05 - bombeio centrífugo submerso - bcs

Download 05 - Bombeio Centrífugo Submerso - BCS

Post on 14-Aug-2015

483 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Bombeio Centrfugo Submerso - BCS

Bombeio Centrfugo Submerso - BCS Energia transmitida ao fundo do poo por cabos eltricos Energia transformada por motor de subsuperfcie Motor conectado a uma bomba centrfuga Bomba transmite energia ao fluido na forma de presso e o fluido elevado Indicado para altas vazes, acima de 200 bpd Mtodo de elevao para poos: Com alto teor de gua E baixa RGO

Atualmente so produzidos poos com: Alta viscosidade Alta temperatura

Estudos sendo realizados para aplicao em poos com alta RGO

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSVantagens So utilizados em poos de mar e terrestres Apresentam pouco ou nenhum barulho Ocupam pouco espao Desvantagens No aplicvel para elevao de leos muito viscosos Exige maiores investimentos iniciais Necessitam de um farto suprimento de energia eltrica O conjunto motor-bomba opera em um range restrito de vazes, o que no proporciona grandes flexibilidades No so utilizados em pequenos reservatrios cujas vazes caem rapidamente.

Bombeio Centrfugo Submerso - BCS Princpios Tericos do Mtodo

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSPrincpio terico do mtodo Objetivo de suplementar a energia do reservatrio para obter a vazo desejada Determinao do diferencial de presso fornecido pela bomba ao fluido e posio de seu assentamento:

1) Traar curva de IPR do poo 2) Determinar atravs da curva de IPR e da vazo desejada, a presso de fundo do poo (Pw) 3) A partir da presso de fundo de poo, traar a curva de gradiente de presso no anular 4) A partir da presso de fluxo na cabea do poo (Pwh) e da vazo desejada (q), traar a curva de gradiente dinmico na coluna de produo do poo 5) Determinar a profundidade da bomba de acordo com a submergncia da mesma 6) Determinar o diferencial de presso dado pela bomba, corresponde a diferena entre a presso na coluna de produo e no anular

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSEquipamentos de subsuperfcie Os principais equipamentos de subsuperfcie de um poo equipado com BCS so: Bomba Admisso da Bomba Protetor Motor eltrico Cabo eltrico

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSBomba Bomba centrfuga de mltiplos estgios Cada estgio composto de um impelidor e um difusor Impelidor preso ao eixo do motor e gira a 3500 rpm Com o giro o impelidor transfere energia cintica ao fluido O difusor imediatamente acima do impelidor redireciona e reduz a velocidade do fluido transformando a energia cintica em presso Mesmo processo ocorre no estgio seguinte Formato e tamanho do difusor e do impelidor determinam a vazo Nmero de estgios determina a o head da bomba (indiretamente a presso) Existem bombas de vazo de 20 a 10.000 m3/d e elevao de at5.000m A escolha da bomba a ser instalada depende de: Dimetro externo da bomba, compatvel com o revestimento de produo Vazo desejada deve estar na faixa recomendada pelo fabricante Nmero de estgios calculado atravs da curva da bomba

Bombeio Centrfugo Submerso - BCS

Curva de performance de uma bomba BCS Estgio de uma bomba de mltiplos estgios

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSAdmisso da bomba (intake) Fica na parte inferior da bomba e alimenta o primeiro estgio Pode ser simples ou separador de gs Separador de gs pode ser estacionrio (baixas vazes) ou centrfugo (altas vazes) Motor eltrico Trifsico, dipolo, de induo Velocidade constante de 3500 rpm a uma frequncia de 60 Hz Possui um eixo nico que se conecta ao eixo do protetor, admisso da bomba e aos impelidores Projetados para trabalhar em contato com os fluidos produzidos, a altas presses e temperaturas Cheios de leo especial de origem mineral

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSSeparador Centrfugo

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSProtetor Instalado entre o motor e admisso da bomba, possui as seguintes funes Conectar a carcaa do motor a carcaa da bomba, assim como o eixo do motor ao eixo da bomba Evitar a entrada de fluido no motor Equalizar as presses do motor e da bomba Permitir dilatao do leo isolante do motor Absorver esforos axiais transmitidos da bomba para o motor

Cabo eltrico Transmitir energia da superfcie at o motor Cabo trifsico de cobre ou alumnio Dimensionado pela corrente do motor, temperatura de operao, tenso da rede e pelo espao disponvel no anular Queda de tenso mxima de 10 volts a cada 100 metros de cabo Outros equipamentos de subsuperfcie so vlvula de reteno, vlvula de alvio e sensores de fundo

Bombeio Centrfugo Submerso - BCSEquipamentos de superfcie Fonte de energia (rede eltrica ou gerador) Quadro de comandos Transformador Caixa de ventilao Cabea de produo (especial possui passagem para cabo eltrico

Acompanhamento do poo em produo

Testes de produo (vazo, presso dinmica na cabea do poo, RGL, frao de gua, nvel de fluido no anular, amperagem mdia, etc) Cartas de registro de amperagem Valores registrados por sensores de fundo (presso e temperatura)

Bombeio Centrfugo Submerso - BCS