1 Aula 6– Fluxo de Caixa GESTÃO FINANCEIRA 1 Prof. CARLOS EDUARDO MARINHO DINIZ.

Download 1 Aula 6– Fluxo de Caixa GESTÃO FINANCEIRA 1 Prof. CARLOS EDUARDO MARINHO DINIZ.

Post on 22-Apr-2015

105 views

Category:

Documents

2 download

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • 1 Aula 6 Fluxo de Caixa GESTO FINANCEIRA 1 Prof. CARLOS EDUARDO MARINHO DINIZ
  • Slide 2
  • 2 Fluxos de Caixa Instrumento que possibilita o planejamento e o controle dos recursos financeiros de uma empresa Relaciona ingressos e desembolsos de recursos monetrios num determinado intervalo de tempo Com o fluxo de caixa possvel prever eventuais excedentes ou escassez de caixa
  • Slide 3
  • 3 Fluxos de Caixa - Abrangncia Por no incorporar um retorno operacional o saldo do fluxo de caixa deve ser o mais baixo possvel Dilema Risco x Retorno Comprometimento de todos os setores da empresa
  • Slide 4
  • 4 Ad m Cap Gir o
  • Slide 5
  • 5 Origens e aplicaes de caixa
  • Slide 6
  • 6 Apurao do Fluxo de Caixa por Balanos Consecutivos
  • Slide 7
  • 7 A. Origens de Recursos Proveniente de Fornecedores600.000 Emprstimos Bancrios1.200.000 Proviso para IR400.000 Financiam. Longo Prazo645.000 Patrimnio Lquido1.650.000 Total4.495.000 B. Aplicaes de Recursos Aplicados em Valores a Receber2.800.000 Estoques45.000 Imobilizado1.695.000 Total4.540.000 Variao nas Disponibilidades (A-B)(45.000)
  • Slide 8
  • 8 Fornecedores em 31/12/x7 $1.800.000 em 31/12/x6 $1.200.000 Variao de Fornecedores $1.800.000 - $1.200.000 = $600.000
  • Slide 9
  • 9 Emprstimos Bancrios em 31/12/x7 $3.000.000 em 31/12/x6 $1.800.000 Variao de Emprstimos $3.000.000 - $1.800.000 = $1.200.000
  • Slide 10
  • 10 Proviso de IR em 31/12/x7 $600.000 em 31/12/x6 $200.000 Variao de Proviso de IR $600.000 - $200.000 = $400.000
  • Slide 11
  • 11 Financiamentos de Longo Prazo em 31/12/x7 $1.965.000 em 31/12/x6 $1.320.000 Variao de Financiamentos $1.965.000 - $1.320.000 = $645.000
  • Slide 12
  • 12 Patrimnio Lquido em 31/12/x7 $5.850.000 em 31/12/x6 $4.200.000 Variao de Patrimnio Lquido $5.850.000 - $4.200.000 = $1.650.000
  • Slide 13
  • 13 Valores a Receber em 31/12/x7 $6.300.000 em 31/12/x6 $3.500.000 Variao de Valores a Receber $6.300.000 - $3.500.000 = $2.800.000
  • Slide 14
  • 14 Estoques em 31/12/x7 $2.625.000 em 31/12/x6 $2.580.000 Variao de Estoques $2.625.000 - $2.580.000 = $45.000
  • Slide 15
  • 15 Imobilizado em 31/12/x7 $3.615.000 em 31/12/x6 $1.920.000 Variao de Imobilizado $3.615.000 - $1.920.000 = $1.695.000
  • Slide 16
  • 16 Demonstrao do Resultado
  • Slide 17
  • 17 Outras Informaes Imobilizado Saldo Inicial2.400.000 Aquisies no Exerccio2.160.000 Saldo em 31/12/x74.560.000 Financiamentos de Longo Prazo Saldo Inicial1.320.000 Novos Financiamentos645.000 Saldo em 31/12/x71.965.000
  • Slide 18
  • 18 Patrimnio Lquido PL em 31/12/X6$4.200.000 Aumento de Capital$ 720.000 Lucro Lquido em X7$ 900.000 PL em 31/12/X7$5.850.000
  • Slide 19
  • 19 Origens e Aplicaes ORIGENS Lucro Lquido900.000 Depreciao465.000 Fluxo de Caixa Prov. Operaes1.365.000 Aumento Passivo e PL Fornecedores600.000 Emprstimos de Curto Prazo1.200.000 Proviso de IR400.000 Financiamentos de LP Contrados645.000 Aumento de Capital750.000 TOTAL DAS ORIGENS4.960.000 APLICAES Aumento no Ativo Aquisio de Imobilizado2.160.000 Estoques45.000 Valores a Receber2.800.000 TOTAL DAS APLICAES5.005.000 VARIAO LQUIDA(45.000)
  • Slide 20
  • 20 Fluxo de Caixa Efetivo Vendas Recebidas17.400.000 (-)Pagamento a Fornecedores(11.445.000) (-)Pagamento de Desp. Operacionais e Financeiras(6.235.000) (-)Pagamento de Imposto de Renda(200.000) Fluxo de Caixa Proveniente das Operaes(480.000) Emprstimos Bancrios de Curto Prazo1.200.000 Financiamentos de Longo Prazo Contrados645.000 Aumento de Capital750.000 TOTAL DAS ORIGENS2.115.000 Aquisies de Imobilizado2.160.000 TOTAL DAS APLICAOES2.160.000 Variaes nas Disponibilidades(45.000)
  • Slide 21
  • 21 Vendas Recebidas Receita de Vendas $20.200.000 Valores a Receber Inicial = $3.500.000 Final = $6.300.000 Variao =($2.800.000) Vendas Efetivamente Recebidas 20.200.000 - 2.800.000 = $17.400.000
  • Slide 22
  • 22 Pagamento de Fornecedores Saldo Inicial Fornecedores (31/12/x6) = 1.200.000 + Aumento de Estoques no Perodo= 45.000 + Custo dos Produtos Vendidos= 12.000.000 -Saldo Final Fornecedores (31/12/x7)= (1.800.000) = Fornecedores Efetivamente Pagos= 11.445.000
  • Slide 23
  • 23 Pagamento de Despesas Admite que as despesas operacionais e financeiras foram efetivamente pagas no exerccio: Despesas com Vendas=2.500.000 Despesas Administrativas=2.950.000 Despesas Financeiras= 785.000 Despesas Efetivamente Pagas=6.235.000
  • Slide 24
  • 24 Pagamento de Imposto de Renda Como prtica adotada, considera-se que o Imposto de Renda de competncia de X7 pago somente no exerccio seguinte. Desta forma, em X7 foi pago o IR provisionado no exerccio anterior, no valor de $200.000
  • Slide 25
  • 25 Emprstimos Bancrios em 31/12/x7 $3.000.000 em 31/12/x6 $1.800.000 Variao de Emprstimos $3.000.000 - $1.800.000 = $1.200.000
  • Slide 26
  • 26 Outras Informaes Imobilizado Saldo Inicial2.400.000 Aquisies no Exerccio2.160.000 Saldo em 31/12/x74.560.000 Financiamentos de Longo Prazo Saldo Inicial1.320.000 Novos Financiamentos645.000 Saldo em 31/12/x71.965.000
  • Slide 27
  • 27 Patrimnio Lquido PL em 31/12/X6$4.200.000 Aumento de Capital$ 720.000 Lucro Lquido em X7$ 900.000 PL em 31/12/X7$5.850.000
  • Slide 28
  • 28 Demonstrao de Origens e Aplicaes de Recursos ORIGENS Fluxo de Caixa das Operaes1.365.000 Financiamento Contrados645.000 Aumento de Capital750.000 Total2.760.000 APLICAES Aquisies de Imobilizado2.160.000 Total2.160.000 Aumento do CCL600.000 31/12/x731/12/x6Variao Ativo Circulante9.600.000 6.800.000 2.800.000 Passivo Circulante5.400.000 3.200.000 2.200.000 Capital Circulante Lquido4.200.000 3.600.000 600.000
  • Slide 29
  • 29 Fluxo de Caixa Proveniente das Operaes Lucro Lquido$ 900.000 Depreciao$ 465.000 = FC das Operaes$1.365.000
  • Slide 30
  • 30 Outras Informaes Imobilizado Saldo Inicial2.400.000 Aquisies no Exerccio2.160.000 Saldo em 31/12/x74.560.000 Financiamentos de Longo Prazo Saldo Inicial1.320.000 Novos Financiamentos645.000 Saldo em 31/12/x71.965.000
  • Slide 31
  • 31 Patrimnio Lquido PL em 31/12/X6$4.200.000 Aumento de Capital$ 720.000 Lucro Lquido em X7$ 900.000 PL em 31/12/X7$5.850.000
  • Slide 32
  • 32 Fluxo de Caixa Operacional A identidade bsica de clculo desenvolvida da seguinte forma: Lucro Operacional -IR sobre Lucro Operacional -/+ Despesas/Receitas Operacionais que no envolvem Recursos = Fluxo de Caixa Operacional
  • Slide 33
  • 33 FC Operacional da Cia Flow Lucro Operacional Antes de IR2.285.000 IR sobre o Lucro Gerado Pelos Ativos(914.000) Lucro Operacional Aps IR1.371.000 Despesas Financeiras Reais(785.000) Economia de IR = 40% x 785.000314.000 (471.000) Lucro Lquido900.000 Admitindo a realizao plena dos resultados operacionais: Lucro Operacional Antes de IR2.285.000 Despesa de Depreciao465.000 Fluxo de Caixa Operacional Antes do IR2.750.000 IR sobre Lucro Gerado pelos Ativos(914.000) Fluxo de Caixa Operacional Aps o IR1.836.000
  • Slide 34
  • 34 FC Operacional da Cia Flow Adotando os valores efetivamente pagos e recebidos no exerccio: Vendas Recebidas17.400.000 Pagamento a Fornecedores(11.445.000) Pagamento de Despesas com Vendas(2.500.000) Pagamento de Despesas Administrativas(2.950.000) Pagamento do IR do exerccio de X6(200.000) Fluxo de Caixa Operacional Efetivo305.000
  • Slide 35
  • 35 Fluxo de Caixa e Amortizao de Passivo possvel determinar os valores mximos suportveis de amortizao de dvidas pela gerao interna de caixa da empresa Desse modo, pode-se adequar o perfil da dvida com a capacidade de gerao de caixa
  • Slide 36
  • 36 Fluxo de Caixa e Amortizao de Passivo - Exemplo Informaes: Lucro Operacional Antes de IR = $160.000 Ativo Total = $370.000 Alquota de IR= 40% Depreciao= $ 30.000 Custo de Captao= 15% Fluxo de Caixa Operacional 160.000 40% x 160.000 + 30.000 = $126.000
  • Slide 37
  • 37 Fluxo de Caixa e Amortizao de Passivo - Exemplo Admitindo um prazo de amortizao de um ano, o valor mximo do emprstimo que a empresa pode saldar com o fluxo de caixa das operaes dado por: Recursos Gerados $126.000 Encargos Financeiros= 15%x(126000/1,09) ($17.339) Reduo do IR = 40% x 17339 $ 6.935 Amortizao do Principal = 126000/1,09 ($115.596) Resultado0
  • Slide 38
  • 38 Fluxo de Caixa Incremental Utilizado em decises que levam em conta somente os valores que sero afetados pela deciso tomada Sem Invest.Com Invest. Ano 1 a 3Ano 4 a 7 Receitas Operacionais13.600 17.680 24.480 Custos e Despesas(5.440) (6.800) (8.840) Depreciao(1.360) (1.632) (2.040) Lucro Operacional6.800 9.248 13.600 Despesas Financeiras(2.720) (3.128) (3.400) Lucro Antes do IR4.080 6.120 10.200 Imposto de Renda (40%)(1.632) (2.448) (4.080) Lucro Lquido2.448 3.672 6.120
  • Slide 39
  • 39 Fluxo de Caixa Incremental =9.248-6.800 =13.600-6.800 40%xLucro Operacional
  • Slide 40
  • 40 Fluxo de Caixa Residual Medida de disponibilidades lquidas exclusivas dos proprietrios
  • Slide 41
  • 41 FLUXO DE CAIXA O PROCESSO DECISRIO DE ORAMENTO DE CAPITAL processo de avaliao e seleo de investimentos a longo prazo que consistente com a meta da empresa de maximizao da riqueza dos proprietrios; Motivaes para o dispndio de capital Dispndio de capital Dispndio operacional Etapas no processo Gerao da proposta Discusso e anlise Tomada de deciso Implementao Acompanhamento
