................................................................................... 22 Suco a base de limo ......................................................................................... 22 Afonia .................................................................................................................... 23 Suco de limo com gengibre .............................................................................. 23 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 23 Anemia................................................................................................................... 23 Sucos anti-envelhecimento e preventivo do cncer e da anemia ...................... 24 1 suco ............................................................................................................... 24 2 suco ............................................................................................................... 24 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 24 Anemia ferropriva ...................................................................................................... 25 Abacaxi com cenoura ......................................................................................... 25 Frap de goiaba, gostoso e nutritivo .................................................................. 25 Suco de maa .................................................................................................... 26 Milk-shake de ma verde ................................................................................. 26 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 26 Arteriosclerose .......................................................................................................... 27 Suco de acerola ................................................................................................. 27 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 27 Artrite ......................................................................................................................... 27 Suco para artrite ................................................................................................. 28 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 28 Asma ......................................................................................................................... 29 Suco para asma e bronquite .............................................................................. 29 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 29 Suco para asma e laringite ................................................................................. 30 Suco para tosses, asma e afonia ....................................................................... 30 Xarope para bronquite crnica e asma .............................................................. 30 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 31 Aterosclerose ............................................................................................................ 32 Camu-camu ou acerola com abacate ................................................................ 33 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 33 Bexiga (problemas de infeco) ......................................................................... 33
  • 7. Suco de guaatonga com acerola ...................................................................... 34 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 34 Bulimia ...................................................................................................................... 34 Suco para Bulimia .............................................................................................. 35 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 35 Bursite .......................................................................................................................35 Suco de babosa ................................................................................................. 36 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 36 Clculos renais .......................................................................................................... 36 Suco para clculos renais .................................................................................. 36 Suco diurtico, que evita a formao de pedras nos rins, ajudando a elimin-las. ........................................................................................................................... 37 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 37 Cncer ....................................................................................................................... 38 Receita desintoxicante, anticancergena e vitaminada. ..................................... 38 Suco de tomate .................................................................................................. 39 Suco verde ............................................................................................................. 39 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 40 Clculos na vescula ou pedras na vescula ............................................................. 40 Limo e azeite de oliva ....................................................................................... 41 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 41 Celulite ............................................................................................................... 41 Suco para celulite ............................................................................................... 42 Propriedades teraputicas ..................................................................................... 42 Ch verde ........................................................................................................... 44 Clorofila .............................................................................................................. 44 Como utilizar sucos clorofilados ......................................................................... 45 Sucos desintoxicantes de clorofila ..................................................................... 45 2 suco ............................................................................................................... 46 Principais propriedades teraputicas ..................................................................... 46 Colesterol ........................................................................................................... 47 Coquetel para diminuir o colesterol .................................................................... 47 2 suco ............................................................................................................... 48 Principais propriedades teraputicas ..................................................................... 48 Colite ......................................................................................................................... 48 Suco para colite ................................................................................................. 49 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 49 Constipao intestinal ou priso de ventre ................................................................ 50 Vitamina de caqui ............................................................................................... 50 Suco de caqui e laranja ...................................................................................... 50 Milk-shake refrescante e digestivo de banana com mamo ............................... 51 Suco de laranja, com muitas fibras .................................................................... 51 Suco de tangerina .............................................................................................. 51 Suco de uva com ameixa-preta e pra............................................................... 51 Vitamina de manga ............................................................................................ 52 Suco de cupuau ............................................................................................... 52 Ameixa-preta ...................................................................................................... 52 Principais elementos teraputicos ...................................................................... 52 Depresso ................................................................................................................. 54 Suco antidepressivo ........................................................................................... 54
  • 8. Principais elementos teraputicos ......................................................................... 55 Suco para ter um sono tranqilo ........................................................................ 56 2 suco ............................................................................................................... 56 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 56 Diabetes .................................................................................................................... 57 Suco vegetal para diabetes Tipo II (no-insulinica) ............................................ 58 Principais elementos qumicos .............................................................................. 58 Diarria ......................................................................................................................58 Ch de rom ...................................................................................................... 59 Milk-shake de goiaba ......................................................................................... 59 Propriedades teraputicas ..................................................................................... 59 Digesto ............................................................................................................. 60 Suco de abacaxi com hortel ............................................................................. 60 Ch de abacaxi .................................................................................................. 60 Abacaxi com cenoura ......................................................................................... 61 Suco de abacaxi comum .................................................................................... 61 Milk-shake rpido de mamo papaia ................................................................. 61 Milk-shake refrescante e digestivo de banana com mamo. .............................. 62 Suco de laranja, com muitas fibras .................................................................... 62 Suco de tangerina .............................................................................................. 62 Suco de uva com pra ....................................................................................... 63 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 63 Fadiga ....................................................................................................................... 64 Suco energtico e afrodisaco ............................................................................... 64 Aa com banana e cenoura .............................................................................. 64 Banana com coco nutre e d energia ................................................................ 65 Batida de banana (Energtico) ........................................................................... 65 Leite de castanha ............................................................................................... 65 Estimulante cerebral, afrodisaco e energtico .................................................. 65 Suco de guaran com aa + catuaba ................................................................ 66 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 66 Fortalecedor do sistema imunolgico ........................................................................ 67 Vitamina de manga ............................................................................................ 67 Suco de kiwi com ma ...................................................................................... 68 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 68 Gastrite ......................................................................................................................68 Milk-shake rpido de mamo papaia ................................................................. 68 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 69 Gripe .................................................................................................................. 69 Xarope para combater a gripe ............................................................................ 69 Suco para proteger da gripe no inverno ............................................................. 70 Suco de acerola com mamo ............................................................................. 70 Suco de caju ...................................................................................................... 70 Suco de camu-camu .......................................................................................... 71 Principais elementos teraputicos ...................................................................... 71 Hepatite ..................................................................................................................... 72 Suco para hepatite ............................................................................................. 73 Ch de pico preto ............................................................................................. 73 Ch para hepatite C ........................................................................................... 73 Principais elementos teraputicos ...................................................................... 73
  • 9. Hipertenso (presso alta) ........................................................................................ 74 Suco para presso alta ou hipertenso .............................................................. 75 Suco de laranja com babosa .............................................................................. 75 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 75 Hipertireoidismo ........................................................................................................ 76 Suco estimulante da tireide .............................................................................. 76 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 76 Impotncia sexual ..................................................................................................... 77 Suco de kiwi com papaia .................................................................................... 77 Suco de kiwi com ma ...................................................................................... 77 Estimulante cerebral, afrodisaco e energtico .................................................. 78 Suco de guaran com aa + catuaba ................................................................ 78 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 78 Infertilidade masculina ............................................................................................... 79 Suco de papaia com mirant (marapuama) ....................................................... 79 Suco de kiwi com ma ...................................................................................... 80 Suco de camu-camu com acerola ...................................................................... 80 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 80 Infeces ................................................................................................................... 81 Suco de camu-camu .......................................................................................... 81 Suco de kiwi com laranja .................................................................................... 81 Suco de laranja com cenoura ............................................................................. 81 Suco de laranja com mamo .............................................................................. 82 Laranja e limo ................................................................................................... 82 Suco de acerola com mamo ............................................................................. 82 Vitamina de manga ............................................................................................ 82 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 82 1 suco ............................................................................................................... 83 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 83 Menopausa ................................................................................................................ 84 Suco de gelia real ............................................................................................ 84 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 85 Osteoporose .............................................................................................................. 85 Sucos para osteoporose .................................................................................... 85 2 suco ............................................................................................................... 86 3 suco ............................................................................................................... 86 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 87 Pele (Hidratao) ...................................................................................................... 87 Sucos para deixar a pele bonita ......................................................................... 87 2 suco ............................................................................................................... 88 3 suco ............................................................................................................... 88 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 89 Prostatite ................................................................................................................... 89 Suco de abacate com plen de abelha .............................................................. 89 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 90 (Radicais livres) ......................................................................................................... 90 Doenas degenerativas e Antienvelhecimento.......................................................... 90 Suco para evitar doenas degenerativas ........................................................... 91 Suco para melhorar o aspecto da pele e prevenir o cncer ............................... 92 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 92
  • 10. Suco antienvelhecimento e protetor dos tecidos e mucosas .............................. 92 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 93 Suco para rejuvenescer ..................................................................................... 93 Suco anti-radicais livres ..................................................................................... 94 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 94 Remineralizante ........................................................................................................ 95 Suco de abacaxi com hortel ............................................................................. 95 Vitamina de graviola ........................................................................................... 95 Suco de melancia ............................................................................................... 95 Suco de melo ................................................................................................... 95 Suco de pra com ma .................................................................................... 96 Tangerina com banana ...................................................................................... 96 Suco de ma e uva .......................................................................................... 96 Suco de ma com banana ................................................................................ 96 Receita desintoxicante e vitaminada .................................................................. 97 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 97 Reumatismo .............................................................................................................. 98 Suco para reumatismo ....................................................................................... 99 Principais elementos teraputicos ......................................................................... 99 Sinusite ..................................................................................................................... 99 Suco de espinafre, hortel, coco e mel ............................................................ 100 Suco de laranja, babosa e plen ...................................................................... 100 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 101 Stress ...................................................................................................................... 101 Suco energtico ............................................................................................... 102 Aa com banana ............................................................................................. 102 Ponche de frutas com suco de maracuj (sem lcool) ..................................... 103 Principais elementos teraputicos ........................................................................... 103 Suco Antivrus para crianas ............................................................................ 104 Suco Antivrus para adultos ............................................................................. 104 Suco Refrescante de Mamanj ........................................................................ 104 Suco Saboroso de Cenouranja ........................................................................ 105 Suco com ao galactognica (aumenta o leite materno)................................ 105 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 106 Sucos Energticos do prof. Lobo Franco ................................................................ 106 O Poderoso .................................................................................................... 106 Receitas para aumentar a energia ................................................................... 107 Suco energtico de ao rpida ....................................................................... 107 Suco bom para fadiga ...................................................................................... 107 Coquetel estimulante de energia ...................................................................... 108 Coquetel para evitar cansao muscular ........................................................... 108 Suco energtico instantneo ............................................................................ 108 Principais elementos qumicos ............................................................................ 109 Suco para Hipoglicemia .......................................................................................... 110 Suco estimulante matinal (para quem sofre de hipoglicemia) .............................. 110 Suco para a memria e a circulao ................................................................ 111 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 111 Suco para purificar o sangue ........................................................................... 111 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 112 Suco supernutritivo para crianas .................................................................... 112
  • 11. Principais elementos teraputicos ....................................................................... 112 TPM - Tenso Pr-Menstrual .................................................................................. 113 Suco para TPM frmula Prof. Lelington ....................................................... 113 Suco regulador do ciclo menstrual ................................................................... 113 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 114 Suco para clicas menstruais .......................................................................... 114 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 114 Viso (Problemas) ................................................................................................... 115 Suco de laranja com cenoura ........................................................................... 115 Suco de cenoura com papaia ........................................................................... 115 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 116 Emagrecimento (obesidade) ................................................................................... 116 Como emagrecer e permanecer magro .................................................................. 116 Suco para combater a obesidade .................................................................... 120 Suco inibidor do apetite .................................................................................... 120 Suco de melo ................................................................................................. 120 Suco de abacaxi digestivo ................................................................................ 120 Suco de ma .................................................................................................. 121 Suco de berinjela com laranja .......................................................................... 121 Hibisco com Gengibre ...................................................................................... 121 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 122 Cimbras ou cibras ............................................................................................... 123 Suco de Banana com Coco .............................................................................. 124 Suco e Limo ................................................................................................... 124 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 125 Aftas ou lceras aftosas .......................................................................................... 125 Suco de Acerola ............................................................................................... 125 Suco de Camu-camu ....................................................................................... 125 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 126 Caspa ...................................................................................................................... 126 Sucos para uso externo ................................................................................... 126 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 126 Enjos ou Nuseas ................................................................................................. 127 gua-de-coco ................................................................................................... 128 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 128 Eczema ou desidrose .............................................................................................. 129 Vitamina, ch e polpa de Abacate. ................................................................... 129 Principais elementos teraputicos ....................................................................... 129 Adoantes ............................................................................................................... 130 Principais Minerais .................................................................................................. 131 Principais Vitaminas ................................................................................................ 132 Glossrio ................................................................................................................. 133 Bibliografia ............................................................................................................... 138
  • 12. Prefcio A felicidade o objetivo do ser humano. Todas as suas aes so para ela direcionadas. A alimentao e o que ingerimos tm elevada responsabilidade neste caminho. As escolhas so pessoais e objetivas, inerentes s decises de cada um. Nesta hora, a simplicidade a mais moderna das armas. Ao contrrio, grande parte das pessoas encanta-se com os rtulos coloridos e fantasiosos dos produtos industrializados e esquece o sabor verdadeiro de frutas, hortalias e verduras. Aqui est em suas mos um mundo novo, dos sucos. Sucos que voc mesmo prepara, saboreia, sem nenhuma contra-indicao e, a seu favor, tantas e tantas saudveis propriedades que contribuiro para a sua felicidade. Conheo o Prof. Lelington Lobo Franco h muitos anos e sempre o admirei pela sua energia, pelo seu trabalho, ousadia de pesquisar e pela busca incessante de informaes seguras e detalhadas. Nos seus livros anteriores e neste, esto s comprovaes do que afirmo. Qumico, interessado em saber mais dos porqus, um permanente estudioso. Sua presena na televiso, no rdio e nos jornais, requisitado na maioria dos Estados brasileiros, organizado, consegue
  • 13. atender a todos, a seu tempo, com a devida ateno. Circula nos meios cientficos com toda naturalidade, somando conhecimento e respondendo a todas as indagaes que lhe so feitas. Esta posio foi conquistada com a humildade dos vencedores, muita disposio e determinao. O Prof. Lelington, apoiado por sua esposa Vera (e eu os conheo h tantos anos), pela objetividade de seus propsitos, minimizam todos os obstculos, que para outros seriam intransponveis. Vida saudvel sempre foi o ponto de estudo do Prof. Lelington. Editou um jornal, o que no fcil, com o nome Viva Feliz no qual a sua coluna e artigos trazem a essncia do bem viver em todas as suas dimenses. Colaborador da imprensa nacional, inmeros artigos publicados e por solicitao dos interessados chegou aos livros, que esto com repetidas edies. Cuidar-se, respeitar-se, dar o devido valor sua pessoa, alimentar-se com o que h de muito gostoso, a ponto de simultaneamente acertar o bom funcionamento do organismo e promover boa sade algo que merece palavras de estudiosos. Utilizando a sabedoria bblica, como partida, fundamenta a proposta de viver feliz em dimenses elevadas e promissoras. Com os seus filhos e esposa, eu o vi ensinando o viver saudvel aos jovens na Natureza. Pacientemente, apresentava as frutas, as verduras, as hortalias, ajudava a prepar-las e explicava o porqu do sabor, das propriedades alimentcias e medicinais. Pela sua dedicao muitos seguiram este caminho de vida, gozam de boa sade fsica e mental. So felizes. Alguns so hoje educadores e pais e esto transmitindo o que aprenderam na simplicidade das palavras e na comprovao dos resultados.
  • 14. 100 Sucos com poderes medicinais com a variedade criativa de sabores de frutas, verduras, legumes e hortalias tm os detalhes de quantidades, indicao, modo de preparar e as propriedades especficas de cada combinao sugerida. Elon Garcia publicitrio em Curitiba/PR. Introduo O Dr. John Poi, professor de Medicina da University Minnesota, em Minepolis, Estados Unidos, afirmou que "ingerimos muitos alimentos inadequados e pobres em nutrientes. A maioria dos alimentos contaminada e, com eles, ingerimos substncias txicas cancergenas, que, em nosso organismo, podem manifestar-se mais tarde em doenas". Preocupado com a sade, pesquisei, testei, aprovei os sucos e escrevi esta obra, pois os sucos naturais so mineralizantes. Eles contm minerais tais como clcio, ferro, iodo, magnsio e potssio, alcalinizante; reduzindo a acidez do sangue; tonificante, com sua riqueza em vitaminas, que nutrem todo nosso organismo, alm dos acares naturais. As frutas possuem como princpios ativos, fitoqumicos, vitaminas, minerais e fibras, que ajudam a controlar a priso de ventre e, conseqentemente, eliminando as toxinas de nosso organismo. Deus proveu, desde o Gnesis, as frutas
  • 15. como meio da boa alimentao, com suas cores e aromas, que aguam nossos sentidos, fazendo bem para os nossos olhos e para o nosso paladar. Nos Estados Unidos, foi lanada uma campanha pelo Instituto Nacional do Cncer, chamado "Five for Day", isto , cinco por dia, para estimular a populao a consumir por dia, cinco espcies diferentes de frutas e hortalias, principalmente as crucferas (agrio, couve-flor, brcolis, repolho, couve etc.), que so bloqueadores de cncer. Lano a mesma campanha aqui em nosso pas "cinco ao dia". Passe esta sugesto a seus amigos e familiares, para que todos gozem de uma vida saudvel. Abraos! Prof. Lelington Lobo Franco Av. Cndido de Abreu, 660, conj. 508. CEP 80530-000 Curitiba/PR Tel.: (41) 352-4005 E-mail: lelington@lobofranco.com.br
  • 16. Nota ao Leitor Algumas das doenas citadas podem ser evitadas ou mesmo minoradas, porm no se esquea de que as frutas e vegetais possuem muitas vitaminas e minerais. Como o Dr. Glayds Block, Ph.D. da Universidade da Califrnia (Estados Unidos) confirmou, aqueles que consomem mais frutas e vegetais reduzem em at 50% a probabilidade de terem cncer, e o Instituto Nacional do Cncer dos Estados Unidos sugeriu uma ligao entre o consumo de ctricos e a grande reduo de cncer no estmago entre os americanos. O professor Lelington Lobo Franco, qumico e fitologista, aconselha as pessoas a comerem cinco ou mais espcies diferentes de frutas diariamente e a mesma quantia de vegetais, para fortalecer o sistema imunolgico e evitar, assim, as doenas degenerativas.
  • 17. Os vegetais e as frutas, porm, no so remdios. So apenas alimentos energticos e nutritivos, que oferecem ao organismo vitaminas e sais minerais para mant-lo saudvel. As informaes e procedimentos de doenas no pretendem substituir medicamentos ou consultas mdicas. Qualquer tentativa de diagnosticar ou tratar uma enfermidade deve estar sob orientao mdica. cido rico Doena caracterizada por inchao, inflamao, dor e sensibilidade nas juntas. Pode afetar as articulaes dos ps, base dos dedos, joelhos, tornozelos, pulsos e dedos das mos. um tipo de artrite decorrente de um defeito de genes hereditrios, que afetam a excreo de cido rico pelos rins. Quando os cristais de cido rico se depositam no lquido sinuvial (que envolve as articulaes), o sistema imunolgico tenta elimin-los, causando a inflamao. Com o tempo, formam-se caroos salientes nas articulaes. Alimentos que aumentam o cido rico: carne de frango (principalmente com pele), caldo de carne, peixes defumados, peixes enlatados, lentilhas, sementes de tomate, chocolate, cerveja, vinho tinto em conseqncia da purina.
