1 episodio “oi” - .1 episodio “oi” marcela: ^depois do 18 anos achamos que somos á?

Download 1 Episodio “Oi” - .1 Episodio “Oi” Marcela: ^Depois do 18 anos achamos que somos  á?

Post on 02-Dec-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1 Episodio Oi

    Marcela: Depois do 18 anos achamos que somos adultos.Ser? As duvidas de

    adolescente ainda continuam.Agora tenho mais responsabilidades,mas continuo sem saber

    pra onde ir.

    (Marcela procura Caio pelos corredores da faculdade, ela o v sentado no refeitorio)

    Marcela: Oi

    Caio: Oi.Aconteceu alguma coisa? Voc esta com uma cara de preocupada

    Marcela: O PI,ta me tirando do serio

    Caio: Nem me fale.Mas ainda bem que vai ter a competio daqui uns dias

    Marcela: S assim pra gente esfriar um pouco a cabea

    Caio: Vai trabalhar amanha?

    Marcela: Sim, e voc?

    Caio: Sim. Marcela, hoje eu posso dormir na sua casa?

    Marcel: Claro que pode. Seu pai ainda ta de cara fechada com voc?

    Caio: Sim. Ele acha que a dana da competio no e coisa de homem

    Marcela: Aff. Seu pai e ultrapassado hein

    Caio: Tem hora que ele me critica tanto que d vontade de sair de casa

    (Luana passa por eles e da tchau)

    Caio: Olha sua amiga

    Marcela: Voc ta louco? Daquela ali eu quero e distancia. Menina recalcada (ri)

  • Caio: Eu no entendo porque ela gosta de te provocar.

    Marcela: E uma idiota,que se acha superior

    Caio: Mudando de assunto...E aquela pessoa no ligou mais

    Marcela: Quem? (fingindo no saber)

    Caio: O seu ex-noivo, o Pablo

    Marcela: Graas que no. Eu quero e esquecer.

    Caio: Eu acho que voc deveria arrumar outro namorado

    Marcela: (da um tapinha nele) Eu jamais vou amar outra pessoa

    (Bruno chega perto deles)

    Bruno: Oi gente vocs viram a reitora Maite por ai?

    Caio: Ela acabou de passar, eu acho que ela esta na cozinha (aponta pro lado da

    cozinha)

    Bruno: Obrigado (e sai)

    Marcela: (fica olhando pra bruno) De nada

    Caio: (percebe e comea a rir)

    Marcela: O que foi?

    Caio: Nada.

    Marcela: Te conheo senhor Caio.Fala logo

    Caio: E que voc ficou olhando pra ele,com jeito de interresada

    Marcela: (ri) Eu achei ele bonito.S ta.

    Caio: Eu falei nada

    Marcela: Daqui a pouco voc comea a pensar que j to apaixonada,vou casar,ter 2

    filhos e um cachorro chamado Rex

  • (os dois ri)

    Caio: Eu jamais ia pensar isso(se levanta e abraa ela) Voc tem que se apaixonar,para

    de ficar se fechando pro mundo

    (Fernando se aproxima)

    Fernando: Boa noite.Vo querer alguma coisa?Oi Marcela

    Marcela: Oi Fernando. Voltou das frias?

    Fernando: Sim, voltei hoje de manha

    Marcela: Eu vou querer um suco

    Caio: Eu quero um misto quente

    Fernando: Eu j volto (sorri e sai)

    Caio: Voc j percebeu que o Fernando tem uma quedinha por voc?

    Marcela: Hoje voc acha que todo mundo ta apaixonado, interessado em algum

    (sorri) eu hein

    Caio: Ta bom, mas ele e interresado em voc.Ele e bem...

    Marcela: Bem... o que?

    Caio: Bem... Legal

    Marcela: E voc j viu algum bonito da sua sala?

    Caio: Pior que no. S tem gente feia naquele lugar, sou eu que to brilho naquele lugar

    (ri)

    Marcela: Ta bom. (ri) Voc conhece aquele carinha que eu achei bonito somente?

    Caio: Sim. Ele e o Bruno. Estuda engenharia, divide apartamento com um amigo,

    solteiro...

    (Sabrina liga para Henrique)

    Sabrina: Amor, voc arruma o jantar pra mim?

  • Henrique: Eu no. J comi um sanduche.

    Sabrina: Mas eu vou chegar com fome

    Henrique: Se vira. No mandei ningum ir estudar (desliga o celular)

    Sabrina: (joga o celular na bolsa e comea a chorar) To cansada de tudo.

    Mike: (v ela chorando e vai ate ela) Oi Sabrina,tudo bem?

    Sabrina: sim

    Mike: Tem certeza?Pode desabafar comigo, eu sou seu amigo

    Sabrina: Tenho tantos problemas,que e perigoso voc sair assustado

    Mike: Se eu te contar os meus,voc vai chorar de d de mi (ri)

    Sabrina: (sorri)

    (Luana e flora esto sentadas no corredor)

    Luana: Eu ainda vou fazer alguma coisa pra acabar com o dia da marcela.No sei o que

    e ainda.Preciso pensar

    Flora: Relaxa Luana.Deixa o esprito da natureza entrar em seu karma

    Luana:Que karma.Florzitinha,eu preciso de ao.

    Flora: E o Edgar?Voc falou com ele de novo?

