~ MINI GUIA ~ Como manter o cérebro ativo? ?· 6 dicas para manter o cérebro jovem Consulta médica…

Download ~ MINI GUIA ~ Como manter o cérebro ativo? ?· 6 dicas para manter o cérebro jovem Consulta médica…

Post on 21-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

TRANSCRIPT

~ M I N I G U I A ~

Como manter o crebro ativo?

A D V A N C E C A R E . P T

http://www.advancecare.pt

Como manter o crebro ativo

O que podemos fazer para ter um crebro ativo?

Como conseguimos distinguir pequenos esquecimentos de doenas graves?

As crianas estimuladas desde pequenas tm uma maior probabilidade de serem idosos mentalmente mais jovens?

H alimentos que nos ajudam a ter um crebro mais jovem?

Ouvir msica benfico para o crebro?

Existe a teoria de que com a idade, h mais dificuldade em aprender algo novo? Trata-se de um mito ou verdade?

Existem alguns fatores que podem pr em causa a sade mental?

Quando devemos procurar ajuda especializada?

6 dicas para manter o crebro jovem

Consulta mdica

O que pode encontrar neste guia...

Os jogos com um desafio lgico so instrumentos importante no treino do raciocnio e da memria

Como manter o crebro ativo

O crebro o maior rgo do sistema nervoso central e o centro de controlo para todo o corpo. tambm responsvel pela complexidade, memria, emoes e linguagem. Dos zero aos 100 anos, um dos rgos que precisa de ser estimulado no s para se manter gil como para prevenir vrios tipos de doenas.

Com o apoio da diretora clnica Maria Teresa Silva, mostramos como um estilo de vida saudvel, o consumo de certos alimentos e alguns pequenos exerccios podem ser essenciais para manter o seu crebro ativo ao longo da vida.

O que podemos fazer para ter um crebro ativo?

Mantermo-nos curiosos. Uma mente curiosa e inquisitiva mantm-se naturalmente mais ativa, porque procura descobrir, interpretar e integrar os estmulos e conhecimentos.

Pessoas que, por exemplo, se mantm interventivas na vida da sociedade, da famlia, da poltica, do desporto ou no cuidado de outros, ou seja, que realizam atividades que exigem funes executivas (planear, monitorizar e avaliar) exercitam as funes cognitivas superiores, normalmente interpretadas como uma maior atividade da mente.

Aprender uma nova lngua ou tocar um instrumento musical uma das formas para manter um crebro jovem

Como conseguimos distinguir pequenos esquecimentos de doenas graves?

Na maioria dos casos, os esquecimentos devem-se apenas ao cansao. Por exemplo, a falta de um sono reparador uma causa muito frequente, sobretudo durante um perodo de tempo prolongado.

Um mtodo muito simples que pode ajudar a contornar o problema a utilizao de um pequeno caderno de notas, onde a pessoa vai anotando as tarefas a fazer, riscando-as, uma a uma, medida que as vai completando, idealmente pela ordem que as registou. Este sistema vai ajudar a manter-se concentrado na tarefa, pois exige planificao, metodologia e alguma poro de autodisciplina.

Dependendo da frequncia e do tipo de situao em causa, a ajuda de um profissional de sade mental deve ser sempre considerada.

Sabia que ter um crebro ativo reduz duas vezes mais a possibilidade de desenvolver a doena de Alzheimer?

As crianas estimuladas desde pequenas tm uma maior probabilidade de serem idosos mentalmente mais jovens?

Uma pessoa com mais competncias tcnicas e intelectuais adquiridas est mais apta para o desempenho de mais funes com relevncia do ponto de vista econmico, social e cultural e, dessa forma, poder ser tendencialmente mais ativa.

Em 2012, Richard Mayeux e Yaakov Stern sugerem no seu estudo Epidemiology of Alzheimer Disease que indivduos com estilos de vida intelectualmente enriquecidos, tais como aqueles com educao superior ou com sucesso profissional, apresentam um menor risco de apresentar de manifestaes clnicas da doena de Alzheimer. No entanto, muitos outros estudos apontam em sentido contrrio, recusando essa correlao1

1 Hall et al. 2000; Chandra et al. 2001.

As alteraes cognitivas variam bastante em funo da idade, doenas pessoais e histria familiar

H alimentos que nos ajudam a ter um crebro mais jovem?

So cada vez mais explorados os benefcios da dieta mediterrnica e alguns estudos parecem indicar que existe algum benefcio2. De entre os alimentos normalmente referidos, contamos o abacate (rico em vitaminas B, C e K), os mirtilos (antioxidantes), os brcolos (preferencialmente pouco cozinhados), o salmo, os ovos, o azeite virgem extra, frutos secos (como as nozes e as amndoas).Todos estes alimentos podem trazer benefcios, ingeridos de forma moderada, e desde que sejam adequados a cada indivduo e s suas condicionantes ou doenas.

1 A Mediterranean-style dietary intervention supplemented with fish oil improves diet quality and mental health in people with depression: A randomized controlled trial (HELFIMED). Parletta N1, Zarnowiecki D1, Cho J1, Wilson A2, Bogomolova S2, Villani A3, Itsiopoulos C4, Niyonsenga T1,5, Blunden S6, Meyer B7, Segal L1, Baune BT8, ODea K1. Nutr Neurosci. 2017 Dec 7:1-14

So cada vez mais explorados os benefcios da dieta mediterrnica para manter um crebro ativo

Ouvir msica benfico para o crebro?

