02 edital chamada pblica professor pronatec

Download 02 edital  chamada pblica  professor pronatec

Post on 09-Aug-2015

97 views

Category:

Government & Nonprofit

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  1. 1. 2014/19019/001110 EDITAL DE CHAMADA PBLICA DE SELEO No 02/2014 Dispe sobre Processo Seletivo simplificado para cadastro reserva de Profissionais para atuar na funo de Professor Regente Bolsista no mbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Tcnico e Emprego PRONATEC. O SECRETRIO DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO ECONMICO, CINCIA, TECNOLOGIA E INOVAO, no uso das atribuies que lhe confere o art. 42, 1, incisos II e IV da Constituio Estadual, torna pblica a abertura das inscries para o Processo Seletivo cadastro de reserva de profissional para atuar como Professor Regente Bolsista, nos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Tcnico e Emprego PRONATEC, institudo pela Lei n 12.513, de 26 de outubro de 2011, do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educao FNDE do Ministrio da Educao, e Resoluo n 07, de 28 de junho de 2013, da SEDECTI, publicada no Dirio Oficial do Estado n 3.907, de 02 de julho de 2013, mediante normas e condies a seguir especificadas. 1. DAS DISPOSIES PRELIMINARES A presente chamada pblica para o Processo Seletivo cadastro de reserva, destina-se a selecionar Professor Regente Bolsista para atuar nos municpios de Araguatins, Augustinpolis, Bom Jesus do Tocantins, Brasilndia, Barrolndia, Cachoeirinha, Colinas do Tocantins, Formoso do Araguaia, Guara, Lagoa da Confuso, Miracema, Nova Rosalndia, Palmas, Palmeirpolis, Paran, Porto Nacional, Rio dos Bois, Tocantinpolis, Tocantnia e Wanderlndia, com formao mnima de acordo o Anexo VIII, nos cursos ofertados pela SEDECTI, via PRONATEC, conforme cronograma a seguir: Perodo Atividade 17/02/2014 Publicao da chamada pblica para processo seletivo de professor 17 a 24/02/2014 Perodo de inscries via correio para a SEDECTI 25/02 a 14/03/2014 Anlise de Curriculum Vitae e documentao comprobatria dos candidatos 19/03/2014 Divulgao do Resultado Preliminar 20 a 21/03/2014 Apresentao de Recursos 28/03/2014 Divulgao do resultado final
  2. 2. 1.1. A concesso de bolsas na oferta de cursos do PRONATEC Bolsa Formao dar-se- nos seguintes termos: I A carga horria dos bolsistas ser no mnimo de 20 horas, para a funo de professor regente; II vedado o pagamento de bolsas pelo PRONATEC Bolsa Formao - ao participante com vinculao em outro programa de bolsa, exceto quando se tratar de bolsa de estudo; III A concesso de bolsas aos professores selecionados para implementao dos cursos do PRONATEC Bolsa Formao deve basear-se nas exigncias de formao e de experincias profissionais necessrias para o desenvolvimento do programa, bem como nas atribuies que cada profissional desempenhar durante o perodo de durao dos cursos, em virtude de suas responsabilidades, conforme estabelecido neste edital. 1.2. A chamada pblica do processo seletivo se dar por meio de Anlise e Avaliao Curricular com as devidas comprovaes. 1.3. Ser constituda uma Comisso Avaliadora que conduzir a execuo de todas as atividades regidas por esta Chamada Pblica. 1.4. de inteira responsabilidade do candidato, acompanhar os resultados e demais publicaes referentes a esta chamada pblica, pelo site da Secretaria do Desenvolvimento Econmico, Cincia, Tecnologia e Inovao, a saber, www.sedecti.to.gov.br. 1.5. O no cumprimento dos requisitos mnimos desta chamada pblica ou a constatao, a qualquer tempo, de informao falsa na documentao apresentada pelo profissional, dar ensejo eliminao da inscrio do candidato ou resciso do contrato do selecionado, sem prejuzo das demais providncias cabveis. 2. DO PROGRAMA: O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Tcnico e Emprego PRONATEC tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educao Profissional Tcnica de Nvel Mdio e de cursos de Formao Inicial e Continuada de Trabalhadores. 3. DA REMUNERAO 3.1. Os professores selecionados para atuar no PRONATEC sero remunerados por meio da concesso de bolsas, em conformidade com o art. 9 da Lei n 12.513/2011 e art.10, pargrafo nico, da Portaria FNDE/MEC N 168, de 07 de maro de 2013, disponibilizados no endereo eletrnico http://www.pronatec.mec.gov.br e Resoluo n 07, de 28 de junho de 2013, publicada no Dirio Oficial do Estado n 3.907, de 02 de julho de 2013. 3.2. O valor da remunerao na forma de bolsa para professor regente ser de R$ 34,00 (trinta e quatro reais) por hora aula de 60 minutos, ou de R$ 40,00 (quarenta reais) quando houver deslocamento de 50 a 100 km do seu municpio sede e de R$ 50,00 (cinquenta reais) quando houver deslocamento acima de 100 km do seu municpio sede, de acordo com a carga horria de cada disciplina. 4. REQUISITOS MNIMOS 4.1. Para se inscrever, o candidato deve atender aos seguintes requisitos: I ter formao em nvel superior ou nvel tcnico compatvel com a rea de conhecimento do curso/disciplina pretendido, ANEXO VIII;
  3. 3. II ter disponibilidade para atuao na funo de acordo com as solicitaes da SEDECTI e Calendrio do curso no municpio; III ter disponibilidade para participar de reunies e formaes fora do municpio em que reside, quando solicitado; IV no estar cumprindo sano por idoneidade, aplicada por qualquer rgo pblico federal, distrital, estadual ou municipal; V ter conhecimento bsico de informtica (Anexo VI). 5. DAS INSCRIES 5.1. Ser admitida a inscrio somente via correios, postadas no perodo de 17 a 24 de fevereiro de 2014, para o endereo: Secretaria do Desenvolvimento Econmico, Cincia, Tecnologia e Inovao Esplanada das Secretarias Praa dos Girassis (extinta Secretaria Estadual da Indstria e do Comrcio). 5.2. O candidato dever preencher formulrio de inscrio (Anexo II), Plano de Ensino (Anexo VII), bem como encaminhar Curriculum Vitae (Anexo III) e documentos comprobatrios, observando os pr-requisitos mnimos exigidos no item quatro (4 ). 5.3. Admitir-se- inscrio em mais de uma disciplina para o candidato, observando-se a rea de formao exigida. 5.4. A SEDECTI no se responsabilizar por inscrio no recebida por motivos de extravio de documentos via correio, documentao incompleta, assim como no receber inscries fora do prazo. 5.5. No ato da inscrio o candidato dever enviar cpias autenticadas dos seguintes documentos: I - CPF e da Cdula de Identidade; II - Certificados de escolaridade exigidos enquanto formao mnima e devidamente informada no Curriculum Vitae; III - Declarao Negativa de Antecedentes Criminais, emitida pelos rgos competentes; IV - Declarao de Conhecimentos de Informtica, conforme modelo Anexo VI, desta chamada pblica; V - Declarao de carga horria, emitida pelo setor de Recursos Humanos ou empresa que possui vnculo; VI - Declarao de no acumulao de carga horria, conforme Anexo V desta chamada pblica; VII - comprovante de endereo; VIII - preenchimento da complementao do Curriculum Vitae, conforme disposto no Anexo III desta chamada pblica; 5.6. A documentao dos candidatos no selecionados, encaminhada via Correio, ser incinerada ao final do processo seletivo. 6. DOS CRITRIOS DE SELEO 6.1. A seleo ser realizada por meio de Anlise e Avaliao do Curriculum Vitae, devidamente comprovado, levando-se em conta os critrios de pontuao definidos no Anexo I desta chamada pblica e tambm das informaes adicionais apresentadas pelo candidato na Ficha de Inscrio.
  4. 4. 6.2. Somente sero considerados ttulos de formao acadmica aqueles que forem emitidos por Instituies reconhecidas pelo Ministrio da Educao - MEC. 6.3. A Formao Acadmica no ser cumulativa, ou seja, no haver soma de pontuao gradual dos nveis de escolaridade informados pelo candidato. 6.4. As Experincias Profissionais so de carter cumulativo, conforme Anexo III desta Chamada Pblica, e o candidato, por sua vez, dever enviar seus respectivos documentos comprobatrios. 6.5. Os candidatos sero classificados de acordo com a ordem decrescente de pontuao obtida segundo os critrios descritos no Anexo I desta Chamada Pblica. 6.6. Em caso de empate sero considerados os seguintes critrios: I maior tempo de exerccio como docente de cursos tcnicos; II maior tempo de exerccio como docente de cursos tecnolgicos; III maior tempo de exerccio na coordenao de cursos tcnicos; IV maior tempo de exerccio na gesto em instituies educacionais de ensino tcnico e tecnolgico; V maior idade. 7. CADASTRO DE RESERVA 7.1. O cadastro de reserva nos Cursos de Formao Inicial e Continuada FIC e Tcnicos, constante desta chamada Pblica selecionar professores para os Municpios de Araguatins, Augustinpolis, Bom Jesus do Tocantins, Brasilndia, Barrolndia, Cachoeirinha, Colinas do Tocantins, Formoso do Araguaia, Guara, Lagoa da Confuso, Miracema, Nova Rosalndia, Palmas, Palmeirpolis, Paran, Porto Nacional, Rio dos Bois, Tocantnia, Tocantinpolis e Wanderlndia, de acordo com o ANEXO VIII. 7.2. A SEDECTI criar um Banco de Dados de Professores selecionados nesta chamada pblica, cujo objetivo ter acesso s informaes pessoais e profissionais para os cursos ofertados, garantindo assim o desenvolvimento do Programa. 7.3 Os professores cadastrados no Banco de Dados de Profissionais sero convocados obedecendo ordem de classificao e a demanda do rgo. 7.4. O candidato selecionado poder solicitar a excluso do seu nome do Banco de Dados de Profissionais do PRONATEC/SEDECTI, observando as clusulas do Termo de Compromisso previamente assinado, devendo encaminhar justificativa SEDECTI, com, no mnimo, 30 (trinta) dias de antecedncia. 8. DA COMISSO AVALIADORA 8.1. A Comisso Avaliadora ser constituda por meio de portaria, composta por 09 (nove) membros do quadro de servidores do Estado, lotados na SEDECTI, que definir as atribuies desta. 9. DAS ATRIBUIES DOS SELECIONADOS 9.1 Os professores selecionados, quando chamados, devero desenvolver as atribuies, em atendimento ao art. 7 da Lei 12.513, de 26 de outubro de 2011, e s demandas internas da SEDECTI, quais sejam, ao bolsista professor regente caber: I revisar Planos de Cursos de acordo com sua rea; II planejar as aulas e atividades didticas e ministr-las aos alunos,, pela bolsa-formao;
  5. 5. III adequar a disciplina s necessidades especficas do pblico alvo; IV participar