    Luana: Eu no. No quero ver ele nem pintado de ouro cintilante na minha frente

    flora: Ate agora no entendo porque voc se separou dele

    Luana: A gente separou s isso. Sabe o passado?Ele ficou l,e melhor ficar pra sempre

    (irritada)

    Flora: Ta bom,no toco mais nesse assunto.Respira,deixa assim as cores do universo...

    (Luana interrompe flora)

    Luana: E isso,porque no lembrei antes.Te amo flora. (beija o rosto dela e sai) E como

    eu sempre digo faa, depois pensa

  • Flora: Voc no vai fazer o que eu estou pensando? (sai correndo atrs)

    (Edgar chega ao refeitrio e pede uma gua)

    Tais:Oi Edgarzinho.tudo bem?

    Edgar: Oi, sim e voc? (assustado)

    Tais: Tudo timo.Ta afim de ir pros tuts-tuts-tuts comigo hoje?

    Edgar: No obrigado. Preciso estudar pra PI. Quem sabe outro dia

    Tais: Ahh. Que pena gato. Hoje eu queria me esbaldar na pista. Ta ligado?

    Edgar: Ahh entendi. (pega a garrafa e sai) Obrigado

    Tais: Porque essa presa?No entendi (pega a bandeja e se olha) Bandeja do meu

    corao, porque o Edgar foge de mim? No comeo ele ate tinha um interrese em mim, mas

    depois daquelas coisas ele corre.

    (Fernando v)

    Fernando: Voc ta bem Tais?

    Tais: (assustada) Sim

    Fernando: Mas voc ta conversando com uma bandeja

    Tais: que os objetos so como as flores, eles tambm entendem a gente. Vai, vai l

    cuidar do misto que j deve estar queimando

    (Edgar anda rpido pelo corredor e esbarra em bruno)

    Edgar: Desculpa cara

    Bruno: O que foi?Porque essa presa?Parece que viu um fantasma

    Edgar: Pior. A Tais ta diferente de novo, e deu em cima de mim

    Bruno: Mas ela mudou de novo? (comeam andar pelo corredor)

  • Edgar: Sim,ta falando grias,querendo se esbaldar na festa...

    Bruno: Ixi.A ultima doidura dela foi quando virou passista de samba e veio quase

    pelada pra faculdade (ri)

    Edgar:Ate hoje eu no entendi porque ela vive mudando de estilo

    Bruno:Eu tenho certeza que ela tem algum transtorno psicolgico.No e normal quase

    todo dia mudar de personalidade

    Edgar: E algo que no quero saber

    Bruno: (o celular toca) Minha me.Depois eu vou pra sala,beleza?

    Edgar: Beleza (sai)

    bruno: Oi me. Ta tudo bem, e vocs? E que eu to atolado nos livros, estudando pro PI.

    Ta eu sei. Fica tranqila, eu to comendo certinho. Claro que no, n. Pra voc tambm. To com

    saudades. S no final do ano eu vou. Ta bom, tchau

    Mike: Quando a gente mora sozinho,ou divide o apartamento com um amigo,voc

    comea a ter responsabilidades cada vez maiores.As vezes da saudade da nossa casa,mas e

    preciso amadurecer. preciso correr atrs dos sonhos nem que esteja a quilmetros de

    distancia

    (Mike se senta em um banco e comea a ler)

    (Caio e ele trocam olhares)

    Caio: Me sinto como um pssaro querendo voar.Quero ser eu mesmo sem ser

    julgado,sem ficar se escondendo.Queria abrir minhas asas e voar

    (Renata se senta junto de Marcela e Caio)

    Renata: Oi gente

    Marcela: Oi

    Caio: Oi Renata

    Renata: Ansiosos pra competio?

    Marcela: Muito (ri)

  • Caio: Renata eu no te perguntei na sala isso,porque no deu tempo.Mas a reitora j

    viu esse sua saia?

    Renata: Ainda no (ri)

    Marcela: S voc mesmo (ri)

    Renata: Tem nada a ver.Ela tem inveja das minhas roupas,eu sei (ri)

    Caio: Deve ser (ri)

    (Renata se levanta)

    Renata: Ela e louca pra ter um corpo esbelti como esse,e usar essas roupas

    magnficas.Ela se finge de conservadora,mas em baile funk ela vai ate o cho (ri)

    (Fernando chega)

    Fernando:Demorou um pouquinho,desculpa.Oi Renata

    Renata: Oi Fernando.andou sumido

    Fernando: Estava de frias.Vai querer alguma coisa?

    Renata: No obrigada.To de dieta

    (Fernando fica olhando pra Marcela) (Marcela percebe e sorri) (Fernando sai)

    Renata: Que homem (se abana)

    Caio: (ri) Calma Renata

    Marcela: (ri) Pois e

    Caio: Renata,voc no acha que o Fernando tem uma quedinha pela Marcela?

    Renata: Eu percebi o jeito dele olhar pra voc

    Marcela: Ai gente para

    Renata: Aproveita. No e todo dia que tem picanha no mercado. Uma mordidinha no

    faz mal (ri)

    (eles riem,se levantam e saem)

  • (Fbio entra na sala de Maite)

    Maite: (assustada) O que e isso rapaz? Isso no e jeito de se entra na minha sala

    Fbio: Voc disse que ia abrir as vagas para bolsa,mas ate agora tem nada

    Maite: Eu tenho que arrumar as papeladas ainda,o