  • 18. Sucos contra cido rico e gota pepino mdio cenoura mdia 1 copo de gua-de-coco ou 1 copo de gua mineral Modo de preparo: passar pela centrfuga a cenoura e o pepino, e em seguida misturar com gua-de-coco ou gua mineral. Suco de melancia 2 xcaras com pedaos de polpa de melancia com sementes 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral Adoante a gosto Modo de preparo: colocar no liquidificador, bater rapidamente, coar e tomar em seguida. Dose recomendada: trs vezes ao dia. Principais elementos teraputicos A melancia tem muitos elementos essenciais para fortalecer o organismo. Um deles o licopeno, pigmento que confere a cor vermelha melancia. Pesquisas realizadas na Alemanha pelo Dr. Helmut Sies constataram que o licopeno um varredor de radicais livres, evitando o cncer. O suco da polpa da melancia, incluindo as sementes, elimina mais rapidamente o cido rico do organismo, fazendo com que os filtros renais funcionem melhor durante a passagem de gua por eles. A melancia composta de 90% por gua e possui apenas 31 calorias.
  • 19. gua-de-coco: contm muitos minerais, que so timos para hidratar e remineralizar o organismo. Possui apenas 20 calorias por 100 ml. Pepino: alcalinizante, refrescante e excelente mineralizante (contm fsforo, potssio, clcio, enxofre, etc.), alm de ser laxante. E usado com muito sucesso no combate gota e ao cido rico. A combinao dos legumes, suco de pepino e cenoura recomendada por hospitais naturalistas, pelo seu efeito benfico no tratamento de cido rico e gota. Acne Surgem geralmente por causa das alteraes endcrinas ou do sistema simptico, distrbios do fgado, intestino, problemas circulatrios, alteraes hormonais ou ainda pela ao de bactrias. Podem ocorrer inflamaes nas glndulas sebceas e, em conseqncia, o aparecimento, no rosto e na parte superior do trax, de espinhas com pus. Seus primeiros sintomas so pequenos caroos vermelhos na testa, queixo e nariz, que, s vezes, ficam to inchados que chegam a perder o aspecto original. A acne malcurada pode deixar cicatrizes feias. A medicina aloptica alerta que no h cura para a acne e que o tratamento apenas controla as leses. Deve-se evitar alimentos gordurosos e chocolate. Suco a base de limo Suco de 2 limes, dissolvidos em 1 copo de gua com 10 gotas de leo de oliva. Tomar duas vezes ao dia.
  • 20. Afonia Muitas pessoas que fazem esforos vocais demasiados em discursos, rdios, televiso, aulas podem ficar com afonia, que a perda de voz ou alterao de seu timbre normal, em virtude de um processo inflamatrio da laringe, traquia ou brnquios, causado por mudanas de temperatura do ar, umidade, alimentos e bebidas geladas. A afonia pode resultar tambm de doenas infecciosas, faringites, tumores da laringe e cordas vocais etc. Suco de limo com gengibre 2 limes 10g de gengibre 100g de mel 2 copos de gua Modo de preparo: fazer o ch por infuso de gengibre, ferver por dois minutos. Amornar. Adicionar o suco de dois limes e adoar com mel. Principais elementos teraputicos Gengibre: descongestionante das vias respiratrias, por causa da presena de alcalides. Age como antibitico eliminando placas bacterianas, e possui ao anti-inflamatria. Anemia A anemia a reduo na quantidade de oxignio que o sangue capaz de transportar. O ferro um fator muito importante para combat-la, pois faz parte da formao da hemoglobina, componente do sangue que transporta oxignio. Ocasiona fadiga, depresso e sonolncia.
  • 21. Sucos anti-envelhecimento e preventivo do cncer e da anemia 1 suco 2 folhas de brcolis 2 hastes de couve-flor 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral Modo de preparo: bater tudo no liquidificador. Coar e tomar. Dose recomendada: duas vezes ao dia. 2 suco cenoura 1 kiwi 1 copo de gua-de-coco Adoar com melado Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador com a gua-de-coco. Dose recomendada: duas vezes ao dia, aps as refeies principais. Principais elementos teraputicos Brcolis e a couve-flor: possuem indol-3 carbinol, que atua contra o cncer. Cenoura rica em betacaroteno, que a pr-vitamina A, ajudando os tecidos celulares e a viso. A vitamina A varredora de radicais livres, que ocasionam a degenerao das artrias e das doenas como o cncer e a diabetes.
  • 22. O renomado oncologista europeu Hans Neiper recomenda o uso da cenoura para o sistema imunolgico. Kiwi: em 100g, tem 6 vezes mais vitamina C do que a laranja. A vitamina C protege contra a gripe, infeces, aumenta a imunidade e protege contra o cncer, segundo Linus Pauling, Prmio Nobel em duas ocasies. gua-de-coco mineralizante. Melado de cana riqussimo em ferro. Anemia ferropriva A anemia bastante comum em crianas desnutridas e mulheres grvidas. Caracteriza-se pela reduo na quantidade de oxignio que o sangue capaz de transportar. O ferro um fator muito importante no combate anemia, pois faz parte da formao da hemoglobina, componente do sangue que transporta oxignio, ocasionando fraqueza, fadiga, depresso e sonolncia. Uma boa sugesto para quem tem anemia, no diabtico nem est acima do peso utilizar melado para adoar os sucos, pois este rico em ferro. Abacaxi com cenoura 2 cenouras grandes picadas litro de gua abacaxi prola picado Adoar vontade Modo de Preparo: bater no liquidificador e servir gelado. Decore a borda com cascas finas de laranja e pedacinhos de manga. Frap de goiaba, gostoso e nutritivo
  • 23. 2 goiabas grandes, sem casca litro de leite desnatado Modo de preparo: bater no liquidificador, adoar a gosto e servir gelado. Suco de maa 1 ma madura, sem casca e sem sementes 3 copos de gua-de-coco 6 folhas de hortel Modo de preparo: adoar e bater no liquidificador, servir com pedrinhas de gelo. Milk-shake de ma verde 1 litro de leite desnatado 3 bolas de sorvete de creme 2 mas verdes picadas com casca 4 folhas de hortel Adoar a gosto Modo de preparo: bater no liquidificador por 3 minutos at formar um creme. Coloque uma rodela de ma na borda do copo para decorar. Principais elementos teraputicos Goiaba: Combate a diarria e o cncer, por causa do tanino e do licopeno, presentes em sua composio. Vitaminas A, B2, C e Minerais: clcio, ferro e fsforo. Calorias: 42.
  • 24. Abacaxi: Fruta altamente digestiva, combate a priso de ventre e antiinflamatria. Vitaminas: A, C, B1. Minerais: potssio, fsforo, selnio, ferro, magnsio e mangans. Ma: Ajuda a emagrecer, antianmica e tem ao antiviral. uma fruta verstil que pode ser usada tanto em pratos doces como salgados, e tambm ao natural. Vitaminas: A, B1, B2, C. Minerais: potssio, fsforo e magnsio. Arteriosclerose o endurecimento das artrias em conseqncia do depsito de clcio nas paredes internas delas, que, ao recobrir as paredes, produzem um bloqueio da circulao sangnea, podendo provocar ataques cardacos, angina, aneurisma, hipertenso, cibras nos tornozelos e pernas, formigamento nos ps, acidentes vasculares e derrames. Suco de acerola 50g de acerola (polpa) 1 copos de gua 1 colher de sopa de leo de girassol Modo de preparo: bater no liquidificador e tomar duas vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Acerola: contm 1790mg de vitamina C em 100g de polpa Artrite Aproximadamente 14% das pessoas sofrem algum tipo de artrite, caracterizada por inflamaes ou dores nas juntas dos joelhos, dedos, quadris e
  • 25. ombros. Os dois tipos mais freqentes so a osteoartrite, uma doena dolorosa na qual a cartilagem das juntas entram em processo de desintegrao, relacionada velhice. E a artrite reumatide, inflamao que ataca as membranas sinuviais que envolvem o fluido lubrificante das juntas. Causa dor intensa e perda da mobilidade. Esta artrite muitas vezes associada ao estresse fsico ou emocional e tambm a infeces bacterianas. A prmula bastante indicada na medicina natural (cido gamalinolnico GLA). Pesquisadores observaram redues significativas nos sintomas da artrite com uma pomada base de pimenta caiena, que contm capsaicina. Suco para artrite 6 folhas de slvia 3 ramos de alecrim 3 folhas de cavalinha 1 copo de gua. Modo de preparo: fazer o ch por infuso das ervas e adoar a gosto. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Slvia: favorece o equilbrio hormonal. Seus princpios ativos ajudam a diminuir as dores reumticas. Alecrim: combate infeces agudas ou crnicas, que provocam inflamaes dolorosas nos msculos e articulaes.
  • 26. Cavalinha: favorece a consolidao dos ossos e contm slica. Asma Muito comum em mudanas de estaes climticas, quando chega o inverno, a asma e as alergias atacam crianas em sua maioria e idosos. causada por pasmos nos msculos que envolvem os brnquios que comprimem a sada do ar contaminado, ocasionando tosses, chiados, falta de ar e disfunes cardacas. Bronquite a inflamao dos brnquios ou a obstruo dos canais respiratrios, que podem danificar os pulmes. Suco para asma e bronquite Suco de uma laranja 2 ramas de agrio cenoura 1 colher de sopa de mel de eucalipto para adoar copo de gua Modo de preparo: preparar o suco das laranjas e, em seguida, bata no liquidificador com os outros ingredientes. Dose recomendada: Trs vezes ao dia, entre as refeies. Principais elementos teraputicos Cenoura: por causa da vitamina A, ajuda na proteo e regenerao das mucosas.
  • 27. Agrio: expectorante e aumenta a fluidez do muco segregado pelo aparelho respiratrio ao sofrer ataques de microorganismos. Laranja: contm vitamina A e glutationa, enzima crucial na defesa do organismo. Suco para asma e laringite 1 fatia de abacaxi (250g) 1 colher de ch de gengibre ralado 10 folhas de hortel 1 copo de gua 1 colher de sopa de mel Modo de preparo: bater no liquidificador o abacaxi, a gua e os demais ingredientes. Dose recomendada: trs vezes ao dia, entre as re-feies. Suco para tosses, asma e afonia 1 cenoura 1 colher de ch de gengibre 2 ramos de hortel-pimenta (ch) 1 colher de sopa de mel de eucalipto Modo de preparo: numa centrfuga, passe as cenouras, o gengibre e o hortel. Coe e adoce com mel. Dose recomendada: Use copinhos de 20ml e tome vrias vezes ao dia. Xarope para bronquite crnica e asma
  • 28. 10 folhas de hortel 2 talos de agrio 1 folha de guaco 1 colher de ch de gengibre ralado copo de suco de acerola (180mg de vitamina C) 1 colher de sopa de mel de eucalipto 5 gotas de leo de copaba 2 copos de gua Modo de preparo: as folhas de hortel, agrio, guaco e gengibre devem ser preparadas na forma de ch por infuso, isto , dois copos de gua fervente, despejados sobre as plantas citadas. Abafar por 10 minutos. Num liquidificador, misturar o mel de eucalipto, o suco de acerola e o ch das ervas, adicionando ainda cinco gotas do leo de copaba. Dose recomendada: tomar 20ml (um copinho de plstico, usado para cafezinho), vrias vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Hortel-pimenta: em virtude de seus leos essenciais, tima para combater a bronquite e a asma. Agrio: suas substncias ajudam a expectorar, aumentando a fluidez do muco segregado pelo aparelho respiratrio ao sofrer o ataque de microorganismos (por exemplo, o vrus da gripe). Guaco: o leo essencial desta planta age como um poderoso antiinflamatrio, principalmente do aparelho respiratrio, agindo nos casos de gripe, tosses rebeldes, bronquites, rouquido e coqueluche.
  • 29. Copaba: tem leo essencial antibitico natural e desobstrutivo das vias areas superiores. Gengibre: age como agente antiinflamatrio e antibitico, alm de ser descongestionante das vias respiratrias, pela presena de alcalides em sua composio. Acerola: se voc est preocupado com bronquite crnica, aumente a quantidade de vitamina C na sua alimentao, pois ela protege os pulmes dos danos provocados pela bronquite, situao em que as vias areas ficam inflamadas e bloqueadas por muco espesso, prejudicando a respirao. Eucalipto: o mel de eucalipto atua sobre as mucosas, muito til na bronquite aguda, por causa do cineol e outras substncias que desobstruem e aliviam as mucosas dos pulmes. O suco de abacaxi antiinflamatrio, em virtude da bromelina, encontrada em sua polpa e no seu miolo. Ajuda a desobstruir as vias respiratrias e tem ainda ao mucoltica, dissolvendo o muco ou o catarro dos pulmes, favorecendo a expectorao. Tomar este suco de preferncia noite, sempre adoado com mel, principalmente nos perodos em que as crises so mais freqentes ou durante uma crise asmtica. Aterosclerose So depsitos de gorduras nas paredes internas das artrias, causando ateroma (bloqueamento da circulao sangnea). Os sintomas so os mesmos da arteriosclerose.
  • 30. Camu-camu ou acerola com abacate 200g de camu-camu ou acerola 2 dentes de alho (pode ser em cpsulas gelatinosas) abacaxi litro de gua Modo de preparo: Bater no liquidificador sem o alho. Tomar com as cpsulas de alho ou com 2 dentes de alho. Principais elementos teraputicos Camu-camu: campeo mundial de vitamina C. Em 100g da polpa, existem 2.890mg de vitamina C. Combate o cncer, a bronquite e os radicais livres. Abacate: rico em nutrientes, beneficia as artrias, dilata os vasos sangneos e combate o mau colesterol, em conseqncia de sua gordura monoinsaturada. A glutationa, um de seus componentes, capaz de bloquear mais de 30 agentes cancergenos diferentes. Possui grande quantidade de vitamina A, vitamina E, alm de vitaminas do complexo B, e muitos minerais como clcio, ferro e fsforo. Bexiga (problemas de infeco) Quando a mucosa da bexiga atacada por agentes microbianos purulentos, pode-se verificar uma cistite. Os sintomas mais freqentes desta inflamao so dores no trmino da mico, desejo constante de urinar, ardor na
  • 31. uretra, urina turva e muitas vezes com sangue, dores de cabea, palidez, perda de apetite, lngua suja e olheiras. Quando, alm disso, manifestam-se dores nos quadris, sinal de que a inflamao atingiu os bacinetes (alargamentos do ureter, situados na entrada dos rins), devendo-se recorrer imediatamente a um mdico. Suco de guaatonga com acerola 10g de guaatonga 100g de acerola (fruta ou polpa) 50g de mel litro de gua 10 gotas de leo de copaba Modo de preparo: Fazer o ch de guaatonga por infuso em V litro de gua. Misturar 100g de acerola e 10 gotas de leo de copaba. Adoar com mel. Principais elementos teraputicos Acerola: contm 1790mg de vitamina C em 100g de polpa. Guaatonga: antibitica e antiinflamatria, cicatrizante e depurativa do sangue. Combate infeces em poucos dias. Copaba: antiinflamatria, antibitica das vias areas superiores e das infeces (cistite e outras). Bulimia O bulmico normalmente tem apetite anormal, come vrias vezes por dia e depois induz o vmito. Talvez seja necessrio um acompanhamento psiquitrico, pois a causa muitas vezes psicolgica.
  • 32. Os bulmicos precisam elevar os nveis de serotonina para reduzir o desejo de carboidratos simples. Suco para Bulimia copo de gua 5g de hortel 5g de quebra-pedra 4 folhas de malva santa copo de gua-de-coco Modo de preparo: fazer o ch por infuso das ervas e bater no liquidificador com a gua-de-coco. Dose recomendada: Usar copinhos de 20ml, tomar duas vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Hortel: um sucesso seu emprego para nuseas e problemas estomacais e bom para combater aerofagia. Quebra-pedra: fortificante do estmago nos casos de bulemia. Malva: um bom tnico para o fgado e para o estmago, ajuda a diminuir a produo de suco gstrico. Bursite Inflamao das bolsas que contm lquido lubrificante entre as articulaes, msculos e ossos, com a finalidade de facilitar seu deslizamento e diminuir a frico. Os sintomas so: dor que impede os movimentos, inflamaes
  • 33. nas articulaes, msculos e tendes. As causas mais freqentes so golpes, tenso muscular e aterosclerose. Suco de babosa 1 copo de suco de babosa 1 copo de acerola 10g de ch (por infuso) de unha-de-gato Obs.: tomar duas vezes ao dia. Dose recomendada: existe uma pomada de apitoxina, que sempre recomendo, considero-a milagrosa, recuperando os tendes em alguns meses de uso. Principais elementos teraputicos Babosa (Aloe Vera): antiinflamatria e contm proteolitiasam, um poderoso antibitico que inibe a dor, alm de ter ao cicatrizante. Clculos renais As pedras nos rins so formaes base de fosfatos e oxalatos de clcio e cristais de cido rico. Se localizam nos condutos internos dos rins em formas de pequenssimas pedras. Quando elas se desprendem e obstruem o caminho da urina, na uretra, causam uma dor intensa que pode levar at mesmo ao desmaio. Causas: pode ser em conseqncia do uso exagerado de leite, gua mineralizada, excesso de clcio na alimentao. As pessoas com clculos renais devem tomar de dois a trs litros de gua diariamente. Suco para clculos renais
  • 34. 100ml de acerola ou camu-camu 10g de germe de trigo 100ml de babosa 10g de quebra-pedra Modo de preparo: fazer o ch por infuso de quebra-pedra (iOg para 1 copo de gua), misturar com os outros ingredientes e tomar durante o dia. Suco diurtico, que evita a formao de pedras nos rins, ajudando a elimin-las. 1 colher de sopa de folhas de trigo-sarraceno 2 ramos de quebra-pedra 1 colher de sopa de brotos de alfafa 1 folha de couve 2 folhas de repolho cenoura 1 copo de gua Modo de preparo: preparar o suco, passando as cenouras, a alfafa, a couve e o repolho pela centrfuga. Em seguida, faa o ch por infuso das folhas de trigo e quebra- pedra, com 2 copos de gua fervente. Abafe por 10 minutos e deixe esfriar. Misturar, ento, ao suco. Dose recomendada: tomar 5 a 6 copos ao dia, longe das refeies. Principais elementos teraputicos Acerola ou camu-camu: riqussimos em vitamina C, ajuda a diminuir a acidez da urina, evitando a proliferao de bactrias.
