1 ano-quimica-introducao-a-quimica

Download 1 ano-quimica-introducao-a-quimica

Post on 15-Aug-2015

24 views

Category:

Education

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<ol><li> 1. Neurange Qumica Disciplina:Qumica Professora: Neurange Srie: 1 Ano CINCIA DAS TRANSFORMAES HISTRICO DA QUMICA HOMEM PRE-HISTRICO IDADE DOS METAIS TEORIA DOS QUATRO ELEMENTOS: ARISTTELES </li><li> 2. HISTRICO DA QUMICA ALQUIMISTAS LAVOISIER (O PAI DA QUIMICA)ROBERT BOYLE PARACELSO (IATROQUMICA) A QUMICA COMO MELHORIA DE QUALIDADE DE VIDA Agricultura Alimentos Meios de transportes Tecnologia Sade A M UTILIZAO E INTERPRETAO DA QUMICA </li><li> 3. A QUMICA NO NOSSO DIA-A-DIA Qumica Cincia que estuda a matria, suas transformaes e as energias que acompanham essas transformaes. Tudo que possui massa e ocupa lugar no espao (apresenta volume). Matria: Poro limitada da matria que pelo seu formato se dedica a um determinado fim. Matria Corpo Objeto Poro limitada da matria.CORPO: OBJETO: </li><li> 4. PROPRIEDADES DA MATRIA GERAIS FUNCIONAIS ESPECFICAS ORGANOLPTICAS QUMICAS FSICAS PROPRIEDADES DA MATRIA O conhecimento das propriedades da matria de fundamental importncia, pois permite seu uso adequado e a identificao e distino de diferentes tipos de materiais. Propriedades Gerais: so comuns a todo e qualquer tipo de matria. So elas: Massa: quantidade de matria Extenso (volume): ocupar lugar no espao. Impenetrabilidade: dois corpos no podem ao mesmo tempo ocupar o mesmo lugar no espao. Divisibilidade: a matria pode ser dividida at um certo limite, sem alterar sua constituio. Compressibilidade: a propriedade que a matria apresenta de poder ter seu volume reduzido sob a ao de foras externas. Elasticidade: a propriedade que a matria apresenta de voltar a forma e o volume primitivo to logo cesse a causa que a deformou. Inrcia: os materiais tendem a se manter como esto, isto , em repouso ou em movimento, at que uma fora atue sobre eles modificando a situao original. Acidez: encontrada no vinagre devido ao cido actico, no limo devido ao cido ctrico, nos refrigerantes de cola devido ao cido fosfrico. Basicidade: encontrado em produtos para desentupir pias devido ao hidrxido de sdio, no leite de magnsia (laxante e anti-cido) devido ao hidrxido de magnsio, na cal extinta (usada em argamassa) devido ao hidrxido de clcio. Salinidade: presente no sal de cozinha devido ao cloreto de sdio, na dinamite devido ao nitrato de potssio, nos fermentos devido ao bicarbonato de sdio. so aquelas apresentadas por determinados grupos de materiais, identificados por desempenharem alguma funo em comum. Exemplos: Propriedades Funcionais: Propriedades Especficas: so caractersticas prprias de cada tipo de matria. So divididas em : organolpticas, qumicas e fsicas. Propriedades Organolpticas: so aquelas que impressionam pelo menos um dos nossos cinco sentidos. Exemplo: cor, sabor, odor, brilho, textura. </li><li> 5. Propriedades Qumicas: esto relacionadas com o tipo de reao qumica (fenmeno qumico) que cada tipo de matria pode sofrer. Exemplo: O ferro enferruja, o ouro no. O papel queima (combusto), a gua no. O leite, sob a ao de microorganismos azeda, o papel no. Propriedades Fsicas: Esto relacionados aos fenmenos fsicos. So certos valores obtidos experimentalmente mediante o comportamento de materiais especficos quando submetidos a determinadas condies de temperatura e presso. So utilizadas na distino dos materiais. Exemplos: Temperatura de fuso ou ponto de fuso (PF): a temperatura que permanece constante enquanto estiver ocorrendo a fuso (slido lquido). Temperatura de ebulio ou ponto de ebulio (PE): a temperatura que permanece constante enquanto estiver ocorrendo a ebulio (lquido gasoso). Exemplo: gua pura (ao nvel do mar): P.F. = 0C P.F. = 100C O conceito de densidade importante para se entender o fenmeno da flutuao: Mesmo volume: Mesma massa: ___d = m v a relao entre a massa de um material e o volume ocupado por essa massa a uma dada temperatura. dAl = 2,7 g/cm3 ___d = m v Cada 1cm3 de alumnio tem massa 2,7g dH O2 = 1g/cm3 constante ___d = m v constante Densidade: Exemplos: Cada 1cm3 de hidrognio tem massa 1g a maior massa do material (soluto) que podemos dissolver em dada quantidade de um lquido (solvente), a uma dada temperatura. Exemplo: Podemos dissolver, no mximo, 365g de sal comum em 1 litro de gua a 20C. Solubilidade: a quantidade de calor necessria para aumentar em 1C a temperatura de 1g do material. Exemplo: calor especfico da gua: 1cal/g C Calor Especfico: Resistncia ao risco Exemplo: o diamante a substncia de maior dureza na natureza. Dureza: </li></ol>