  • Slide 42
  • 42 Terminologia Bsica Projetos independentes X mutuamente excludentes Fundos ilimitados X racionamento de capital Abordagem aceitar-rejeitar X de hierarquizao Padres de fluxo de caixa convencional X no-convencional Anuidade X srie mista de fluxos de caixa FLUXO DE CAIXA
  • Slide 43
  • 43 FLUXO DE CAIXA OS FLUXOS DE CAIXA RELEVANTES Fluxos de sada de caixa incrementais aps o imposto de renda e fluxos de entrada subseqentes. Componentes importantes de fluxo de caixa Investimento inicial Fluxos de entrada de caixa operacionais Fluxo de caixa residual Fluxos de caixa de expanso X de substituio Custos incorridos e custos de oportunidade Oramento de capital internacional e investimentos a longo prazo
  • Slide 44
  • 44 FLUXO DE CAIXA ENCONTRANDO O INVESTIMENTO INICIAL Custo do novo ativo instalado Resultados aps o imposto de renda da venda do ativo velho Variao no capital circulante lquido Calculando o investimento inicial
  • Slide 45
  • 45 O FORMATO BSICO PARA SE DETERMINAR O INVESTIMENTO INICIAL Custo do novo ativo instalado = custo do novo ativo + custos de instalao - Resultados aps o imposto de renda da venda do ativo velho = resultados da venda do ativo velho +/- imposto de renda sobre a venda do ativo velho = + Variao no capital circulante lquido INVESTIMENTO INICIAL FLUXO DE CAIXA
  • Slide 46
  • 46 FLUXO DE CAIXA ENCONTRANDO OS FLUXOS DE ENTRADA DE CAIXA OPERACIONAIS Fluxos de entrada de caixa incrementais aps o imposto de renda. Interpretando o termo aps o imposto de renda Interpretando o termo fluxos de entrada de caixa Interpretando o termo incremental
  • Slide 47
  • 47 CLCULO DO FLUXO DE ENTRADA DE CAIXA OPERACIONAL USANDO O FORMATO DA DEMONSTRAO DE RESULTADOS Receita - Despesas (excluindo depreciao) Lucro antes da depreciao e imposto de renda - Depreciao Lucro lquido antes do imposto de renda - Imposto de renda Lucro lquido aps o imposto de renda + Depreciao FLUXO DE ENTRADA DE CAIXA OPERACIONAL FLUXO DE CAIXA
  • Slide 48
  • 48 ENCONTRANDO O FLUXO DE CAIXA RESIDUAL Resultados da venda de ativos Imposto sobre a venda de ativos Variao no capital circulante lquido O FORMATO BSICO PARA SE DETERMINAR O FLUXO DE CAIXA RESIDUAL Resultado aps o imposto de renda da venda de um novo ativo = Resultados sobre a venda de um novo ativo + Impostos sobre a venda de um novo ativo - Resultados aps o imposto de renda da venda de um ativo velho = Resultados da venda de um ativo velho + Impostos sobre a venda de um ativo velho = + Variao no capital circulante lquido FLUXO DE CAIXA INCREMENTAL FLUXO DE CAIXA
  • Slide 49
  • 49 REFERNCIAS GITMAN, Lawrence J. Princpios de Administrao Financeira. So Paulo, Harbra, 1997. ASAF NETO, Alexandre; SILVA, Csar Augusto Tibrcio. Administrao de capital de giro. So Paulo: Atlas, 1997. HOJI,Massakasu. Administrao Financeira uma abordagem prtica.So Paulo.Atlas.3ed.2001. WESTON, J. Fred & BRIGHAM, Eugene F. Fundamentos da Administrao Financeira. So Paulo, Editora Makron Books, 2000.

Recommended

View more >