e a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. nádia carolina machado enfermeira

Download  e a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Nádia Carolina Machado Enfermeira

Post on 18-Apr-2015

102 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • .... e a preveno das doenas sexualmente transmissveis. Ndia Carolina Machado Enfermeira
  • Slide 2
  • Slide 3
  • uma forma de manifestao do prazer
  • Slide 4
  • QUEM POSSUI ? QUE IDADE ELA APARECE?
  • Slide 5
  • Slide 6
  • Slide 7
  • Slide 8
  • Slide 9
  • Quais as conseqncias positivas da relao sexual?
  • Slide 10
  • Slide 11
  • Quais as conseqncias negativas da relao sexual?
  • Slide 12
  • