piano bar pg. 28 clube paineiras do ... roberval ramos mascarenhas revista paineiras ... mrio

Download Piano Bar Pg. 28 Clube Paineiras do ... Roberval Ramos Mascarenhas reVisTa Paineiras ... Mrio

Post on 20-Jan-2019

240 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

PAINEIRASPUBLICAO MENSAL DIRIGIDA AOS ASSOCIADOS DO CLUBE PAINEIRAS DO MORUMBY

MARO/2010 www.clubepaineiras.com.br

Novidades na Sexta danante

Novas Diretorias:Jovem e 3a idade

Teatro Paineiras 34 anos de sucesso

Revista Paineiras | maro/10 | 2

Revista Paineiras | maro/10 | 3

ndice

EditorialPresena e

trabalho

Pg. 04

Sexta Danante Muitas novidades e atraes especiais

Pg. 26

A divulgao de alguns eventos ou matrias, depende de prazos de fechamento da revista

e limitao de espao. Consulte nosso Portal

www.clubepaineiras.com.br

teatro PaineiraS 34 anos de uma

trajetria de sucesso

Pg. 22

Dia a DiaDiretoria jovem

e diretoria da 3a idade

Pg. 16novaS atraeSNovas atraes no Piano Bar

Pg. 28

Clube Paineiras do MoruMbyav. dr. alberto Penteado, 605, Morumbi - so Paulo - sP - 05678-000www.clubepaineiras.com.brPabX: 3779-2000Central de atendimento: 3779-2010/2012Conselho deliberativo: 3779-2007departamento de alimentos e bebidaseventos: 3779-2120restaurante social: 3779-2124dasP departamento de assistncia social do Paineiras: 3779-2039biblioteca: 3779-2149departamento de esportes: 3779-2100

departamento socio-cultural: 3779-2050departamento de Marketing e Comunicao: 3771-3558Centro Mdico: 3779-2045

diretoria executivaGesto de 01/2010 a 12/2012PresidenteJos Miguel Spina1 Vice-PresidenteSrgio Henri Stauffenegger2 Vice-Presidente Luiz Fernando de Paiva Monteirodiretora secretriaAna Emlia Oliveira de Almeida Pradodiretor TesoureiroRoberval Ramos Mascarenhas

reVisTa PaineirasJornalista responsvel: Jean Carlo Martins - Mtb. 48.950

Produo Grfica: Morganti Servios Grficos

Pr-impresso e impresso Editora e Grfica Stampato Ltda

Publicao mensal dirigida aos associados do Clube Paineiras do Morumby. A programao apresentada poder sofrer alteraes, consulte a Central de Atendimento.

Revista Paineiras | maro/10 | 4

Editorial

Caro associado,Em primeiro lugar quero

agradecer a todos pelas palavras de incentivo que tenho recebido o que me d fora para cada vez mais me dedicar ao Clube.

Tenho planos ambiciosos para oferecer aos associados um Clube cada vez melhor e para isso tenho contado com o apoio de todos, funcionrios, con-selheiros, mesa do Conselho, Conselho Fiscal e associados.

No tenho poupado esforos para conhecer todos os setores do Clube e pedido que cada um, seja da Diretoria Executiva, seja das diversas diretorias, seja funcionrios se compro-metam cada vez mais em prestar um atendimen-to eficiente e atencioso aos nossos associados.

Algumas medidas j tomadas como o funcio-namento pleno do Restaurante e da Central de Atendimento repercutiram favoravelmente.

A partir do dia primeiro de maro a taxa paga pelos convidados, poder ser descontada da con-ta a ser paga no Restaurante. Revisei para baixo alguns preos no setor de Alimentos e Bebidas. Institu novamente, aos domingos o Buffet com-pleto de salada.

Estamos em andamento com o processo para construo de nosso estacionamento, da constru-o do elevador do vale, da restaurao das cpu-

las do Restaurante e da Boate, da cobertura do Ginsio Ve-lho, bem como da ventilao do Ginsio Novo.

Empenho especial tem sido dado pela manuteno, que por sinal foi reestruturada, para manter o Clube apto para de-sempenhar suas diversas finali-dades.

Logo estarei recebendo dos setores competentes o calend-rio de eventos, quer seja do setor Scio-Cultural, quer seja do se-

tor de Esportes, para comemorarmos os 50 anos do Clube, que ser amplamente divulgado. Te-mos certeza que nossos scios estaro presentes.

Muitas outras medidas j foram tomadas no setor administrativo e seria tedioso enumerar to-das elas. Tenham certeza que estou presente e trabalhando com afinco e dedicao.

Aprendi com algum que s o trabalho cons-tri e este o lema que conduz toda a Diretoria Executiva.

Quero contribuir para que o amanh seja um dia mais feliz do que foi ontem e hoje na vida de todos.

Sinceramente,

Jos Miguel SpinaPresidente

Presena e trabalho

Revista Paineiras | maro/10 | 4

Novidades No PaiNeiras

Planto de gestores aos domingosCom o objetivo de prestar um servio de qualidade e visando a satisfao de nos-sos associados, os gestores iro revezar os plantes aos domingos. Confira a progra-mao de Maro:

Dia Gestores Ramal:07 Anita Gouveia 214814 Neivaldo Rodrigues 204921 Ciro Fonseca 2040 28 Jefferson Gutierrez 2045

Revista Paineiras | maro/10 | 5

Caros Amigos Paineirenses,

s vezes nos surpreendemos com os re-sultados de aes simples.

Tempos atrs, por iniciativa do Conse-lheiro Ariovaldo Rabelo, foi determinado que a Diretoria Executiva informasse ao Conselho Deliberativo os resultados ex-pressivos de nossos atletas, para que a Mesa Diretora fizesse algum tipo de registro.

Pois bem, no ms de dezembro fomos informados dos excelentes resultados do pessoal da Natao Master, e tomamos a iniciativa de enviar, a cada um dos 66 membros da equipe, uma simples carta pa-rabenizando-os pelo empenho e pelas con-quistas.

Foi absolutamente gratificante o retor-no que tivemos em manifestaes escritas e orais.

Continuaremos a parabenizar nossos atletas por seus feitos, de forma individu-alizada.

Em continuidade ao relatado em nossa matria de fevereiro, a integrao entre o Conselho e a Diretoria Executiva continua em excelente nvel.

A Mesa Diretora do Conselho foi co-municada pela Diretoria Executiva da exis-tncia de duas licitaes que se iniciam em breve. Nesta comunicao a Diretoria Exe-cutiva solicitou a nomeao de dois Con-selheiros para que acompanhem cada uma das licitaes. Foram nomeados os Conse-lheiros Paula Bevilcqua e Itagiba Cobra para que acompanhem a licitao relacio-nada ao Departamento de Marketing e os Conselheiros Srgio Nabhan e Luiz Bessa para que acompanhem a licitao envol-vendo o Restaurante Social.

Presidente: Edgard Mansur

Salomo (ao centro)

Vice-Presidente: Lus Augusto

Bulco Carvalho (esq.)

Secretrio: Lus Srgio de

Campos Vilarinho (dir.)

Conselho Deliberativo

Continuamos no caminho certo

Na prxima reunio do Conselho, em 15 de maro, nomearemos o grupo de tra-balho que coordenar a proposta de altera-o estatutria.

Sero divulgados os nomes dos mem-bros para que todo associado possa, atra-vs de seus Conselheiros, participar desse projeto.

Continuamos no caminho certo.Saudaes Paineirenses.

Mesa Diretora do Conselho DeliberativoGesto 2009/2011

Revista Paineiras | maro/10 | 6

O papel do Conselho Fiscal na Governana1 Corporativa do Clube

Governana corporativa do nosso Clube in-clui os rgos de gesto (Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva), suas res-ponsabilidades, a forma que eles se relacionam e o conjunto de processos, polticas, estatutos, e leis que regulam a maneira como administrado e controlado.

As empresas esto se dando conta da rele-vncia do Conselho Fiscal e do seu papel estra-tgico, no s a servio do scio minoritrio (as-sociado no caso do Clube), mas tambm como instrumento de agregao de valor- Mauro Rodrigues da Cunha

Os associados do nosso Clube tm necessida-des e demandas, cabendo Diretoria Executiva suprir essas legtimas demandas. Para este fim a Diretoria Executiva elabora dois dos principais documentos para serem avaliados e aprovados pelo Conselho Deliberativo antes ouvido o Con-selho Fiscal: a Proposta Oramentria e o Rela-trio Anual.

Mais do que a obrigao de informar, a administrao deve cultivar o desejo de infor-mar, sabendo que da boa comunicao interna e externa, particularmente quando espontnea, franca e rpida, resulta um clima de confiana, tanto internamente, quanto nas relaes da em-presa com terceiros.

A comunicao no deve restringir-se ao desempenho econmico-financeiro, mas deve contemplar tambm os demais fatores (inclusi-ve intangveis) que norteiam a ao empresarial e que conduzem criao de valor2.

As atribuies do Conselho Fiscal para a Go-vernana Corporativa do Clube tm diferentes ve-tores em cada um dos processos j explicados.

OramentO anualCompreende sua anlise tcnica, tendo como

objetivo evitar que as propostas possam provocar

Conselho Fiscal

desequilbrios financeiros para o Clube, os quais no futuro venham a causar dficit e consequente falta de liquidez.

Basicamente nele constam as Receitas Previs-tas e as respectivas Despesas, e o Plano de Inves-timentos. Todo esse conjunto subdividido em reas e departamentos (Centros de Custos).

Neste documento que so propostas a Taxa de Manuteno e a Taxa Patrimonial.

A Taxa de Manuteno deve cobrir todas as despesas de custeio do Clube, assim sendo o Con-selho Fiscal tem como foco evitar que de um lado ela seja elevada demais podendo causar aumento de inadimplncia e de outro que ela seja muito baixa, que provoque dficit de caixa no exerccio. As duas hipteses trariam problemas de liquidez. No atribuio do Conselho Fiscal opinar so-bre as verbas destinadas a cada departamento; por exemplo quanto vai ser destinado ao Esporte ou a Alimentos & Bebidas ou ao Scio-Cultural, etc., esta deciso cabe a Diretoria Executiva e ao Con-selho Deliberativo.

A Taxa Patrimonial proposta para arrecadar recursos que suportem os investimentos em novas obras e compra de ativos, cabendo neste caso ao Conselho Fiscal avaliar se o montante proposto razovel em termos de valor agregado para o asso-ciado, bem como se sua evoluo est compatvel com a realidade do Clube.

No , neste caso, atribuio do Conselho Fis-cal opi