Os benefcios da msica variam em funo de vrios fatores como o efeito que tem sobre o ouvinte, a hora que escutada e o meio de difuso. A msica pode ser um elemento importante para relaxamento e um auxiliar para induzir um estado meditativo mais profundo. Se utilizar a msica para este fim, prefira msica sem letra e ajuste o volume moderadamente.

A estimulao cognitiva e a estimulao sensorial so formas excelentes de trabalhar a memria

Existe a teoria de que com a idade, h mais dificuldade em aprender algo novo? Trata-se de um mito ou verdade?

Do ponto de vista da fisiologia, sabemos que um crebro mais jovem possui uma maior plasticidade, ou seja, tem a capacidade para se ir modelando e adaptando de forma captar e integrar os estmulos que recebe. o caso dos bebs.

Mas medida que crescemos e envelhecemos o nosso crebro especializa-se, ou seja, toda a volatilidade caracterstica da infncia e adolescncia estabiliza, e o ritmo e a construo de novas ligaes neuronais vai sendo menor.

Pensa-se que por esse motivo que a facilidade de aprendizagem vai diminuindo ao longo da vida. Perdemos um pouco a curiosidade pelo novo e sentimo-nos mais confortveis com o que j conhecemos.

Um pouco de msica ao acordar ou algo relaxante antes de dormir, pode ajudar a atingir um maior bem-estar emocional e mental

Existem alguns fatores que podem pr em causa a sade mental?

Sim, o stress, a depresso, a falta de descanso. Tambm os problemas familiares, financeiros e laborais podem ser outra fonte de desgaste mental.

Estudos epidemiolgicos sobre a depresso demonstram uma cada vez maior prevalncia da doena e isto algo que se sente no dia a dia na consulta mdica.

Todos os dias recebemos vrios doentes deprimidos, em maior ou menor grau, com uma qualidade de vida baixa por fora da doena (ainda um tabu).

Jogos como o sudoku, jogos de cartas com maior ou menor nvel de estratgia envolvida, so teis no treino e preveno

Quando devemos procurar ajuda especializada?

No caso da depresso, a tristeza prolongada, alteraes no humor, no peso, na alimentao, fadiga, dificuldade de concentrao, perda de interesse por atividades que dantes o estimulavam, so alguns dos sintomas que podem indicar a necessidade de recorrer a ajuda especializada

Nos casos de alteraes cognitivas ou de memria, varia bastante em funo da idade, doenas pessoais e histria familiar. Neste mbito, a neurologia pode desempenhar um papel preponderante.

Uma ajuda ter um caderno de bolso onde anota as tarefas a fazer, riscando-as, uma a uma, medida que as vai completando

Dormir bem Um sono retemperador essencial ao bem-estar anmico e cognitivo.

Alimentao equilibradaPobre em gorduras e acares, rica em vitaminas, cidos gordos e minerais, com uma ingesto adequada de protena.

Praticar uma atividade fsica 30 a 60 minutos dirios.Caminhada em passo acelerado, hidroginstica, natao, pilates.

Sociabilizar Conviver com famlia e amigos, sair de casas; todas estas atividades beneficiam o bem-estar.

Estimulao cognitiva Jogos, sudoku, damas, cursos. Tudo o que traga um elemento de desafio intelectual positivo.

Namorar Viver o amor na sua plenitude , talvez, o maior fator de bem-estar e de alegria. E no se fala s do amor fsico mas tambm da convivncia com aqueles que se ama.

2 3 4 5 61

6 dicas para manter o crebro jovem

Consulta mdica

Antes da visita

Escreva todas as suas dvidas num papelAponte num papel as questes que tem e coloque-as ao mdico.

Pea a um familiar ou amigo para o acompanharIr sentir-se mais seguro e confortvel e a outra ajud-lo- a relembrar pormenores importantes.

Leva esta check-list consigoSer mais fcil explicar ao mdico quais os sintomas que tem, a sua frequncia e a durao. Estas informaes ajudam o mdico a perceber melhor os sintomas e a fazer um diagnstico correto.

Durante a visita

No desvalorize os seus sintomas A equipa mdica especialista na rea. Explique como se sente e eles vo ajud-lo.

Se no compreender o que mdico diz, no tenha medo de pedir para explicar de novoTente repetir pelas suas palavras o que mdico explicou. Assim fica garantido que percebeu o que lhe disse.

Seja honestoSe no est a cumprir o tratamento ou falhou a medicao, diga-o. No precisa de ter vergonha. O mdico no pode ajud-lo se no souber exatamente o que se passa.

Marque uma consulta de follow-upQuais os prximos passos? Quando voltar ao mdico para ver os efeitos do tratamento? Como pode manter em contato com o mdico? Por email, telefone? preciso marcar uma nova consulta?

Para ajud-lo, saiba as respostas a estas quatro perguntas

1. Quais os medicamentos que est a tomar, desde quando e em que dosagens?

2. Sentiu algum efeito secundrio?

3. Sente melhorias?4. Selecione trs

assuntos que quer mesmo perguntar ao seu mdico.

A D V A N C E C A R E . P T