  • 35. Germe de trigo: contm vitamina B6, que ajuda a controlar a produo de oxalato de clcio e tem uma ao desintoxicante. Trigo-sarraceno: combate o excesso de colesterol e contm vitaminas A, E e B, rico em cidos graxos insaturados (linolico). Alfafa, repolho e couve: tm ao sobre a formao de clculos ou pedras nos rins. Cenoura: alm de possuir betacaroteno, possui magnsio; que reduz a absoro de clcio e vitamina C, e ajuda a acidificar a urina. A maioria dos clculos no se forma com urinas cidas. Ela tambm tem o poder de proteger as mucosas. Quebra-pedra: como seu nome j diz, ajuda a dissolver areias e clculos renais. Pesquisas feitas pela Escola Paulista de Medicina confirmam esta propriedade. Cncer O cncer uma doena caracterizada pela alterao de clulas do organismo que comeam a se multiplicar de forma desordenada. Possui influncia gentica, mas a principal causa so os maus hbitos durante a vida, como alimentao incorreta rica em alimentos industrializados, excesso de exposio solar, cigarro, lcool, entre outros. Uma alimentao rica em frutas e vegetais comprovadamente reduz os riscos de desenvolver a doena, pois estes contm elementos anticancergenos naturais. Indica-se ingesto de no mnimo oito tipos de vegetais diferentes por dia. Receita desintoxicante, anticancergena e vitaminada. 200g de melancia
  • 36. 1 ma sem casca suco de 1 limo Modo de preparo: bater os ingredientes e tomar gelado. Suco de tomate 2 tomates maduros picados 2 copos de gua 1 colher de ch de sal 1 galhinho de hortel Modo de preparo: bater tudo no liquidificador por tempo suficiente que possa triturar bem o tomate. O ideal tomar sem coar por causa das fibras. Suco verde Bloqueia muitas espcies de cncer, segundo a Universidade de Harvard, em Boston , Estados Unidos. 2g de brcolis 2g de repolho 2g de couve 2g de couve-flor 2g de agrio 2 copos de gua-de-coco Modo de preparo: colocar numa centrfuga, tomar 2 copos ao dia.
  • 37. Principais elementos teraputicos Melancia: mata a sede, hidrata, anticancergena, por causa do licopeno e aumenta os glbulos vermelhos.Vitaminas: A, B1, B5 e C. Minerais: fsforo, ferro, potssio, clcio. Tomate: potente anticancergeno, em virtude do licopeno. Vitaminas: A e C. Minerais: potssio e clcio. Couve-flor: contm potssio, clcio, enxofre, magnsio e ferro, alm de vitaminas A, do complexo B e C. Repolho: contm ferro, potssio, clcio, fsforo, vitaminas do complexo B e A. Ajuda na cicatrizao de feridas e indicada contra infeces. Contm indol. Couve: contm fsforo, clcio, magnsio, ferro, vitaminas do complexo B, A , C e indol. bastante utilizada em enfermidades do fgado. Agrio: um poderoso agente de limpeza do organismo, especialmente da corrente sangnea. Dissolve a fibrina coagulada nos vasos sangneos, que pode causar fadiga. Contm indol. Brcolis: membro da famlia dos crucferos. Contm indol. Indol 3- carbinol: chamado simplesmente de indol, decompe compostos txicos que poderiam aderir s clulas. Pode bloquear muitas espcies de cncer, segundo estudos de varias universidades americanas, entre elas, a de Harvard, em Boston. Clculos na vescula ou pedras na vescula As pedras ou clculos na vescula so formaes de elementos txicos, principalmente de cristais de colesterol e de sais de clcio. Esses elementos, atravs
  • 38. do tempo, se infiltram no fgado e acumulando-se na vescula (uma pequena bolsa regada ao fgado que acumula os sucos biliares). Sintomas: quando uma das pedrinhas obstruem um dos condutos biliares que vo ao intestino, se produz uma forte elica biliar, comeando na parte superior do abdome. Limo e azeite de oliva 10g de limo 2 limes (suco) 1 colher de azeite de oliva 1 copo de gua 2 colheres de sopa de lecitina granulada de soja Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Grnulos de lecitina de soja: comeam a trabalhar e a dissolver as pedras de colesterol. O ideal tambm tomar bastante gua durante o dia, cerca de 2 a 3 litros. Celulite uma alterao no tecido celular subcutneo, que se manifesta por meio de ndulos de dimenses variveis, fazendo com que a pele adquira o aspecto de "casca de laranja". Inicialmente a m impermeabilidade das veias menores pode permitir o escape da gua do sangue, que acaba por se infiltrar nos tecidos, formando edemas. Em seguida, por causa do desequilbrio do metabolismo local, as fibras do tecido conjuntivo comeam a reter gua, sal e gordura, etapa em que se
  • 39. forma a celulite, tornando-se dolorosa. Aparece principalmente na parte externa das coxas, ndegas, joelhos, braos e ventre. Origina-se de desequilbrios hormonais, hipfise, problemas nervosos, alimentao em excesso, ingesto de refrigerantes e doces, alm de uso de roupas muito justas, prejudicando a circulao. Uma das boas receitas para ajudar a diminuir a celulite fazer leo de hera e aplic-lo na forma de massagem. Como fazer o leo: coloque num vidro vazio (como os de palmito), 400g de folhas maceradas de hera. Complete com leo de amndoas. Coloque em banho-maria por duas horas. Aplicar massageando as reas, trs vezes por semana, sempre no sentido de baixo para cima (princpio da drenagem linftica). Suco para celulite 10g de cavalinha 10g de hera 10g de dente-de-leo 1 copo de gua Modo de preparo: fazer o ch da hera, cavalinha e do dente-de-leo, por infuso. Dose recomendada: trs vezes ao dia, aps as refeies. Propriedades teraputicas Hera: tem propriedades adstringentes e diminui inflamaes. Dente-de-leo: depurativo do sangue, tem efeito laxante e depurativo, fazendo desta planta, uma arma no combate celulite.
  • 40. Cavalinha: contm esterides, diurtica potente, fortalece os ossos e os tecidos, combate a celulite. Ch Verde O ch que faz milagres (ch verde - Cammellia sinensis) Bebida estimulante, quase sem calorias (uma xcara de ch equivalente a 2 calorias); rico em vitamina K; Segundo pesquisas: O ch pode reduzir de 20 a 80% a celulite instalada, alm de prevenir o retorno da inflamao. Contm taninos que oferecem proteo anti-virtica e antiinflamatria. So bons inibidores enzimticos, com propriedade veinotrpicas (aumentam a resistncia das veias e pequenos vasos), por causa das as teofilinas; Segundo pesquisas, ele contm antioxidantes que reduzem a capacidade de formao de cogulos das plaquetas, motivo das maiorias dos derrames cerebrais. H ainda bioflavonides que evitam que os hormnios propiciadores do cncer se liguem s clulas normais, inibem as enzimas responsveis pelas metstases de clulas cancergenas; O ch verde a bebida no alcolica mais consumida no mundo. No confundir com ch de ervas comuns. Existem trs tipos principais de ch verde: 1. ch verde (japons e chins) preferido nos pases asiticos. Ele no fermentado por ser processado no vapor. 2. ch preto (indiano) o preferido nos pases ocidentais. Produzido pela secagem e fermentao das folhas.
  • 41. 3. ch oolong que passa por um processo combinado dos dois chs anteriores. O ch verde, segundo estudos cientficos, reduz o risco de derrame cerebral em at 70% dos consumidores e ainda ajuda na reduo do peso. Ch verde Ingredientes: 10g de folhas secas de ch verde. Modo de preparo: colocar as 10g da erva em 500ml de gua fervente. Abafar por 10 minutos. Dose recomendada: Tomar 2 copos mornos por dia do ch preparado. aconselhvel tom-lo depois de uma caminhada ou exerccio de 30 minutos, para melhor efeito. Obs.: necessrio no consumir refrigerantes, doces e massas em excesso durante o tratamento, que deve durar de 30 a 60 dias. Clorofila o pigmento verde das plantas, utiliza a energia das plantas para realizar a fotossntese, passando a elaborar compostos e tecidos orgnicos a partir do dixido de carbono e gua. Segundo o nutrlogo Bernard Jensen, D.C, Ph.D. a clorofila: produz uma alta contagem sangnea, prove ferro para os rgos, limpa e desodoriza os tecidos intestinais,
  • 42. ajuda a purificar o fgado, diminui a fragilidade capilar, diminui a formao de muco (catarros), melhora a flora intestinal, regula a menstruao, melhora os problemas de acar no sangue (diabetes), melhora a produo de leite, limpa a estrutura dos dentes e gengivas, na piorria, alivia hemorridas, revitaliza o sistema vascular das pernas reduz a dor causada por inflamaes. Como utilizar sucos clorofilados Pode-se misturar gotinhas nas papinhas do beb. Para adultos, o ideal beber um a dois copos ao dia, entre as refeies. Sucos desintoxicantes de clorofila 1 talo de agrio 1 talo de salso 1 colher de sopa de salsinha 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral 1 ma Modo de preparo: bater todos os ingredientes no liquidificador.
  • 43. Dose recomendada: tomar duas vezes por dia, de manh cedo, em jejum e noite. 2 suco 5g de brotos de alfafa 5g de dente-de-leo 5g de agrio 5g de tanchagem 5g de couve 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral. Modo de preparo: bater no liquidificador todos os ingredientes. Coar. Dose recomendada: duas vezes ao dia, aps as refeies principais. Principais propriedades teraputicas Salsinha e o salso: so desintoxicantes em conseqncia dos seus princpios ativos e timos para limpar as glndulas linfticas e ajudar a depurar o organismo. A pectina da ma e as fibras ajudam a desintoxicar o corpo de metais pesados. Agrio: possui clorofila e valiosos sais minerais como clcio, fsforo, enxofre e ferro. Tem importante capacidade de desintoxicar o organismo. Faa uma dieta de hortalias cruas durante vrios dias. Os sucos verdes frescos so excelentes para depurar o sangue e fortalecer o sistema imunolgico. Voc pode combater doenas degenerativas, to comuns no ambiente poludo em que vivemos. Quando sentir um resinado ou um vrus lhe atacando, quando estiver deprimido ou sem energia, use clorofila, que voc logo se sentir bem!
  • 44. Colesterol So produzidos no organismo, mais precisamente no fgado, diariamente 1g de colesterol, quantidade suficiente que o corpo necessita para produzir hormnios sexuais, bile, vitamina D e membranas celulares, entre outras importantes funes. Porm, o organismo no necessita do colesterol diettico, encontrado em produtos de origem animal, e a maioria das pessoas o consomem em excesso. Altos nveis de colesterol no sangue aumentam o risco de ataques cardacos. O colesterol torna-se um problema quando h excesso de lipoprotenas de baixa densidade (LDL) no organismo. As lipoprotenas de alta densidade (HDL) so benficas, pois tiram o excesso de colesterol do sangue. Ocorrero problemas de sade se houver desequilbrio nos nveis de HDL. Carnes e laticnios (leites) so os principais agressores, pois contm alto teor de colesterol (LDL). Gorduras hidrogenadas, slidas, como banha, margarina, manteiga, leos, azeite-de-dend tambm devem ser evitados. Coquetel para diminuir o colesterol cenoura ma mdia 5g de gengibre 2 ramos de salsinha 1 copo de gua Modo de preparo: bater todos os ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: duas vezes ao dia, entre as refeies.
  • 45. 2 suco 3 dentes de alho Polpa de acerola (100ml) de abacate 2 copos de gua Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador e tomar logo em seguida. Dose recomendada: duas vezes ao dia, aps as refeies. Principais propriedades teraputicas Alho: tem a propriedade de diminuir os nveis de colesterol. Acerola: a vitamina C tambm possui a capacidade de diminuir o colesterol. Pode-se usar trs cpsulas de alho ao dia. Abacate: a gordura monoinsaturada do abacate emulsifica biologicamente as gorduras saturadas, presentes nas carnes e reveste-as de gotculas de lipoprotenas, tornando-as dispersas e solveis, eliminando o LDL, que o "mau" colesterol. Colite A colite a inflamao do clon. tambm chamada colite ulcerativa ou doena inflamatria do intestino. uma inflamao crnica que provoca ulceraes sangrentas no clon e no reto, havendo uma necessidade quase contnua de evacuar. Em manifestaes mais graves, a colite caracteriza-se por diarrias sangrentas e persistentes, acompanhadas de febre, mal-estar, perda de apetite, de peso e, como conseqncia, a anemia. Na maioria dos casos, manifesta-se entre os 15 e os 30 anos de idade.
  • 46. O suco de clorofila importante para tratamento assim como frutas ricas em clcio, pois previnem o cncer, que pode ocorrer pela constante irritao do clon. Suco para colite 20g de brotos de alfafa unidade mdia de papaia 1 copo de ch de camomila banana mdia 1 copo de gua Modo de preparo: bater tudo no liquidificador. Dose recomendada: duas vezes ao dia, aps as refeies principais. Principais elementos teraputicos Alfafa: fornece vitamina K e clorofila, elementos necessrios cura. Papaia: tem alto teor de vitamina A (betacaroteno), necessria regenerao do tecido. Contm papana, que protege o estmago contra a acidez excessiva. A pepsina vegetal que ela contm, um fermento digestivo e funciona tanto no estmago cido como no trato intestinal alcalino, atuando contra a fermentao intestinal e na diminuio do suco gstrico. Nos casos de alimentao pesada, nos quais h quantidade excessiva de protenas, esta fruta tambm muito indicada. Camomila: ajuda a limpar o clon. Seus princpios amargos tm efeitos alcalinizantes na acidez e nos problemas digestivos.
  • 47. Banana: alcaliniza o sangue, no caso de acidez do estmago, facilitando a digesto. Contm alto teor de potssio. Constipao intestinal ou priso de ventre Conhecida popularmente como priso de ventre, atinge grande parte das pessoas e est relacionada com diversas doenas. Caracteriza-se pela dificuldade em evacuar, fezes ressecadas e distrbio na freqncia das evacuaes. Ocorrem dores e mal-estar, sendo uma das principais causas de hemorridas e apendicite. Com isso, o organismo contamina-se com toxinas que deveriam ser eliminadas. Pessoas constipadas apresentam tambm distenso abdominal. As principais causas so falta de fibras na alimentao, pouca ingesto de gua, gravidez e problemas fisiolgicos. Uma dieta rica em fibras, lquidos e a prtica de exerccios fsicos fundamental para o tratamento. Vitamina de caqui 3 caquis bem maduros sem casca e sem sementes 2 copos de leite gelado Modo de preparo: bater no liquidificador, durante dois minutos e adoar a gosto. Suco de caqui e laranja 1 caqui 1 laranja Modo de preparo: descascar a laranja e cortar em pedaos tirando as sementes. Lavar bem o caqui, cortar em pedaos sem sementes e extrair o suco das frutas, processando pela centrfuga. Adoce e sirva.
  • 48. Milk-shake refrescante e digestivo de banana com mamo 3 copos de leite de soja 1 mamo papaia picado 1 banana 1 colher de ch de essncia de baunilha Modo de preparo: bata no liquidificador e tome gelado. Suco de laranja, com muitas fibras 3 laranjas Modo de preparo: descasc-las e deixar aquela pele branca (rica em pectina), que ajuda a emagrecer e favorece o funcionamento dos intestinos, combatendo a priso de ventre. Corte-as em quatro partes e passe numa centrfuga. Se necessrio, adoce. Coloque bastante gelo. Fica cremoso, suave e muito delicioso. Suco de tangerina 2 tangerinas sem sementes 500ml de gua mineral. Adoar. Modo de preparo: Bater no liquidificador. Coar e servir. Suco de uva com ameixa-preta e pra Dois copos de suco de uva com pra descascada e sem sementes, trs unidades de ameixas-pretas sem caroo. Modo de preparo: bater no liquidificador e sirva gelado.
  • 49. Vitamina de manga 2 mangas mdias sem caroo picadas 1 litro de leite Modo de preparo: bater no liquidificador. Adoar a gosto. Suco de cupuau 200g de polpa de cupuau ou duas colheres de sopa de polpa ou, ainda, duas colheres de polpa de cupuau, litro de gua mineral. Modo de preparo: bater no liquidificador, adoar a gosto e servir bem gelado. Ameixa-preta 10 ameixas-pretas sem caroo 1 copo de gua Modo de preparo: bater no liquidificador. Principais elementos teraputicos Manga: aumenta o sistema imunolgico e combate a priso de ventre. Rica em fibras, pode ser usada ao natural, em saladas, sorvetes, musses e at molhos para acompanhar pratos salgados. Vitaminas: A, BI, B2 e B5. Minerais: potssio, fsforo, clcio.
  • 50. Caqui: excelente para prevenir cibras, priso de ventre e tem ao galactognica. Vitaminas: BI, B2, B6 e C. Minerais: potssio, fsforo, clcio, magnsio, sdio e ferro. Mamo ou papaia: ajuda na digesto (bromelina), atua na gastrite e diabetes. Vitaminas: A, C, BI e B2. Minerais: ferro, fsforo, clcio. Laranja: uma fruta rica em vitamina C e fibras, principalmente se ingerida com o bagao. Auxilia na digesto, no processo de emagrecimento, auxiliando na preveno de doenas em geral. Tangerina: uma fruta rica em vitaminas e minerais, auxilia no funcionamento dos intestinos por causa das suas fibras exerce ao fortalecedora do sistema imunolgico e preventiva de cncer, alm de ser levemente laxativa. Rica em vitamina C, potssio e pectina. Banana: sade para crianas, gestantes e atletas. Combate a diarria infantil e a tenso pr-menstrual. Vitaminas: A, C, BI, B2 e B5. Minerais: clcio, potssio, magnsio, ferro. Calorias: 96 calorias (100g). Uva: contm um elemento incrvel contra o infarto, herpes e proteo contra o cncer, que o Resveratrol, estudado por iminentes pesquisadores, comprovando sua ao varredora de radicais livres e seu poder antioxidante. Inibe a ao do mau colesterol, evitando o derrame cerebral e reduzindo a formao de placas de gordura. Possui cerca de 60 calorias por 100g. Cupuau: uma das frutas mais versteis, de sabor peculiar, com grande quantidade de vitaminas do complexo B, protenas e fibras, alm dos taninos, que ajudam a evitar inflamaes e toxinas no organismo. Ameixa-preta: indicada para hipertenso arterial, cido rico e priso de ventre. Vitaminas: A, B6 e C. Minerais: ferro e potssio. Possui um elemento qumico
  • 51. chamado hidroxifenilxantina, que, com as fibras, ajudam no peristaltismo intestinal, combatendo a priso de ventre. As fibras da ameixa ajudam o bolo alimentar a seguir seu caminho mais rapidamente, pois no so digeridas pelo organismo. Depresso A depresso uma doena que comea com um distrbio na parte do crebro que governa os humores, estressando as pessoas. Quando o estresse se torna demasiado para um indivduo e seu mecanismo de adaptao no reage mais, h o incio da depresso. Perde-se ento o interesse pelas coisas que o cercam, o vigor, tornando o indivduo zangado e irritadio. Ocorrem tambm dores nas costas, de cabea e apetite exagerado ou nulo (anorexia). Os neurotransmissores do crebro que regulam nosso comportamento so controlados pelo que comemos e tomamos. Da a importncia da alimentao e da ingesto de nutrientes adequados para manter o organismo em equilbrio, evitando a depresso. A gordura monoinsaturada do abacate e das castanhas tambm indicada por causa do aumento da vivacidade que proporciona. Suco antidepressivo 20ml de suco de uva 20ml de suco de ma 20ml de suco de maracuj 3 folhas de maracuj 5g de camomila (fazer ch)
  • 52. 2 folhas de limo (fazer ch) 1 copo de gua Modo de preparo: faa primeiro o ch por infuso das folhas de limo, maracuj e sumidades (flores) de camomila. Jogue dois copos de gua fervente sobre elas. Abafe por 10 minutos. Misture no liquidificador os sucos restantes. Dose recomendada: se voc quiser ficar calmo como um passarinho, tome um copo desse suco de manh, tarde e noite. Voc ver que o seu sono vai ser mais tranqilo, e no vai nem dar tempo para voc comear a contar os carneirinhos... Principais elementos teraputicos Uva: o suco de uva possui elementos qumicos como o PCO, estudado por iminentes cientistas, com propriedades antioxidantes, muito poderoso na luta contra os incontrolveis radicais livres. Tem a capacidade nica de unir as fibras de colgeno para reverter os danos causados pelos anos por leso e pelo ataque dos radicais livres. Os elementos qumicos benficos esto presentes no suco de uva e no vinho tinto, pelo fato de serem processados com as sementes. Limo: o ch das folhas possui limoneno, excelente calmante para pessoas nervosas e com insnia. Camomila: analgsica e antidepressiva. Possui efeito calmante e muito usada por pessoas que tm problemas nervosos. Ma: contm minerais como o fsforo, que combatem o cansao fsico e mental. Potssio, que ajuda nas contraes musculares e evita o derrame. Possui vitamina C, que ajuda a aumentar a imunidade do organismo, tornando-o mais resistente s doenas.
  • 53. Maracuj: possui substncias capazes de atuar como depressoras do sistema nervoso central, substncias com ao semelhante aos neurolpticos; potentes tranqilizantes usados no tratamento de doenas mentais. Suco para ter um sono tranqilo 2g de camomila 2g de hortel-pimenta 2g de melissa 1 folha de alface 1 copo de gua Modo de preparo: lazer o ch por infuso das ervas, misturar e tomar logo em seguida. Dose recomendada: 1 copo, antes de dormir. 2 suco Casca de 1 limo 2g de gengibre copo de suco de maracuj de gua mineral Adoar a gosto Modo de preparo: bater no liquidificador as cascas de 3 limes, com 2g de gengibre picado. Adicione o suco de maracuj e copo de gua mineral. Dose recomendada: 1 copo, antes de dormir. Principais elementos teraputicos
  • 54. Cascas de limo: possuem hisperidina e limoneno, que so excelentes calmantes para pessoas nervosas e com insnia. Gengibre: tem atividade antidepressiva. Maracuj: tem alcalides que ajudam a normalizar os desequilbrios do sistema nervoso central. Camomila: o ch tem efeito calmante para o tratamento de problemas nervosos. Acalma as dores de cabea, em virtude do AAS, que um poderoso analgsico. Hortel-pimenta: usada para aqueles que tm insnia e sedativa do sistema nervoso central. Melissa ou erva-cidreira: sedativa, possui substncias que relaxam a tenso nervosa e a ansiedade, sendo um excelente calmante. Diabetes Existem dois tipos de diabetes, a tipo I; insulnica, doena metablica causada pela deficincia do hormnio pituitrio, provocando danos glndula pituitria e produzindo quantidades anormais de urina. Ocorre com maior freqncia em crianas e jovens. O segundo tipo a diabetes no-insulnica dependente ou do tipo II, que resulta da quantidade de produo insuficiente de insulina pelo pncreas. Noventa por cento dos casos esto relacionados obesidade. O organismo fica incapaz de utilizar a glicose e os principais sintomas so: urina freqente, sede excessiva, fraqueza e perda de peso, alm de cicatrizao lenta de feridas, formigamento, dormncia dos ps, em conseqncia da m circulao.
  • 55. O diabetes no tem cura, mas pode ser perfeitamente controlado por meio da alimentao e remdios. Suco vegetal para diabetes Tipo II (no-insulinica) 5g de pata de vaca 5g de insulina vegetal 1 copo de gua mineral Modo de preparo: Fazer o ch por infuso e tomar duas vezes ao dia. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia. Principais elementos qumicos A pata de vaca, pesquisada pela Escola Paulista de Medicina, tem sua ao como antidiabtica comprovada, ajudando a baixar o nvel de glicose no sangue. exatamente em suas folhas que est oculto o segredo desta planta extraordinria. Insulina vegetal: uma das mais eficientes plantas medicinais para hiperglicemia, em virtude de seu princpio ativo inulina, que ajuda o pncreas a produzir mais insulina, estabilizando o acar no sangue. Diarria A diarria caracteriza-se por evacuaes freqentes e de consistncia lquida/aquosa, podendo ser originada por vrios fatores, inclusive ser sintoma de contaminaes por gua contaminada, clera, intoxicao alimentar entre outras. Deve-se ingerir sucos, lquidos e gua-de-coco para evitar a desidratao e procurar saber a causa, se persistirem os sintomas. Procure um mdico.
  • 56. Ch de rom parte da casca do fruto seco 500ml de gua. Modo de Preparo: Ferver por 5 minutos em fogo baixo. Dose recomendada: Tomar 1 xcara, 3 vezes ao dia. Milk-shake de goiaba 500ml de leite desnatado 2 goiabas vermelhas (s a polpa) Adoar a gosto Modo de preparo: bater no liquidificador. Coar e servir. Obs.: durante episdios de diarria, convm beber bastante lquidos, principalmente gua-de-coco, para proporcionar ao organismo os minerais perdidos nas evacuaes, evitando a desidratao. Se persistirem os sintomas, procurar um mdico. Propriedades teraputicas Rom: alm de as sementes decorarem pratos e serem saborosas, a casca pode ser utilizada para fazer ch, que combate diarria. Secar a casca e usar.
  • 57. Goiaba: combate a diarria e o cncer, em virtude do tanino e do licopeno (presente apenas na goiaba vermelha), presentes em sua composio. Vitaminas: A, B2 e C. Minerais: clcio, ferro e fsforo. Calorias: 42. Digesto A digesto o processo pelo qual os alimentos so digeridos no estmago sob a ao do cido clordrico (suco gstrico). Os principais fatores capazes de interferir na digesto so estresse, pressa no horrio das refeies, discusses mesa, pouca ingesto de saladas e frutas, excesso de gorduras e protenas. Alguns sucos podem auxiliar o processo de digesto e aliviar aquela sensao de "estmago pesado. Suco de abacaxi com hortel 1 copo de gua 2 rodelas de abacaxi 6 folhinhas de hortel Adoar a gosto e servir com gelo Modo de preparo: bater bem no liquidificador todos os ingredientes. No h necessidade de coar. Ch de abacaxi 4 rodelas de abacaxi picadas 1litro de gua 3 anis estrelados com 6 cravos-da-ndia Adoar a gosto
  • 58. Modo de preparo: numa panela, cozinhar durante 10 minutos em fogo brando. Coar a servir quente com bolachinhas. Abacaxi com cenoura 2 cenouras grandes picadas litro de gua abacaxi prola picado Adoar vontade Modo de preparo: bater no liquidificador e servir gelado. Decore a borda com cascas finas de laranja e pedacinhos de manga. Suco de abacaxi comum Digestivo, tem ao mucoltica. abacaxi litro de gua mineral com gs. Usar adoante. Modo de preparo: bater no liquidificador e servir com cubos de gelo. Milk-shake rpido de mamo papaia 1 mamo mdio picado 3 copos de leite de soja 1 banana mdia
  • 59. 1 colher de essncia de baunilha Modo de preparo: bater tudo no liquidificador at obter uma bebida uniforme. Milk-shake refrescante e digestivo de banana com mamo. 3 copos de leite de soja 1 mamo papaia picado 1 banana 1 colher de ch de essncia de baunilha. Modo de preparo: bater no liquidificador e tome gelado. Suco de laranja, com muitas fibras 3 laranjas Modo de preparo: descasc-las e deixar aquela pele branca (rica em pectina), que ajuda a emagrecer. Corte-as em quatro partes e passe numa centrfuga. Se necessrio, adoce. Coloque bastante gelo. Fica cremoso, suave e muito delicioso. Suco de tangerina 2 tangerinas sem sementes Suco de 1 limo taiti 500ml de gua mineral Adoar
  • 60. Modo de preparo: bater no liquidificador. Coar e servir. Suco de uva com pra Dois copos de suco de uva pra descascada e sem sementes. Modo de preparo: bater no liquidificador e servir gelado. bastante saboroso. Principais elementos teraputicos Abacaxi: altamente digestiva, combate a priso-de-ventre e anti-inflamatria. Vitaminas: A, C e BI. Minerais: potssio, fsforo, selnio, ferro, magnsio, mangans. Mamo ou papaia: ajuda na digesto (bromelina), atua na gastrite e diabetes. Vitaminas: A, C, BI e B2. Minerais: ferro, fsforo, clcio. Laranja: uma fruta rica em vitamina C e fibras, principalmente se ingerida com o bagao. Auxilia na digesto, na preveno de doenas e no processo de emagrecimento. Tangerina: a tangerina uma fruta rica em vitaminas e minerais, auxilia no funcionamento dos intestinos por causa de suas fibras. Exerce ao fortalecedora do sistema imunolgico e preventiva de cncer, alm de ser levemente laxativa. Banana: sade para crianas, gestantes e atletas. Combate a diarria infantil e a tenso pr-menstrual. Vitaminas: A, C, BI, B2, B5. Minerais: clcio, potssio, magnsio, ferro. Calorias: 96 (100g).
  • 61. Uva: contm um elemento incrvel contra o infarto, herpes e proteo contra o cncer, que o Resveratrol. Inibe a ao do mau colesterol, evitando o derrame cerebral e reduzindo a formao de placas de gordura. Limo: em 100g da fruta, 100mg de vitamina C. Possui quatro vezes mais vitamina C do que a laranja. Fadiga A fadiga uma sensao generalizada de cansao, diferente da sensao de sono (querer dormir) ou de fraqueza ou desmaio. um cansao geral, e a fadiga extrema pode levar aos limites da exausto. Pode estar relacionada ao estresse e s doenas especficas como a anemia ferropriva e depresso. Em todos os casos, necessrio ingerir alimentos energticos capazes de nutrir o organismo, causando sensao de bem-estar. Sucos energticos e atividade fsica so medidas eficientes no combate anemia. Suco energtico e afrodisaco 200g de polpa de aa 20ml de xarope de guaran 2 copos de gua-de-coco 100g de granola Modo de preparo: Bater no liquidificador e servir com cubos de gelo. Aa com banana e cenoura 1 litro de leite gelado 50g de polpa de aa
  • 62. 1 banana nanica madura Adoar a gosto Modo de preparo: bater no liquidificador e servir em seguida. Banana com coco nutre e d energia 2 bananas mdias 2 copos de leite gelado 1 colher de sopa de coco ralado Modo de preparo: bater no liquidificador por dois minutos. Batida de banana (Energtico) 1 banana 500ml de leite 1 colher de aveia 3 castanhas-do-par. Adoar Modo de preparo: colocar tudo no liquidificador, bater por um minuto. Servir no desjejum. um timo energtico. Leite de castanha 6 castanhas (s a amndoa, sem casca) 1 copo de gua Modo de preparo: bater no liquidificador por 5 minutos. Coar com peneira fina. Pode ser misturado a mingaus e pudins. Estimulante cerebral, afrodisaco e energtico
  • 63. 100ml de xarope de guaran e cubos de gelo Modo de preparo: bater no liquidificador e tomar. Obs.: por conter alcalides, cafena e teobromina, no se deve tomar durante a noite. Suco de guaran com aa + catuaba 1 colher de sopa de xarope de guaran 50g de polpa de aa 1 copo de gua 10g de catuaba em p Adoar a gosto Modo de preparo: bater tudo no liquidificador durante dois minutos. Este suco recomendado para ser tomado duas vezes ao dia, para combater o estresse. Principais elementos teraputicos Guaran: evita o estresse, a fadiga intelectual, estimulante cardaco, sexual e do sistema nervoso central. Minerais: contm saponina e cafena. Castanha-do-par: excelente contra o estresse, pode ser usada para mingaus e pudins. energtica e muito rica em protena! Vitaminas: complexo H, C e A. Minerais: fsforo, clcio e ferro. Calorias: altamente calrica, chegando a 698 calorias. Aa: afrodisaco e altamente energtico. Vitaminas: A, BI, B2 e C. Minerais: clcio, fsforo, ferro. Calorias: 247, s a polpa do aa.
  • 64. Banana: sade para crianas, gestantes e atletas. Combate a diarria infantil e a tenso pr-menstrual. Vitaminas: A, C, BI, B2 e B5. Minerais: clcio, potssio, magnsio, ferro. Calorias: 96 (100g). Aveia: a aveia um alimento extremamente benfico para o sistema nervoso, por causa de suas vitaminas do complexo B. Tambm beneficia a pele e o funcionamento intestinal, combatendo a priso de ventre. bastante energtica. Catuaba: contm catuabina e alcalides semelhantes atropina e a iombina. E um timo tnico e estimulante sexual, alm de combater o estresse e a dificuldade de raciocnio. Fortalecedor do sistema imunolgico O sistema imunolgico o responsvel pelas defesas naturais do organismo, que o protege contra infeces e agresses de vrus e bactrias. Situaes de estresse, tristeza, oscilaes emocionais, alimentao inadequada debilitam o organismo, tornando-o suscetvel a diversas doenas, que podem variar de resfriados a cncer. Para fortalecer o sistema imunolgico, necessria uma alimentao balanceada, rica em nutrientes fortalecedores do sistema imune como a vitamina C e outros elementos antioxidantes. Veja alguns sucos capazes de fortalec-lo: Vitamina de manga 2 mangas mdias sem caroo picadas 1 litro de leite Modo de preparo: Bater no liquidificador. Adoar a gosto.
  • 65. Suco de kiwi com ma 4 kiwis 2 mas maduras 1 copo de gua Adoar Modo de preparo: descascar os kiwis e as mas e cortar em pedaos. Processe na centrfuga e extraia o suco puro. Adoce e sirva imediatamente. Principais elementos teraputicos Manga: aumenta o sistema imunolgico e combate a priso de ventre. Rica em fibras, ela pode ser usada ao natural, em saladas, sorvetes, musses e at molhos para acompanhar pratos salgados. Vitaminas: A, B1, B2 e B5. Minerais: potssio, fsforo e clcio. Kiwi: antioxidante, combate a infertilidade masculina, previne gripes e afrodisaco. Vitaminas: A, B e C. Minerais: Clcio, magnsio, potssio e ferro. Gastrite A gastrite uma inflamao aguda ou crnica da mucosa do estmago. Deve ser tratada e prevenida por meio de dieta, controle do estresses, sucos e chs especficos, que auxiliam no tratamento controlando a doena, que pode evoluir, quando no tratada, para lceras. Obs.: evitar laticnios (leites e derivados) Milk-shake rpido de mamo papaia
  • 66. 1 mamo mdio picado 3 copos de leite de soja 1 banana mdia 1 colher de essncia de baunilha Modo de preparo: bater tudo no liquidificador at obter uma bebida uniforme. Principais elementos teraputicos Mamo ou papaia: ajuda na digesto (bromelina), atua na gastrite e diabetes. Vitaminas: A, C, BI e B2. Minerais: ferro, fsforo, clcio. Gripe uma infeco virtica do trato respiratrio altamente contagiosa. Pode ser facilmente transmitida por tosse e espirros. Ela pode aparecer de repente, aps um perodo de incubao de 1 a 3 dias. A vitamina A e a C so poderosos antioxidantes e fortalecedores do sistema imunolgico. Xarope para combater a gripe copo de gua mineral 3 ramos de hortel-pimenta 3 ramos de agrio 1 colher de sopa de mel copo de gua mineral ou gua-de-coco
  • 67. Modo de preparo: fazer o ch por infuso da hortel e do agrio, bater no liquidificador com a gua e o mel. Dose recomendada: tomar uma colher de sopa, quatro vezes ao dia. Suco para proteger da gripe no inverno ma 1 limo (suco) cenoura 1 copo de gua Adoar com mel Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia, entre as refeies. Suco de acerola com mamo 200g de polpa de acerola, 1 mamo papaia sem sementes 500 ml de gua. Modo de preparo: bater no liquidificador e beber gelado. ( aconselhvel a ingesto logo aps o preparo). Suco de caju
  • 68. 2 cajus maduros 500ml de gua Adoar Modo de preparo: descascar a fruta, cortar em pedaos e bater no liquidificador com a gua, adoando a gosto. Servir gelado. Suco de camu-camu 200g de polpa de camu-camu (aproximadamente 30 calorias) 1 litro de gua Modo de preparo: bater no liquidificador at ficar com uma cor rosada. Adoar a gosto. Servir gelado. Principais elementos teraputicos Esses sucos citados tm a propriedade de proteger da gripe e de outras doenas causadas pela diminuio do sistema imunolgico. So ricos em vitamina C e minerais importantes para aumentar as defesas do organismo s infeces. Hortel: a mais popular das plantas medicinais conhecidas. tima para combater tosses, asma e gripe, pelo seu leo essencial (citral). Agrio: um inimigo das placas bacterianas. Tem ao expectorante, pois aumenta a fluidez do muco segregado pelo aparelho respiratrio ao sofrer o ataque de microorganismos, como, por exemplo, o vrus da gripe. Camu-camu: o rei da vitamina C. Em 100g de polpa, possui 2.880mg de vitamina C.
  • 69. Caju: rico em vitamina C, uma fruta indicada na preveno de gripes e resfriados, pois fortalece o sistema imunolgico responsvel pelos mecanismos de defesa do organismo. Acerola: vice-campe de vitamina C, fortalece o sistema imunolgico e protege contra o cncer. Vitaminas: C e do complexo B. Minerais: clcio, fsforo, ferro e magnsio. Rica em fibras. Calorias: 47. Mamo ou papaia: ajuda na digesto (bromelina), atua na gastrite e diabetes. Vitaminas: A, C, B1 e B2. Minerais: ferro, fsforo e clcio. Hepatite As formas mais conhecidas de hepatite so: hepatite A e hepatite B. Ambas so causadas por vrus e consideradas altamente contagiosas. A hepatite A transmitida por contato de pessoa para pessoa, alimentos e bebidas contaminados, sendo essas as fontes de transmisso do vrus. A hepatite B transmitida pelo uso de seringas e agulhas contaminadas, transfuso de sangue e relaes sexuais. A hepatite C ainda no tem suas causas definidas e a medicina aloptica ainda no descobriu sua cura. Quando se descobre a hepatite C, 80% do fgado j est comprometido. Em minhas pesquisas na Amaznia, conheci o padre e professor Jos Maria de Albuquerque, uma das maiores autoridades em plantas medicinais da Amaznia, que me forneceu a raiz Hedychium coronarium, parecida com o gengibre, que ajuda a regenerar o fgado, nos casos de hepatite C, sendo indicado como um coadjuvante natural para o tratamento. O cardo-mariano e o dente-de-leo tambm so indicados para problemas hepticos.
  • 70. Suco para hepatite 5g de poejo 5g de melissa 5g de alecrim 1 copo de gua mineral Modo de preparo: fazer o ch por infuso do poejo, melissa e alecrim. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia, entre as refeies. Ch de pico preto 5g de pico, folhas e talos 1 copo de gua Modo de preparo: fazer o ch por infuso, tomar 3 copos ao dia. Ajuda a regenerar o fgado. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia, entre as refeies. Ch para hepatite C 5g de hedichium coronarium 2 copos de gua Modo de preparo: fazer a decoco de 5g fatiadas do Hedichium coronarium, em 2 copos de gua. Ferver por 3 minutos e tomar durante o dia. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia, entre as refeies. Principais elementos teraputicos Poejo: seus leos essenciais fortalecem o fgado.
  • 71. Melissa (erva-cidreira): protege as funes do fgado e ajuda a eliminar os vrus no organismo. Alecrim: estimula a circulao sangnea e as funes do fgado, evita a dor de estmago e tem poder cicatrizante. Hipertenso (presso alta) A fora exercida pelo sangue sobre a parede das artrias chamada de presso arterial, podendo variar de intensidade. Quando a presso est muito alta, recebe o nome de hipertenso. A arteriosclerose e aterosclerose so precursoras da hipertenso. Como na aterosclerose, as artrias ficam obstrudas com placas de colesterol, torna-se difcil a circulao do sangue pelos vasos. Na arteriosclerose, as artrias ficam duras e constritas. Da o sangue forado por uma passagem mais estreita, e a conseqncia o aumento da presso sangunea. O mdico mede a presso por intermdio de um aparelho chamado esfigmomanmetro e pode-se notar dois tipos de resultados. A presso sistlica (presso exercida pelo sangue quando o corao est bombeando) indica a presso alta ou no (acima de 18 por 11 muito alta), e a presso diastlica mede a presso quando o corao est descansando entre os batimentos. A normal deve ser 12 por 8; 11 por 7; 14 por 9. Quando estiver com o resultado 14 por 9 ou 16 por 9, a presso est no limite, ou seja, hipertenso limtrofe. A hipertenso muitas vezes conseqncia do hbito de fumar, obesidade, estresse, uso de estimulantes como caf, algumas espcies de chs, drogas, sal, lcool e o uso de contraceptivos. Deve ser monitorada periodicamente por um mdico.
  • 72. Existem algumas alternativas naturais usadas como coadjuvantes no tratamento, como o leo de alho, benfico para diminuir a presso sangnea e baixar o colesterol, o suco de limo sem acar, alm da lecetina, que emulsifica a gordura, melhorando o funcionamento heptico e ajudando a diminuir a presso arterial. O germe de trigo (vitamina E) ajuda a melhorar o funcionamento do corao. Suco para presso alta ou hipertenso Suco de 1 limo 2 dentes de alho 1 copo de gua mineral Adoar a gosto Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia, entre as refeies. Suco de laranja com babosa Suco de 2 laranjas 50g de suco de babosa Adoar com stvia. Principais elementos teraputicos Limo: o limo, em virtude da sua quantidade de potssio, age beneficamente na hipertenso arterial. Alho: tem ao antitrombtica. Os cardacos medicados com leo de alho aps o infarto tiveram 95,5% de ampliao na capacidade de registrar o trombo
  • 73. (cogulo sangneo), no perodo de 21 dias, segundo uma publicao na revista mdica americana Atherosckrosis Journal. Babosa: possui ao antiinflamatria similar aos esterides como a cortisona. Tem ao coagulante, contm muito potssio e clcio. Possui ao antibitica e energizante, alm de ser digestiva e nutritiva. Contm 18 dos 23 aminocidos existentes. Laranja: elimina o cido rico, combate a priso de ventre e previne o cncer. Vitaminas: A, B e C. Minerais: potssio, iodo, clcio, fsforo e selnio. Hipertireoidismo a conseqncia da disfuno da glndula tireide, que- comea a produzir muito hormnio, resultando num estado metablico hiper-ativo, afetando as glndulas pituitria, paratireides e sexuais, ocasionando nervosismo, fadiga e aumento de peso. Suco estimulante da tireide 1 folha de alga desidratada (chlorella) 10g de brcolis 2 laranjas 1 pssego Modo de preparo: prepare o suco de laranja. No liquidificador, bata-o com os outros ingredientes. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia, entre as refeies. Principais elementos teraputicos
  • 74. Alga: possui iodo, que regula a tireide. Pssego: remineralizante. Laranja: tambm possui iodo, cuja deficincia causa hipertireoidismo, que desencadeia aumento de peso. Impotncia sexual A impotncia sexual pode ocorrer por vrios fatores, fisiolgicos e psicolgicos. O comprometimento da circulao sangnea dificulta a irrigao dos rgos sexuais e pode ocorrer ao longo da vida, principalmente em homens sedentrios, fumantes, hipertensos e mesmo nos diabticos. Alguns sucos so indicados para impotncia sexual, pois exercem ao estimuladora natural da circulao sangnea. Suco de kiwi com papaia 2 copos de gua 3 kiwis sem casca 1 mamo papaia mdio (sem sementes) Modo de preparo: Bater no liquidificador e adoar. Suco de kiwi com ma 500 ml de gua 4 kiwis 2 mas maduras Adoar a gosto
  • 75. Modo de preparo: Descasque os kiwis e as mas e corte em pedaos. Processe na centrfuga e extraia o suco puro. Adoce e sirva imediatamente. Estimulante cerebral, afrodisaco e energtico 100ml de xarope de guaran 20g de p de ginkgo biloba 200ml de gua 200ml de gua-de-coco Cubos de gelo Modo de preparo: Bater no liquidificador e tomar. Suco de guaran com aa + catuaba 1 colher de sopa de xarope de guaran 50g de polpa de aa 2 copos de gua 10g de catuaba em p Adoar a gosto Modo de preparo: bater tudo no liquidificador durante dois minutos. Este suco recomendado para ser tomado duas vezes ao dia, a fim de combater o estresse. Principais elementos teraputicos Kiwi: antioxidante, combate infertilidade masculina, previne gripes e afrodisaco. Vitaminas: A, B e C.
  • 76. Minerais: Clcio, magnsio, potssio e ferro. Aa: afrodisaco e altamente energtico. Vitaminas: A, BI, B2 e C. Minerais: clcio, fsforo e ferro. Calorias: 247, s a polpa do aa. Guaran: evita o estresse e a fadiga intelectual, estimulante cardaco, sexual e do sistema nervoso central. Minerais: contm saponina e cafena. Ma: ajuda a emagrecer, antianmica e tem ao antiviral. A ma uma fruta verstil que pode ser usada tanto em pratos doces como salgados e tambm ao natural. Vitaminas: A, B1, B2 e C. Minerais: potssio, fsforo e magnsio. Catuaba: possui alcalides, igual atropina, iombina e catuabina. excelente estimulante sexual. Infertilidade masculina A infertilidade masculina pode ter diversas causas, como a diminuio da produo dos espermatozides e a perda de qualidade deles. Pesquisadores da Universidade do Texas, em Galveston, verificaram que o consumo dirio de vitamina C pode reverter certos problemas de fertilidade de masculina. Ela protege a aglutinina do esperma, uma substncia do smen, responsvel por evitar que as clulas de defesa e tambm que os radicais livres ataquem os espermatozides. Se no houver a ingesto desta vitamina, eles sero atacados, ficando agrupados e perdero a mobilidade, tornando-se infrteis. Suco de papaia com mirant (marapuama) 3 kiwis sem casca 1 mamo papaia mdio (sem sementes) 500 ml de gua
  • 77. Modo de preparo: bater no liquidificador e adoar. Suco de kiwi com ma 4 kiwis 2 mas maduras 500 ml de gua Adoar Modo de preparo: descascar os kiwis e as mas e cortar em pedaos. Processe na centrfuga e extraia o suco puro. Adoce e sirva imediatamente. Suco de camu-camu com acerola 200g de polpa de camu-camu (aproximadamente 30 calorias) 100g de acerola 1 litro de gua Modo de preparo: bater no liquidificador at ficar com uma cor rosada. Adoar a gosto. Servir gelado. Principais elementos teraputicos Camu-camu: campeo mundial de vitamina C. Em l00g da polpa, existem 2.890mg de vitamina C. Combate o cncer, bronquite e os radicais livres. Vitaminas: possui 2.890mg de vitamina C. Kiwi: Antioxidante, combate a infertilidade masculina, previne gripes e afrodisaco. Vitaminas: A, B e C. Minerais: Clcio, magnsio, potssio e ferro. Marapuama: excitante do sistema nervoso central, antidepressiva e sua principal indicao nos casos de dificuldade de ereo. Possui os alcalides marapuamina, esteris e lupeol. Acerola: 1.790mg de cido ascrbico (vitamina C), por l00g. Contm rutina, bioflavonides e possui ao antioxidante. .
  • 78. Infeces Intimamente ligado questo imunidade, se este estiver prejudicado, aumenta a suscetibilidade da pessoa infeces, que podem afetar diferentes rgos como amdalas, estmago, intestinos, brnquios, pulmes, entre outros. Suco de camu-camu 200g de polpa de camu-camu (aproximadamente 30 calorias), 1 litro de gua. Modo de preparo: bater no liquidificador at ficar com uma cor rosada. Adoar a gosto. Servir gelado. Suco de kiwi com laranja 3 kiwis sem casca Suco de 3 laranjas 500 ml de gua Modo de preparo: bater no liquidificador e adoar. Suco de laranja com cenoura Suco de 3 laranjas 2 cenouras mdias picadas 500 ml de gua Adoante e gelo Modo de preparo: processar o suco da cenoura na centrfuga. Extrair o suco das laranjas. Bater os dois sucos no liqidificador e servir gelado.
  • 79. Suco de laranja com mamo 1 copo de suco de laranja 1 fatia de mamo Adoante e gelo. Laranja e limo 3 laranjas 1 limo Modo de preparo: num espremedor, retire o suco da laranja e do limo. Adicione adoante a gosto. Coloque gelo. Suco de acerola com mamo 200g de polpa de acerola 1 mamo papaia sem sementes 1 litro de gua Modo de preparo: bater no liquidificador e beber gelado, ( aconselhvel a ingesto logo aps o preparo). Vitamina de manga 2 mangas mdias sem caroo picadas 1 litro de leite Modo de preparo: bater no liqidificador. Adoar a gosto. Principais elementos teraputicos
  • 80. Manga: aumenta o sistema imunolgico e combate a priso de ventre. Rica em fibras. A manga pode ser usada ao natural, em saladas, sorvetes, musses e at molhos para acompanhar pratos salgados. Vitaminas: A, B1, B2 e B5. Minerais: potssio, fsforo e clcio. Kiwi: antioxidante, combate a infertilidade masculina, previne gripes e afrodisaco. Vitaminas: A, B e C. Minerais: Clcio, magnsio, potssio e ferro. Acerola: vice-campe de vitamina C, fortalece o sistema imunolgico e protege contra o cncer. Vitaminas: C e do complexo B. Minerais: clcio, fsforo, ferro e magnsio. Rica em fibras. Calorias: possui 47. Camu-camu: campeo mundial de vitamina C. Em 100g da polpa, existem 2.890mg de vitamina C. Combate o cncer, bronquite e os radicais livres. Vitaminas: possui 2.890mg de vitamina C. Laranja: elimina o cido rico, combate a priso de ventre e previne o cncer. Vitaminas: A, B e C. Minerais: potssio, iodo, clcio, fsforo e selnio. 1 suco 1 lata de leite condensado 2 mas picadas 4 pssegos 2 xcaras de morangos cortados em 4 pedaos Modo de preparo: coloque numa poncheira as frutas, o leite condensado e a gua mineral com gs gelada (colocar a gua na hora de servir). Sirva gelado. Principais elementos teraputicos Maracuj: calmante natural e sedativo. Vitaminas: C, B1, B2 e B3. Minerais: ferro, potssio e clcio.
  • 81. Pssego: beneficia a desintoxicao do organismo, a beleza da pele, atletas e diabticos. Rico em pectina, fsforo, vitaminas A e C. Uva: contm um elemento incrvel contra o infarto, herpes e proteo contra o cncer, que o Resveratrol, varredor de radicais livres e poder antioxidante. Ma: ajuda a emagrecer, antianmica e tem ao antiviral. A ma uma fruta verstil que pode ser usada tanto em pratos doces como salgados, e tambm ao natural. Vitaminas: A, BI, B2 e C. Minerais: potssio, fsforo e magnsio. Menopausa A menopausa o fim da vida frtil da mulher e de seus perodos menstruais. Este fenmeno se apresenta normalmente entre os 45 e 52 anos, havendo tambm casos em que ela se inicia antes dos 45 anos e se finaliza aps os 52 anos. Ocorre por causa da diminuio da produo dos hormnios pelos ovrios. O sangramento irregular e abundante nas mulheres na idade da menopausa deve-se ausncia de ovulao, que traz como conseqncia o desequilbrio na produo hormonal, com excesso de estrognio e diminuio de progesterona. Sintomas: calor e suor noturno, insnia, ressecamento vaginal, menstruao irregular, com sangramento forte, at cessar o ciclo produtivo dos ovrios, osteoporose, aspecto emocional desequilibrado. Suco de gelia real abacate 2g de gelia real 10g de lecetina de soja (possui isoflavonas) 2 copos de leite desnatado
  • 82. Modo de preparo: bater no liqidificador e tomar duas vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Abacate: rico em nutrientes, bloqueia agentes cancergenos e beneficia as artrias, dilata os vasos sangneos e combate o mau colesterol, por causa da sua gordura monoinsaturada. A glutationa, um de seus componentes, capaz de bloquear mais de 30 agentes cancergenos diferentes. Possui grande quantidade de vitamina A, vitamina E, alm de vitaminas do complexo B, e muitos minerais como clcio, ferro e fsforo. Osteoporose A osteoporose a perda gradual da massa ssea, pela falta de clcio, ao longo da vida. Resulta em fraturas, diminuio de estatura, dores no corpo e afeta 25% das mulheres aps a menopausa. A principal causa a falta do hormnio estrognio nessas mulheres. O risco de desenvolver osteoporose em ambos os sexos aumenta com a idade e a ao deve ser preventiva, garantindo boas fontes de clcio na alimentao ao longo da vida. Sucos para osteoporose 1 cenoura mdia (45mg de clcio) 2 ramos de caruru (255mg de clcio) 1 colher de sopa de leite de soja em p (300mg de clcio) 1 copo de gua-de-coco (300mg de clcio)
  • 83. Modo de preparo: a cenoura e o caruru devem ser processados na centrfuga. Depois, o suco deve ser misturado no liquidificador com gua-de-coco e o leite de soja. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, entre as refeies. Obs.: o total da concentrao de clcio de aproximadamente 900mg, sendo que a necessidade diria de 1.000 mg. 2 suco 2 ramos de cavalinha (fazer ch) 250ml de gua 5 ramos de agrio copo de gua-de-coco Modo de preparo: fazer o ch por infuso da cavalinha e bater com os outros ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, de manh e noite. 3 suco cenoura 2 castanhas-do-par picadas banana ma 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral Adoar a gosto Modo de preparo: bater tudo no liquidificador. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, entre as refeies.
  • 84. Principais elementos teraputicos Cavalinha: usada como suplemento de silcio para a consolidao de ossos fraturados e fortalecimento dos dentes e ossos. Agrio: mineralizante, rico em clcio. Caruru: dado o seu altssimo teor de clcio (536mg em 100g), muito til na formao de ossos e dentes, assim como no combate osteoporose. Soja: contm fitoestrognios que ajudam a prevenir a osteoporose e os sintomas da menopausa. gua-de-coco: contm clcio, mineral que ajuda na formao dos ossos, benfica na preveno e tratamento da osteoporose e rica em outros minerais, como o magnsio, vital para a atividade das enzimas, alm de ter papel importante na absoro de clcio e potssio. Cenoura: contm clcio, mineral necessrio para a formao ssea, alm de outros minerais. Pele (Hidratao) A pele possui trs camadas: epiderme (camada externa), der me (camada mdia) e a camada sub cutnea (interna). Reaes do meio ambiente agridem a pele, ocasionando agresses, alergias, envelhecimento da pele pelo sol, etc. Os sucos remineralizam o organismo, melhorando a aparncia e a sade da pele das pessoas. Sucos para deixar a pele bonita
  • 85. 3 framboesas 3 morangos 1 colher de sopa de mel 1 copo de gua-de-coco Modo de preparo: bater tudo no liquidificador Dose recomendada: tomar dois copos diariamente. 2 suco 3 ramos de agrio 3 ramos de poejo abacate 1 copo de gua mineral adoar a gosto Modo de preparo: bater tudo no liquidificador. Dose recomendada: um copo, duas vezes ao dia. 3 suco 1 fatia pequena (100g) de abbora cenoura unidade mdia de papaia de abacate 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral Adoante a gosto Modo de preparo: na centrfuga, passar abbora e a cenoura. Bater no liquidificador, misturado com o abacate, gua-de-coco e com o papaia. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, entre as refeies.
  • 86. Principais elementos teraputicos A framboesa possui vitamina E, a "vitamina da beleza". O morango possui a pr-vitamina A, que protege a pele e contm fibras que eliminam as toxinas do organismo. A gua-de-coco contm minerais como potssio, fsforo, clcio, magnsio, sdio e ferro, alm de vitaminas. Agrio: possui muitos minerais como clcio, flor, iodo, fibras e vitaminas B, C e E, que ajudam a combater a acne. Poejo: facilita a digesto, proporciona um sono tranqilo, tnico, balsmico e possui muitas vitaminas. Abacate: possui gorduras benficas ao organismo e deixa a pele mais macia. Mamo papaia: estimula o funcionamento do intestino, facilitando a eliminao de toxinas e a conseqente melhora na aparncia da pele. Prostatite Tambm conhecida como inflamao da prstata, causada por infeco bacteriana e pode causar distrbios srios, como cncer, nessa glndula masculina vital. Os sintomas podem ser: febres, calafrios, aumento na freqncia urinaria, mices freqentes durante a noite, dificuldade de urinar, ardncia ou dor durante a mico, dor perineal (rea entre o escroto e o nus), dor na parte inferior das costas, dor muscular, sangue na urina. Nessa condio, o tratamento mdico imediato essencial. Suco de abacate com plen de abelha
  • 87. abacate litro de leite desnatado 10g de plen de abelha 1 caqui mdio sem semente Modo de preparo: bater no liquidificador. Principais elementos teraputicos Plen: rico em minerais como potssio, clcio, zinco, enzimas, vitaminas, aminocidos e compostos vitalizantes. um dos mais potentes tnicos fortalecedores do sistema imunolgico. Atua sobre problemas do aparelho genital e urinaria Abacate: rico em nutrientes, bloqueia agentes cancergenos e beneficia as artrias, dilata os vasos sangneos e combate o mau colesterol, por causa de sua gordura monoinsaturada. A glutationa, um de seus componentes, capaz de bloquear mais de 30 agentes cancergenos diferentes. Possui grande quantidade de vitamina A, vitamina E, alm de vitaminas do complexo B, e muitos minerais como clcio, ferro e fsforo. Caqui: muito eficaz na eliminao de uma forma muito txica do oxignio molecular (singlet) que intensifica a malignidade nos tecidos. Vitaminas: A que contribui para suas propriedades anticancergenas. (Radicais livres) Doenas degenerativas e Antienvelhecimento As doenas degenerativas e o envelhecimento so causados pelos radicais livres. Em sntese os radicais livres formam-se quando respiramos. Existem
  • 88. na atmosfera vrios gases como o nitrognio, oxignio, que formam 95% H20, ou seja, gua. Porm 5% do oxignio o Singlet, o mais danoso oxignio molecular; que procura, nas clulas e outras partes do organismo, minerais e elementos para combinar (clcio, potssio, magnsio e ferro). Como no encontra antioxidantes, retira-os das clulas. Mais perigoso ainda quando ele retira a proteo bioqumica das artrias causando ateroma ou pior, penetrando no DNA, no qual codificada toda a nossa hereditariedade, modificando-a. Isso acarretar em doenas degenerativas como diabetes, cncer, arteriosclerose, presso alta, etc. Ningum sabe exatamente por que esta reao ocorre. Indivduos expostos poluio ambiental, alimentao com protena animal em excesso, defumados, radiao, produtos qumicos, enfim substncias qumicas que promovem a formao de radicais livres no corpo esto mais sujeitos a estes distrbios. Estudos americanos sugerem que a ingesto diria de cinco ou mais frutas e vegetais por dia protegem o organismo dos radicais livres. Suco para evitar doenas degenerativas cenoura picada 5 ramos de salsa pimento verde 1 folha de couve Adoante 1 copo de gua Modo de preparo: bater no liquidificador e tomar.
  • 89. Suco para melhorar o aspecto da pele e prevenir o cncer 1 folha de couve 1 folha de couve-de-bruxelas ramo de couve-flor ramo de brcolis cenoura de copo de gua Modo de preparo: passe tudo na centrfuga, com um copo de gua. Dose recomendada: tomar um copo, trs vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Hortalias: j foram vistas nos sucos anteriores, porm neste a combinao de vitamina E e as fibras so essenciais para a sade da pele. Couves e brcolis: possuem elementos que ajudam a evitar o cncer, como o indol 3 carbinol. Cenoura: contm minerais, vitaminas e fibras, rica em betacaroteno e suas fibras melhoram o trnsito intestinal e ajudam a proteger o cncer de pulmo. Pimento: contm elementos muito importantes no combate aos radicais livres, melhorando a circulao sangnea. Salsa: use e abuse dessa grande fonte de vitaminas e minerais. Ela contm ferro, potssio, vitamina A e C. Ajuda na absoro de ferro pelo organismo. A vitamina C e o betacaroteno so antioxidantes, que agem diminuindo os riscos de doenas cardacas, derrames e cncer. Suco antienvelhecimento e protetor dos tecidos e mucosas
  • 90. 5 folhas de hortel ou 5 folhas de menta fresca 1 limo mdio (suco) Cascas de um limo 1 copo de gua Mel para adoar a gosto Modo de preparo: cortar as cascas do limo em pedaos e bater com os outros ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar o suco trs vezes ao dia, entre as refeies. Principais elementos teraputicos Hortel: anti-sptica, antiinflamatria e tnica. Contm flavonides. Limo: possui vitamina C, vitamina antioxidante que previne o envelhecimento, pela capacidade de impedir o ataque de radicais livres. Suco para rejuvenescer ma banana 2 castanhas de caiu picadas cenoura (suco) 2g de ch de gengibre 1 copo de gua Adoar a gosto Modo de preparo: bater tudo no liquidificador.
  • 91. Dose recomendada: tomar um copo, duas vezes ao dia, entre as refeies principais. Suco anti-radicais livres 1 kiwi 2 ramos de brcolis 1 couve-de-bruxelas 1 folha de couve 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral Modo de preparo: cortar o kiwi em rodelas, picar o restante dos ingredientes e misturar a gua-de-coco com o adoante ou gua. Bater no liquidificador. Dose recomendada: um copo, duas vezes ao dia. Principais elementos teraputicos gua-de-coco: tem muitos minerais como potssio, fsforo, clcio, magnsio, sdio e ferro, que ajuda a evitar a desidratao e a anemia. Brcolis, repolho e couve: contm indis, capazes de bloquear muitas espcies de cncer. Kiwi: possui em 100g, cinco vezes mais vitamina C que a laranja. uma vitamina varredora de radicais livres. Segundo Linus Pauling, prmio Nobel de qumica, o cido ascrbico (vitamina C) evita e previne o cncer, alm de ajudar a eliminar as toxinas do organismo, por causa de suas fibras.
  • 92. Remineralizante Suco de abacaxi com hortel 1 copo de gua 2 rodelas de abacaxi 6 folhas de hortel Adoar a gosto e adicionar gelo Modo de preparo: bater bem no liquidificador todos os ingredientes. No h necessidade de coar. Vitamina de graviola 2 colheres de sopa de polpa de graviola 1 litro de leite desnatado gelado Modo de preparo: bater no liquidificador e adoar. Suco de melancia 1 xcara de polpa de melancia bem madura 250ml de gua Adoar a gosto Modo de preparo: bater no liquidificador e servir gelado. Obs.: comer apenas melancia e suco de melancia durante um dia no ms, pode ajudar a perder peso. Suco de melo 1 xcara de polpa de melo com cenoura
  • 93. 250ml de gua cenoura Adoar a gosto Modo de preparo: bater tudo no liquidificador e servir gelado. Suco de pra com ma 1 pra 1 ma 1 copo de gua-de-coco Modo de preparo: descasque-as e tire as sementes. Bata no liquidificador, adoce se necessrio e adicione gelo. Tangerina com banana 2 bananas grandes picadas 2 tangerinas sem sementes 4 colheres de sopa de mel Servir gelado Suco de ma e uva 2 mas, sem casca e sem sementes 2 copos de suco de uva Modo de preparo: bater num liquidificador. Coar e tomar gelado. Suco de ma com banana 1 ma madura sem casca e sem sementes 3 copos de gua-de-coco 1 banana mdia
  • 94. Adoar a gosto Modo de preparo: bater no liquidificador. Servir com pedrinhas de gelo. Receita desintoxicante e vitaminada 200g de melancia ma sem casca Suco de 1 limo Modo de preparo: bater no liquidificador e tomar gelado. Principais elementos teraputicos Graviola: combate cibras, e rica em minerais. Vitaminas: complexo B e C. Minerais: potssio, clcio, selnio e fsforo. Ma: ajuda a emagrecer, antianmica e tem ao antiviral. Vitaminas: A, BI, B2 e C. Minerais: potssio, fsforo, magnsio. Melo: timo para regimes de emagrecimento. Re-frescante, ajuda a emagrecer. Tem muita vitamina C. Vitaminas: A, C e B. Minerais: potssio, clcio, ferro e fsforo. Abacaxi: altamente digestiva, combate a priso-de-ventre e antiinflamatria. Vitaminas: A, C e B1. Minerais: potssio, fsforo, selnio, ferro, magnsio e mangans. Banana: sade para crianas, gestantes e adetas. Combate a diarria infantil e a tenso pr-menstrual. Vitaminas: A, C, B1, B2 e B5. Minerais: clcio, potssio, magnsio e ferro. Calorias: 96 (100g). Melancia: mata a sede, hidrata, anticancergena, por causa do licopeno e aumenta os glbulos vermelhos. Vitaminas: A, B1, B5 e C. Minerais: fsforo, ferro, potssio e clcio.
  • 95. Limo: refrescante, rico em vitamina C, excelente para emagrecer e para fortalecer o sistema imunolgico. Tem ao adstringente, diurtica e beneficia pessoas com hipertenso. Uva: contm um elemento incrvel contra o infarto, herpes e proteo contra o cncer. Possui ferro, fsforo e potssio. Possui vitaminas A, C e do complexo B. Combate o colesterol alto. Inibe a ao do mau colesterol, evitando o derrame cerebral e reduzindo a formao de placas de gordura. Tangerina: a tangerina uma fruta rica em vitaminas e minerais, auxilia no funcionamento dos intestinos por causa de suas fibras. Exerce ao fortalecedora do sistema imunolgico e preventiva de cncer, alm de ser levemente laxativa. Pra: ajuda a baixar os nveis de colesterol e combate a priso de ventre. Rica em fibras, vitamina A e C. gua-de-coco: um alimento muito saudvel, pouco calrico e remineralizante, muito recomendada tanto em regimes de emagrecimento como um repositor de minerais, agindo como um soro natural. Possui mais de oito minerais. Reumatismo O termo reumatismo usado para descrever diversos distrbios em que as pessoas sentem dores na articulaes, msculos, tendes e tecidos conjuntivos, com ou sem sinais de inflamao. A medicina alternativa tem ajudado muito com a pomada de apitoxina (extrada do veneno da abelha), causando alvio imediato (se a pessoa no for alrgica ao veneno de abelha), ajudando a regenerar parte do tecido lesionado. A vitamina E (germe de trigo) pode ajud-lo, alm da vitamina A e C; que tambm so necessrias.
  • 96. Suco para reumatismo cenoura mdia pepino mdio beterraba 1 copo de gua mineral Modo de preparo: bater no liquidificador, e, se possvel, tomar sem coar. Dose recomendada: tomar um copo, trs vezes ao dia, entre as refeies. Principais elementos teraputicos Cenoura: eficiente na eliminao de cido rico. Contm muitas fibras, que agem como uma esponja, ajudando a eliminar os elementos txicos do organismo, inclusive o cido rico. Beterraba: adicionada a outros vegetais no feitio de sucos, ajuda a acelerar a eliminao de cido rico. Pepino: alcalinizante, refrescante e excelente mineralizante (contm fsforo, potssio, clcio e enxofre), alm de ser laxante. usado com muito sucesso no combate gota e ao cido rico. A combinao dos legumes, suco de pepino e cenoura recomendada por hospitais naturalistas, pelo seu efeito benfico no tratamento de cido rico e gota. Sinusite
  • 97. a inflamao dos seios nasais que acompanha a infeco das vias respiratrias superiores. Cerca de 50% de todos os casos de sinusite so causados por bactrias. Os seios afetados por essa infeco localizam-se acima dos olhos, dentro de cada osso malar. Sintomas: dor de cabea, viso turva, dor nos seios frontais e maxilares. A vitamina C (presente no camu-camu, na acerola e no kiwi) fortalece o sistema imunolgico e destri os vrus. Suco de espinafre, hortel, coco e mel 20g de espinafre 20g de hortel 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral 1 colher de sopa de mel de eucalipto Modo de preparo: bater no liquidificador a gua-de-coco e os demais ingredientes. Dose recomendada: tomar um copo, trs vezes ao dia, entre as refeies. Suco de laranja, babosa e plen 2 laranjas (suco) 100g de Aloe vera (babosa) 10 gotas de leo de copaba 2g de plen de abelha 100g de mel de eucalipto
  • 98. 2 copos de gua Modo de preparo: bater no liquidificador e tomar duas vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Babosa: possui ao antiinflamatria similar aos esterides como a cortisona. Tem ao coagulante, contm muito potssio e clcio. Possui ao antibitica e energizante, alm de ser digestiva e nutritiva. Contm 18 dos 23 aminocidos existentes. Laranja: Elimina o cido rico, combate a priso de ventre e previne o cncer. Vitaminas: A, B e C. Minerais: potssio, iodo, clcio, fsforo e selnio. Plen: rico em minerais como potssio, clcio, zinco, enzimas, vitaminas, aminocidos e compostos vitalizantes. um dos mais potentes tnicos fortalecedores do sistema imunolgico. Atua sobre problemas do aparelho genital e urinrio Hortel: ajuda a eliminar as secrees mucolticas. Espinafre: tem propriedades antiinflamatrias e descongestionantes das vias areas. Stress O stress uma situao natural de defesa do organismo aos estmulos externos, que passou a ser um problema de sade pblica em conseqncia da vida a que estamos sendo expostos, principalmente nas grandes cidades, com tanto trabalho, preocupaes, sedentarismo, trnsito, problemas financeiros, de relacionamento, pouco tempo para relaxar.
  • 99. Pesquisas feitas por cientistas da Universidade do Texas (EUA) relataram que o crebro, sob o efeito do stress, produz excesso do hormnio ACTH, inibindo a produo dos leuccitos responsveis pelo combate de diversas doenas. Para control-lo e no permitir que ele afete sua sade so necessrias a prtica regular de atividades fsicas e alimentao adequada e natural, para proporcionar os nutrientes adequados, que precisam de maior demanda durante situaes/perodos de stress. Suco anti-stress 100g de broto de alfafa 1 folha de couve, alface ou repolho 1 copo de gua-de-coco Modo de preparo: enrolar os brotos na folha de couve e passar tudo na centrfuga, com a gua-de-coco. Suco energtico 200g de polpa de aa 20ml de xarope de guaran 2 copos de gua-de-coco 1 colher de sopa de mel Modo de preparo: bater no liquidificador e servir com cubos de gelo. Aa com banana 1 litro de leite gelado 50g de polpa de aa 1 banana nanica madura
  • 100. Adoar a gosto Modo de preparo: Bater no liquidificador e servir em seguida. Ponche de frutas com suco de maracuj (sem lcool) 400ml de suco de maracuj 1,5 litro de gua mineral com gs 1 lata de leite condensado (cuidado, calrico) 2 mas picadas e 4 pssegos 2 xcaras de morangos cortados em 4 pedaos Modo de preparo: colocar numa poncheira as frutas, o leite condensado e a gua mineral com gs gelada (colocar a gua na hora de servir). Principais elementos teraputicos Guaran: Evita o estresse, a fadiga intelectual, estimulante cardaco, sexual e do sistema nervoso central. Minerais: contm saponina e cafena. Maracuj: Calmante natural e sedativo. Vitaminas: C, B1, B2 e B3. Minerais: ferro, potssio e clcio. Indicado no combate anemia. Aa: afrodisaco e altamente energtico. Nome cientfico: Euterpe oleracea Mart. Vitaminas: A, B1, B2, C e E. Minerais: clcio, fsforo e ferro. Calorias: 247, s a polpa do aa. Banana: sade para crianas, gestantes e atletas. Combate a diarria infantil e a tenso pr-menstrual. Vitaminas: A, C, B1, B2 e B5. Minerais: clcio, potssio, magnsio e ferro. Calorias: 96 calorias (100g). Alfafa: rica em minerais.
  • 101. Alface: contm alcalides que acalmam as pessoas. Couve e repolho: contm elementos energticos. Suco Antivrus para crianas ma 1 laranja (suco) 1 copo de gua-de-coco Adoar Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar um copo pela manh. Suco Antivrus para adultos 1 ma 1 laranja (suco) 1 kiwi 1 copo de gua-de-coco Adoar Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar um copo pela manh e um noite. Suco Refrescante de Mamanj xcara de mamo em pedaos 1 copo de suco fresco de laranja Gelo Adoar
  • 102. Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador e servir com pedrinhas de gelo. Dose recomendada: ingerir durante ou aps refeies principais. Suco Saboroso de Cenouranja 1 copo de suco de laranja cenoura Adoante a gosto Gelo Modo de preparo: extrair o suco das cenouras pela centrfuga, bater no liquidificador com a laranja e o adoante. Servir com gelo. Dose recomendada: pode ser ingerido vontade, tanto pelos adultos como pelas crianas, principalmente no vero. Suco com ao galactognica (aumenta o leite materno) 5g de hortel 5g de anis (erva-doce) 5g de melissa ou erva-cidreira 1 caqui mdio e maduro 1 copo de gua-de-coco Modo de preparo: fazer o ch por infuso das ervas (hortel, anis e melissa) e bater no liquidificador com os demais ingredientes. Dose recomendada: tomar um copo, trs vezes ao dia.
  • 103. Principais elementos teraputicos Hortel: tem ao galactognica nas mes que amamentam por causa dos princpios ativos citral e citronela. Anis ou erva-doce: tem ao galactognica nas mes que amamentam, que beneficiam tambm seus filhos recm-nascidos ao tom-la, por causa do elemento anetol. Melissa ou erva-cidreira: em virtude de seus elementos citrol e linol, estimula a secreo lctea com maior quantidade de leite materno. Contm cido galactognico. Sucos Energticos do prof. Lobo Franco Para os atletas: especial para jogadores de futebol, nadadores, corredores, tenistas, boxeadores, entre outros atletas. "O poderoso", casa de lanches e sucos no Ibirapuera/ SP, tem apelidado este suco de "suco energtico professor Lobo Franco", por causa das minhas apresentaes na TV Gaveta, na qual ao vivo, diretamente da lanchonete, eram feitos os sucos. O Poderoso xcara de granola 20ml de guaran em forma de xarope 200g de polpa de aa 300ml de gua-de-coco gua mineral
  • 104. Modo de preparo: bater no liquidificador e servir gelado. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, ou antes de atividades que exigem disposio e energia. Receitas para aumentar a energia fatia de abacaxi 1 fatia de mamo 5ml de xarope de guaran 1 copo de gua-de-coco Modo de preparo: bater tudo no liquidificador. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, de manh e tarde. Suco energtico de ao rpida 1 goiaba vermelha picada 20ml de mel 10 folhas de hortel 1 copo de gua-de-coco Adoar Modo de preparo: bater tudo no liquidificador e tomar. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia. Suco bom para fadiga Suco de 1 lima Suco de 2 laranjas de xcara de ch de espinafre
  • 105. 1 colher de mel Modo de preparo: bater tudo no liquidificador. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, aps as refeies principais. Coquetel estimulante de energia 1 cenoura mdia 5 ramos de salsinha 5 ml de xarope de guaran 1 copo de gua Adoar Modo de preparo: bater tudo no liquidificador. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, uma de manh e outra tarde. Coquetel para evitar cansao muscular 1 cenoura 1 talo de salso 1 aspargo 1 copo de gua Adoar Modo de preparo: bater tudo no liquidificador e tomar. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia. Suco energtico instantneo
  • 106. manga de abacate 10ml de xarope de guaran 2 unidades de castanha-do-par 1 copo de gua mineral ou de coco Adoar e acrescentar Modo de preparo: cortar a manga e o abacate em fatias e colocar no liquidificador com as castanhas-do-par picadas. Bater por 3 minutos, com a gua mineral ou de coco. Servir gelado. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, ou em perodos em que precisar de energia extra. Principais elementos qumicos Manga: rica em vitaminas A, complexo B e C e minerais como o potssio, fsforo e clcio, alm de possuir taninos e propriedades tonificantes. Guaran: possui alcalides, derivados da cafena, guaranina e teobromina, evitando, assim, a fadiga. Castanha-do-par: possui protenas e minerais como o ferro, o clcio, o zinco e ajuda a fortalecer o organismo.
  • 107. Abacate: possui vitaminas do complexo B, ajuda a livrar-se do cansao. O segredo est nos nutrientes, que ajudam a dobrar a energia (magnsio, clcio, ferro e fsforo) e na vitamina C, que estimula a ao de enzimas. Suco para Hipoglicemia A hipoglicemia o termo utilizado para denominar a situao dos nveis de acar no sangue estarem abaixo do normal. O normal de 70 a 110 miligramas por 100 mililitros de sangue antes das refeies. Suco estimulante matinal (para quem sofre de hipoglicemia) banana mdia 1 folha de insulina vegetal 1 colher de sopa de sementes de gergelim 1 copo de gua-de-coco Mel para adoar Modo de preparo: colocar todos os ingredientes no liquidificador. Bater at as sementes ficarem bem trituradas. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia. A insulina vegetal possui inulina, que ajuda o pncreas a produzir insulina. A semente de gergelim possui minerais que ajudam no equilbrio glicmico. A banana e a gua-de-coco so ricas em minerais, principalmente potssio. Tomando esse suco seus nveis de glicose se estabilizaro e voc ter muito mais energia durante o dia. Muitas pessoas sofrem de hipoglicemia de manh, em virtude do fato de os ndices de acar diminurem durante noite.
  • 108. Obs.: somente para diabetes tipo II - no-insulnica. Suco para a memria e a circulao 5 folhas de ginkgo biloba 5 folhas de alecrim 1 copo de gua Modo de preparo: preparar o ch por infuso. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia, uma de manh e uma tarde. Principais elementos teraputicos Alecrim: estimula a circulao. Ginkgo biloba esta erva muito eficaz na preservao da memria, age na circulao, ativando-a e confere vigor ao organismo. Muito indicada para empresrios, idosos e pessoas com grande atividade mental e fsica, sujeitas ao stress. Suco para purificar o sangue ma fugi 5 moranguinhos 1 copo de gua Adoante Modo de preparo: bater os ingredientes no liquidificador. Servir gelado. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia.
  • 109. Principais elementos teraputicos Ma: age como antioxidante neutralizando os radicais livres. Moranguinho: contm grande quantidade de fibras e cidos ctricos e mlico, que ajudam a combater a anemia. Este suco muito saboroso e purifica o organismo. Suco supernutritivo para crianas cenoura papaia ma 1 copo de leite desnatado Modo de preparo: cortar os ingredientes em pedacinhos e bater no liquidificador. Dose recomendada: tomar este suco pela manh diariamente. Principais elementos teraputicos Cenoura: contm pr-vitamina A, que ajuda na produo do sangue e evita transtornos de viso. tima para crianas, pois tambm evita a diarria e fortalece os ossos. A ma contm muitos minerais. Papaia: possui ferro, que previne a anemia, comum em crianas e gestantes. A formao das hemcias fica deficiente nas crianas que no ingerem a quantidade adequada de ferro.
  • 110. Fsforo: aumenta a resistncia das crianas, ajudando no raciocnio. considerado a espinha dorsal no processo de energia. Possui tambm clcio, vital para a formao de ossos e dentes. TPM - Tenso Pr-Menstrual A TPM afeta a maioria das mulheres, uma a duas semanas antes do incio da menstruao. Os sintomas so clicas, irritabilidade, sensibilidade nas mamas e insnia, que se devem ao desequilbrio hormonal, nveis excessivos de estrognio e nveis baixos de progesterona. Suco para TPM frmula Prof. Lelington banana nanica 1 copo de gua-de-coco 1 colher de sopa de leite de soja Modo de preparo: bater no liquidificador, tomar duas vezes ao dia. Dose recomendada: tomar trs vezes ao dia, aproximadamente quinze dias antes da menstruao. Suco regulador do ciclo menstrual cenoura 1 talo de agrio 1 copo de gua-de-coco ou gua mineral Modo de preparo: cortar a cenoura em pedaos e bater todos os ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar duas vezes ao dia.
  • 111. Principais elementos teraputicos Banana: ideal para integrar a dieta de mulheres que sofrem da sndrome da tenso pr-menstrual, pois possui vitamina B1 (tiamina), que ajuda a manter normal o funcionamento do sistema nervoso central. Vitamina C (cido ascrbico), que ajuda a aliviar o mal-estar e o inchao dos seios. Coco: possui muitos minerais como o clcio, que ajuda nas elicas, dores nas costas e no nervosismo; potssio, que ajuda na contrao muscular; fsforo, que combate a fadiga magnsio, que combate a depresso e sdio, que ajuda na conduo nervosa, alm de ferro, que produz energia. Suco para clicas menstruais 1 copo de gua 10g de camomila (fazer ch) 5g de anis (erva-doce) 5g de alecrim 1 colher de sopa de leite em p de soja Adoar com mel Modo de preparo: primeiro faa o ch em infuso das sumidades (flores da camomila), do anis e ao alecrim. Abafe por dez minutos. Depois bata com os outros ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: tomar vrias vezes ao dia. Principais elementos teraputicos Camomila: analgsica, por causa do cido saliclico, o mesmo do Melhorai. Possui efeito calmante, usada em pessoas com problemas nervosos.
  • 112. Normaliza o ciclo menstrual das mulheres, alm de acalmar e aliviar a tenso e as elicas menstruais. Anis (erva-doce): regulador das tenses pr-menstruais. Alecrim: combate as clicas menstruais. Soja: contm substncias qumicas chamadas fitoestrognios, com notvel capacidade de imitar o estrognio, hormnio sexual feminino. Alivia as clicas. Viso (Problemas) Os problemas oculares so geralmente sinal precoce de alguma doena em outra parte do corpo, como resfriados, alergias, disfunes na tireide, diabetes, hepatite, clculos biliares, miastenia, tumor etc. A deficincia de vitaminas A e C podem levar a vrios problemas oculares. Suco de laranja com cenoura Suco de 3 laranjas 1 cenoura mdia picada 1 copo de gua Adoante e gelo Modo de preparo: preparar o suco da cenoura processando-o na centrfuga. Extrair o suco das laranjas. Bater os dois sucos no liquidificador e sirva gelado. Suco de cenoura com papaia 1 cenoura mdia
  • 113. 2 copos de leite desnatado papaia Modo de preparo: bater no liquidificador e tomar dois copos ao dia. Principais elementos teraputicos Laranja: elimina o cido rico, combate a priso de ventre e previne o cncer. Vitaminas: A, B e C. Minerais: potssio, iodo, clcio, fsforo, selnio. Cenoura: contm muitos minerais como potssio, clcio, fsforo, ferro, magnsio e silcio, alm de vitaminas do complexo B e C. Sua grande quantidade de betacaroteno (pr-vitamina A) responsvel por proporcionar melhor capacidade visual. Mamo ou papaia: ajuda na digesto (bromelina), atua na gastrite e diabetes. Vitaminas: A, C, B1 e B2. Minerais: ferro, fsforo e clcio. Excelente para a viso, por causa da alta concentrao de betacaroteno. Emagrecimento (obesidade) Como emagrecer e permanecer magro A obesidade provavelmente um dos problemas de sade que mais afetam as pessoas hoje em dia. Ser obeso significa estar no mnimo 20% acima do seu peso normal.
  • 114. As pessoas obesas dificilmente levam uma vida normal. Enfrentam maior risco de morte prematura e de doenas coronrias, hipertenso, derrame cerebral, diabetes, cncer, complicaes as cirurgias, alm de problemas psicolgicos. Para emagrecer necessrio mudar os hbitos alimentares: Coma frutas e hortalias em abundncia. Evite massas, doces, frituras, queijos e leite tipo A. Ingira brcolis, repolho, cenoura, couve, couve-flor, pois tm baixas calorias. Faa, uma vez por semana, refeies s base de frutas e sucos (abacaxi, melo e melancia), no ingerindo qualquer outro alimento. Voc emagrecer um quilo. Comece na segunda-feira; na outra semana, na tera-feira; na outra, na quarta; depois na quinta e sexta-feira. Voc provavelmente perder cinco quilos no ms. Faa do seu almoo a principal refeio, no se alimente aps as 18 horas, a no ser de frutas e lanches leves. Entre as refeies, coma frutas como: abacaxi (1 fatia), pra, banana, mamo (1 fatia) e kiwi. Seus intestinos devem funcionar todos os dias, portanto use muitas fibras, aveia, triguilho etc. Evite ingerir manteiga, leite integral, maionese e frituras. Evite refrigerantes. Prefira gua-de-coco e sucos naturais de frutas sem acar, que fornecem minerais ao organismo. Coma arroz integral, feijo, soja e peixes. Beba 2 copos de gua morna de manh, em jejum. Durante o dia, tome de 6 a 10 copos de gua mineral.
  • 115. Tome ch verde (Tea sinensis), substituindo a gua, ele ajuda a emagrecer. Ch de carqueja e malva-santa (boldo nacional) ajudam tambm a perder peso. Faa caminhadas, ande pelo menos 40 minutos por dia. Lembre-se de que o exerccio a melhor maneira de controlar seu peso e livr-lo da gordura, mantendo uma boa musculatura. Use prato pequeno, podendo repetir; porm, mastigue 15 vezes a cada poro. V ao supermercado de estmago cheio, pois assim voc no comprar guloseimas. Faa massagens duas vezes por semana, com leo de azeite puro, leo vegetal ou vinagre de ma. A massagem ajudar a perder peso, livrando-o da gordura localizada. Use menos de 1.000 calorias dirias. Use adoante de stvia. Os adoantes artificiais, segundo a Sociedade Americana de Cncer, podem ser cancergenos e h estudos que os acusam de aumentar o apetite dos usurios. Se conseguir perder 5 quilos em um ms, voc comear a ter sucesso. Depois de emagrecer, coma frutas que contm pectina. Em muitas pesquisas, descobriu-se que, ao ingerir uma ma ou laranja por dia, 10 a 30 minutos antes das refeies, ocorrer a dissoluo da pectina no organismo, formando uma massa viscosa e gelatinosa, que interferir nos processos de absoro. Assim, ajuda as pessoas a no comerem excessivamente. Mesmo
  • 116. aquelas que j emagreceram devem cuidar para no voltar ao peso antigo, comendo uma ma ou laranja (com a pelezinha branca), antes do almoo e do jantar. Evite beber lquidos durante as refeies. E melhor ingeri-los uma hora antes das refeies. Alm de interferir na digesto, o lquido nas refeies pode colaborar com o aumento de peso, por dilatar o estmago, deixando-o maior. O lanche da manh deve ser bem equilibrado. Por exemplo: aveia, cereais, frutas como ma, banana, pra, abacaxi ou melancia. Faa atividade fsica, exerccios de baixo impacto e longa durao, como andar cerca de uma hora por dia. As refeies no devem ser em meio agitado, mas em local tranqilo e gradual, para que se possa sentir o que est ingerindo. Laxantes e diurticos s devem ser usados prescritos por profissionais de sade. Lembre-se de que as drogas aumentam a eliminao de lipdios, mas apresentam graves efeitos colaterais. O tecido adiposo (gorduroso) contm cerca de 18% de gua e o tecido magro (muscular) cerca de 76%. A ingesto de diurticos e laxantes podem causar perda maior dos lquidos do tecido magro e no do gorduroso, causando desidratao. Excluir da alimentao as massas, pizzas, queijos, acar branco e sobremesas doces. Lembre-se de que a sua imagem importante. Imagine-se olhando no espelho e vendo uma pessoa magra e feliz. Na praia, voc ver que valeu o esforo para emagrecer, e claro, sem perder a disposio e a sade.
  • 117. Suco para combater a obesidade 5g de malva-santa ou boldo nacional 5g de carqueja 1 copo de gua Modo de preparo: fazer o ch por infuso das ervas. Dose recomendada: Tomar quatro copos ao dia. Suco inibidor do apetite ma mdia abacate mdio 1 copo de gua mineral Adoante Modo de preparo: bater todos os ingredientes no liquidificador. Dose recomendada: Tomar meia hora antes das refeies principais. Suco de melo 1 xcara de polpa de melo 250ml de gua Adoante agosto Modo de preparo: Bater tudo no liquidificador e servir gelado. Suco de abacaxi digestivo Tem ao mucoltica e ajuda a emagrecer. abacaxi litro de gua mineral com gs
  • 118. Adoante a gosto Modo de preparo: bater no liquidificador e servir com cubos de gelo. Durante um dia da semana, tome apenas suco de abacaxi e coma sua polpa. Suco de ma 1 ma madura sem casca e sem sementes 3 copos de gua-de-coco 6 folhas de hortela Adicionar adoante a gosto e bater no liquidificador Servir com pedrinhas de gelo Suco de berinjela com laranja 1 copo de suco de laranja 50g de berinjela crua 3 colheres de lecitina de soja granulada Modo de preparar: bater no liquidificador Dose recomendada: tomar de manh e noite. Hibisco com Gengibre 10g de gengibre 10 flores de hibisco 500ml de gua
  • 119. Modo de preparo: ferver o gengibre por dois minutos em 500ml de gua. Coe. Coloque o hibisco numa vasilha e despeje o ch de gengibre sobre os hibiscos. Abafar por 5 minutos. Tomar durante o dia. Pode-se perder at 4kg/ms. Principais elementos teraputicos Malva ou boldo nacional: estimulante da vescula. Por causa da saponina, corrige a m digesto, funcionando como uma espcie de detergente, dividindo a gordura dos alimentos em pequenas partculas. Favorece a eliminao de toxinas e levemente diurtico. Estimula o fgado a metabolizar as gorduras, ajuda tambm o estmago a quebr-las em partculas menores, facilitando a eliminao, evitando que elas fiquem em excesso na circulao e virem reservas adiposas. Carqueja: uma planta nativa que est ao alcance de toda a populao. Desde o tempo da vov, a carqueja tem ocupado um lugar de destaque na farmcia caseira. Como diurtico, pode ajudar nos processos de emagrecimento. Ma: a ma contm substncias qumicas que inibem a fome excessiva, nutrindo o organismo com poucas calorias (49 calorias). Abacate: contm gorduras monoinsaturadas, que geram sensao de saciedade com mais rapidez, retardando a sensao de fome. Melo: timo para regimes de emagrecimento. Refrescante, ajuda a emagrecer. Tem muita vitamina C. Vitaminas: A, C, B. Minerais: potssio, clcio, ferro, fsforo. Abacaxi: altamente digestiva, combate a priso de ventre e antiinflamatria. Vitaminas: A, C e BI. Minerais: potssio, fsforo, selnio, ferro, magnsio, mangans.
  • 120. gua-de-coco: a gua-de-coco um alimento muito saudvel, pouco calrico e remineralizante, muito recomendada tanto em regimes de emagrecimento, como um repositor de minerais, agindo como um soro natural. Gengibre: indicado contra enjos, tanto martimos quanto areos. Sua principal funo no emagrecimento sua ao antidepressiva, que evita o estresse e a ansiedade. Hibisco: suas flores tm a funo de eliminar as gorduras e o excesso de gua do organismo (reteno hdrica). Pela ao do calor, desprende um intenso aroma. Contm um leo essencial de efeito antiespasmdico capaz de relaxar os msculos viscerais. Tem efeito sedativo (calmante) sobre o sistema nervoso central. Suas flores contm cido hibiscico, assim como uma mistura de cido ctrico, tartrico e mlico. Sua cor vermelha confere as seguintes propriedades: digestiva e tonificante. Possui uma ao laxante suave (ao emoliente suavizante) sobre as mucosas do conduto digestivo, por facilitar a funo de evacuao intestinal. Diurticas - as flores do hibisco tm um suave efeito diurtico que ajuda os obesos, principalmente os que tm problemas coronrios. Laranja: possui vitamina C, A e B e os minerais clcio, potssio, fsforo e magnsio. Contm flavonides, substncias capazes de reduzir as chances do colesterol se depositar nos vasos sangneos. Berinjela: contm minerais como potssio, clcio, fsforo, ferro e magnsio, alm das vitaminas A, do complexo B e C. diurtica e ajuda a diminuir as taxas de colesterol LDL ("ruim"). Cimbras ou cibras
  • 121. So contraturas involuntrias dos msculos que se apresentam de forma espontnea ou quando se faz exerccios fsicos vigorosos quase sempre ocorre na panturrilha ou batata da perna. Isto ocorre em conseqncia da falta de irrigao sangnea e ao acmulo de cido ltico no interior dos msculos. E um desequilbrio de clcio e magnsio ou deficincia de vitamina E, potssio. Geralmente ocorre em curto espao de tempo. A m circulao contribui para as cibras nas pernas. A maioria das cibras ocorre noite quando as pessoas esto dormindo. E bastante comum em idosos e em indivduos que sofrem de arteriosclerose e diabetes. O uso de diurticos e o excesso de cafena podem ocasionar cibras e tambm pode estar associado a falta de lquidos, ao desequilbrio dos sais minerais (sdio, clcio e potssio) encontrados em frutas, como a banana, melancia e tambm na gua-de-coco. Suco de Banana com Coco 1 banana batida 1 copo de gua-de-coco. Tomar todos os dias. Suco e Limo Limo: Suco de 1 limo mdio em 200ml de gua. Tomar 3 copos ao dia. gua-de-coco: Ingerir pelo menos 200ml ao dia.
  • 122. Principais elementos teraputicos Banana (Musaparadisaca): contm grande quantidade de potssio. Limo (Citrus limonia): contm limoneno, cumarina, quercetina e vitamina C, antiinflamatria; Coco (Cocos nufera): fonte de minerais, principalmente potssio. a espinha dorsal do processo de produo de energia. Aftas ou lceras aftosas So pequenas elevaes eruptivas na mucosa da boca e da vulva. Este um processo de defesa natural do organismo, o qual impede o surgimento de outras doenas. As aftas tambm podem ocorrer em conseqncia da eliminao de impurezas e do uso contnuo de depurativos. So contagiosas e podem ser causadas por m higiene dos dentes, alergias a chocolates e outros alimentos. Pode estar relacionada a avitaminoses (deficincia de vitaminas), estresse fsico e emocional. Suco de Acerola Fazer suco com 3 frutas em um copo de gua ou suco pronto e tomar 1 copo por dia. Suco de Camu-camu Fazer suco de meia xcara de polpa em 500ml de gua, adoar a gosto. Tomar durante o dia.
  • 123. Principais elementos teraputicos Acerola (Malphigia punicifolia): rica em vitamina C, ajuda a reduzir os nveis de histaminas que circulam no sangue e antiinflamatria. Camu-camu (Myrciaria dbia): tem a maior concentrao de vitamina C do planeta. 2.890mg a 6,100mg de vitamina em 100g. Varredor de radicais livres. Caspa E a descamao do couro cabeludo causado por glndulas sebceas disfuncionais no prprio couro cabeludo, da a formao das escamas esbranquiadas que podem arder e coar. Nos casos adiantados, a caspa torna se gordurosa, recebendo o nome de seborria, que um problema nas glndulas sebceas. A seborria do couro cabeludo propensa a queda de cabelos, levado alopecia e finalmente calvcie. Sucos para uso externo Abacate: uso externo faa massagens no couro cabeludo, com polpa ou leo de abacate. Ajuda a reduzir a oleosidade, dando brilho aos cabelos. Limo: uso externo suco de 2 limes com um copo de gua, fazer frico no couro cabeludo diariamente. Principais elementos teraputicos Abacate (Persea gratsima): contm fitosterol, lecetina, taninos. Tem ao antiinflamatria e anticida. A polpa estimula a produo de estrognio.
  • 124. Limo (Citrus limonia): contm limoneno, cumarina, quercetina e vitamina C, antiinflamatria. Enjos ou Nuseas Os enjos ou nuseas podem ocorrer por motivos diversos seguidos ou no de vmitos. Ocorrem geralmente por movimento de carros, nibus, navios, avies ou trens. Os sintomas do enjo ocorrem quando o movimento excessivo faz com que o aparato vestibular dos ouvidos, olhos e nervos sensoriais envie sinais conflitantes ao crebro, que interpreta erradamente. As causas so diversas: Uso de medicamentos (remdios enjoativos), excesso de alimentos ou alimentos deteriorados, bebidas alcolicas, carnes gordurosas, frutos do mar como camaro, ostras, mexilho, polvo etc. Enxaqueca, gestao, doenas hepticas , gravitao, suor, frio, sonolncia, tontura, vontade de urinar, evacuar e vmitos. O mais comum o enjo de movimento, portanto seguem dicas: Antes da viagem no ingira lquido. Coma pouco, mas somente alimentos slidos. Sente-se na parte da frente do carro, ao lado do motorista. Na parte de trs o enjo mais acentuado. Deixar a janela semi-aberta para que haja ventilao, nos casos de suor frio e palidez. Se os ouvidos tamparem sinal de que o vmito est prximo. Faa movimentos com o maxilar para bloquear o ar dos ouvidos. No navio, no barco ou avio, colocar-se mais prximo ao centro de gravidade do meio de transporte. No olhe para os lados, somente para a frente.
  • 125. No converse, isso piora o quadro. A fumaa de cigarro revolta o estmago. No ler, a leitura embaraa os olhos e piora a vontade de vomitar. Ingira pastilhas de gengibre. O gengibre comprovadamente um remdio contra nuseas e enjos de movimento (terrestre, areo e martimo). gua-de-coco Tomar gua-de-coco antes das viagens, pois remineralizante e hidratante. Se houver vmito, tome para remineralizar. Suco de Limo: 1 limo em 300ml de gua, adoar com stvia ou pura. Tomar antes da viagem. Suco de Laranja: 1 laranja em 300ml de gua, adoar com stvia ou pura. Tomar antes da viagem. Principais elementos teraputicos Coco (Cocus nucifera): possui vitaminas do complexo B e C, alm dos minerais, potssios, fsforo, clcio, magnsio, sdio e ferro. usada em casos de desidratao, enjos e anemia. Limo (Citrus limonia): contm vitamina C, duas vezes mais do que a laranja. Alm das vitaminas do complexo B, rico em minerais como clcio, ferro, magnsio, fsforo, cobre, mangans e zinco. Laranja (Citrus sinensis): possui vitamina A e C, minerais como clcio, potssio, ferro e iodo.
  • 126. Eczema ou desidrose Doena inflamatria, no contagiosa, que se manifesta na superfcie ou profundamente com formao de bolhas. Quanto s partes avermelhadas e pruridas, com descamao e fissuras, a causa exata desconhecida, porm as reaes cutneas podem estar relacionadas a alergias a mofo, alimentos, substncias qumicas dos detergentes, sabes cosmticos, picadas de insetos, reaes a plantas a exemplo do choro, toxidendro, sabugueiro etc. Alm de doenas como nefrite e diabetes. comum manifestar-se nas plantas dos ps, reas interdigitais. O termo bolha reservado para descrever os casos de vesculas pruriginosas de localizao profunda. O estresse pode representar algum papel, j que a desidrose ocorre com maior freqncia em pessoas ansiosas, e a sudorese excessiva pode aumentar o prurido e a sensao de queimaduras. Um dermatologista poder indicar um tratamento adequado. A evoluo esperada benigna, no ficando cicatriz. Vitamina, ch e polpa de Abacate. Externo: Aplicar polpa da fruta diretamente na parte afetada. Interno: Tomar vitamina de abacate em 1 copo de leite. O caroo recm-tirado da fruta pode ser ralado. Fazer um ch por decoco com 300ml de gua. Ferver por 5 minutos e tomar em seguida. Principais elementos teraputicos Abacate (Persea gratssima): contm cido elrgico e antiinflamatrio.
  • 127. Adoantes Como devemos adoar os sucos? Muitos deles j so doces o suficiente, outros no, e precisam ser adoados. A quantidade varia de pessoa para pessoa, porm recomendamos que sejam usados apenas adoantes 100% naturais. No se deve utilizar acar branco refinado, cristal nem adoantes dietticos contendo sacarina, ciclamato ou aspartame. Estudos indicam que estas substncias podem estar relacionadas a diversos tipos de cnceres. Uma tima alternativa para quem precisa restringir as calorias o adoante de stvia, uma erva natural, que pode ser encontrado na verso gotas, p e p para receitas de forno e fogo. Porm, deve-se observar no rtulo se ele realmente 100% natural, no contendo sacarina, aspartame nem ciclamato. Pode-se utilizar tambm o acar mascavo (para quem no precisa fazer restries calricas nem dietticas) ou o mel, que utilizado nas receitas, principalmente para fins medicinais. Assim voc garante que os seus sucos sejam 100% naturais e benficos sua sade. Em muitas das receitas, eu sugeri que fosse utilizada a gua-de-coco, por ser muito rica em minerais e bem pouco calrica. Se voc preferir, pode usar tambm gua, contanto que seja mineral. Existem alguns sucos que podem ser feitos com leite, o que interessante principalmente para crianas, pois ficar mais rico em energia e protenas. Uma boa opo o leite de soja, pois pobre em gorduras, no
  • 128. fermentativo e possui elementos qumicos muito benficos, principalmente sade das mulheres. Principais Minerais Ferro: necessrio para a produo de hemoglobina e evita a anemia. Dose diria recomendada para adultos: 10 a 15mg, para gestantes: 30mg. Clcio: atua na formao dos ossos e dentes, evitando a osteoporose. A dose diria recomendada de 800 a 1.200mg. Fsforo: essencial para melhor raciocnio e transmisso de impulsos nervosos. A dose diria recomendada de 800 a 1.200mg. Potssio: ajuda na contrao muscular, previne cibras e hipertenso. A dose diria recomendada de 1.600 a 2.000mg. Magnsio: til no combate depresso. A dose diria recomendada de 250 a 350mg. Zinco: essencial para o funcionamento da prstata. A dose diria recomendada de 12 a 15mg. Iodo: ajuda nos problemas de tireide, e nos casos de obesidade, pois metaboliza o excesso de gordura. Dose diria recomendada: 175mcg.
  • 129. Cobre: necessrio para a sade do sistema nervoso. A dose diria recomendada est em torno de 1,5 a 3mg. Principais Vitaminas Vitamina A (beta-caroteno): necessria para a boa viso e anticancergena, em virtude do fato de ser um excelente antioxidante. convertida em betacaroteno no organismo. Dosagem diria recomendada: 1.000ER. Vitamina B1 (tiamina): protege contra a sndrome da morte sbita e controla a diabetes. A dose diria recomendada de 1,0 a 1,5mg. Vitamina B2 (riboflavina): essencial para a produo de energia do organismo. Dose diria: 1,2 a 1,7mg. Vitamina B3 (niacina): melhor agente para reduzir o colesterol. Dose diria: 13 a 17mg. Vitamina B5 (cido pantatnico): d energia para a produo de hormnios, ajuda a manter a vitalidade e evita o estresse. A dose diria recomendada de 10mg. Vitamina C (cido ascrbico): varredora de radicais livres. Fortalece o sistema imunolgico. As pessoas que consomem tem menos probabilidades de desenvolver cncer. Dose diria de 60mg. Os fumantes precisam de mais, porque cada cigarro destri 25 a 100mg da vitamina.
  • 130. Vitamina K: previne sangramentos internos, hemorragias. Reduz o fluxo menstrual excessivo e promove coagulao sangnea adequada. As necessidades dirias so satisfeitas pela dieta que fornece apenas 1mcg, sendo o restante fornecido pela sntese bacteriana. Glossrio cido linolico: um dos cidos essenciais Omega-6. cido linolnico: um dos cidos essenciais Omega-3. cido rico: produto final do metabolismo das protenas que contm nitrognio. O acmulo deste cido no organismo causa gota. Alcalides: compostos que contm nitrognio, produzidos principalmente pelas plantas. Empregados para fins medicinais. Amido: carboidrato complexo que a principal molcula de armazenamento de energia das plantas e a maior fonte de carboidratos e energia de nossa dieta. Aminocidos: cidos orgnicos utilizados pelo organismo para produzir as protenas. Nove aminocidos so considerados essenciais. Anticancergenos: compostos que impedem a ao de determinadas substncias causadoras de cncer.
  • 131. Anticorpos: protenas encontradas no soro sangneo ou nos lquidos corporais que tm como finalidade evitar novas invases de microorganismos especficos. Arteriosclerose: esclerose ou endurecimento das paredes arteriais. Bactria: microorganismo unicelular encontrado no ar, nos alimentos, gua, solo e seres vivos. Bactrias parasitanas e patognicas causam doenas. Caloria: unidade de medida do contedo de energia, calor, dos alimentos e das necessidades de energia do organismo. Caroteno: pigmentos amarelos avermelhados que colorem as frutas e os vegetais amarelos, as laranjas, e a maioria das verduras escuras. Esto entre os antioxidantes que protegem contra os efeitos do envelhecimento e das doenas. O organismo humano converte um dos pigmentos (betacaroteno) em vitamina A . Diurticos: elementos que aumentam a quantidade de urina excretada. Enzimas: molculas de protena que agem como catalisadores para as reaes qumicas do organismo. Estrognio: hormnio sexual feminino, produzido em ambos os sexos, mas em maiores quantidades nas mulheres. Estimula as caractersticas sexuais secundrias. Na menopausa a produo de estrognio reduzida.
  • 132. Fibra solvel: digervel pelo trato digestivo. Fitatos: sais de cido ftico, encontrados em cereais e leguminosas que atrapalham a absoro de minerais. Fitoestrognio: substncias qumicas das plantas com efeitos semelhantes aos do hormnio feminino estrognio; encontradas no inhame, na soja, etc. Fitoqumicos: substncias qumicas derivadas das plantas. Folato: vitamina do complexo B tambm conhecida como cido flico. Frutose: acar simples (monossacardeo) encontrado nas frutas. Glicose: acar simples (monossacardeo) convertido diretamente pelo organismo em energia. Os nveis de glicose no sangue so regulados por diversos hormnios, incluindo a insulina. Gorduras monoinsaturadas: gorduras lquidas temperatura ambiente e semi-slidas ou slidas sobre refrigerao. Ela pode evitar o colesterol. Gordura saturada: lipdio com grande quantidade de hidrognio, predominante em produtos de origem animal, e outras gorduras que permanecem slidas temperatura ambiente. O consumo de gordura saturada est relacionado ao risco elevado de doenas coronrias e certos tipos de cncer.
  • 133. Grama (g): unidade de peso do sistema mtrico; 1 grama corresponde a 1000 mg. Hemoglobina: pigmento das clulas vermelhas do sangue responsvel pelo transporte de oxignio. Hormnios: substncias qumicas, secretadas pelas glndulas endcrinas que controlam o funcionamento de todos os rgos e processos do organismo, inclusive o crescimento, desenvolvimento e reproduo. Indis: compostos de nitrognio encontrados nos vegetais. Protege contra certos tipos de cncer por acelerarem a eliminao de estrognio. Lipoprotenas: composto que contm lipdios e protenas e que podem transportar o colesterol na corrente sangnea. So assim classificados: de alta densidade (HDL), de baixa densidade (LDL). Lipoprotenas de baixa densidade: (LDL) lipoprotenas abundantes no organismo, chamadas de ms porque transportam a maior parte do colesterol circulante. Em nveis muito altos podem causar arteriosclerose e doenas do corao. Lipoprotenas de alta densidade: (HDL), as menores e mais densas lipoprotenas, retiram o colesterol dos tecidos e transportam-no para o fgado onde usado para fabricar bile. o chamado "bom colesterol". Metabolismo: todos os processos fsicos e qumicos do organismo, incluindo a converso de alimento em energia.
  • 134. Microgramas (meg): unidade de peso equivalente a 1/1000 miligramas. Neurotransmissores: substncias qumicas que transmitem os impulsos nervosos de uma clula para outra. Oxidao: processo qumico pelo qual o alimento reage com o oxignio para liberar energia. Pectina: fibra solvel que regula a funo intestinal e pode ajudar a reduzir os nveis de colesterol no sangue. Sorbitol: acar natural que funciona como laxante. Vrus: agente de doena infecciosa que se reproduz dentro das clulas vivas do organismos.
  • 135. Bibliografia Antonieta Barreira Cravo. Frutas e ervas que curam. So Paulo: Hemus, 1995 Balch, James F, Phyllis A. Balch. Receitas para a Cura atravs de Nutrientes. Editora Campus, 1996 Barney C. Tradicional Plant Medicines as Tratments for Diabetes Diabetes care, 1989.
  • 136. Bartolomeu Alberto Neves. Frutoterapia: o poder medicinal e nutritivo das frutas. Grfica Falco Ltda. 1998. Earl Mindell. Vitaminas. Editora Melhoramentos1999. Franco, Lelington Lobo. As Incrveis 50 Frutas com Poderes Medicinais. Editora Lobo Franco, 2 edio abril/2002. Franco, Lelington Lobo. As Sensacionais 50 Plantas Medicinais. Editora Lobo Franco 2 volume 1 edio 2001. Guilherme Franco. Tabela de Composio Qumica dos Alimentos. 9 Edio, Editora Atheneu. Heaney. R. Calcium in the Prevention and Treatment of Osteoporosis, Journal of Internal Medicine 1992. Patki, RS. Efficacy of Potassium am Magnesium in Essential Hipertension: A double-blind, Placero-controled, crossover studr. British medical journal 1990. Darlington, L.G.: Dietary for Arthritis nutrition and rheumatic diseases, 1991. Hendler. A Enciclopdia de vitaminas e minerais. Editora Campus 6 Edio 1990.
  • 137. Howe G. Dietary Intake of Fiber and Decrease Risk of Cncer of the Colon and Rectum, Journal of the National Cncer Institute 1992. James e Phyllis Balch. Receitas para a Cura atravs de Nutrientes. Editora Campus - 1996. Jean Carper. Alimentos O melhor remdio para a sade. Editora Campus, 1996. Jean Carper. Pare de Envelhecer Agora. Editora Campus 1 edio 1996. Eneepken, C Apple Juice Fructose, and Chronic Monspe Cificic Journaul of Pediatris - 1984. Malter M, Natural Killer Cells. Vitamins and Other Blood Components of Vegetarian ad Omnivorus Men Nutrition ad Cncer 1989. Reader's Digest. Alimentos Saudveis x Alimentos Perigosos. 1998. Roger Pamplona. Enciclopdia de Las Plantas Medicinales. Editora Safeliz S.L Madrid 1996. Bailey. CJ: Tradicional Plant Medicines as treatment for diabetes diabetes care 1989.
  • 138. Pizler, F: Dietary Factors in the aetiology of gallstones: case control study, 1988. Malter, M: Natural Killer Cells Vitamins, and other Blood components os vegetarian and umnivorouses men nutrition and cancer. 1989.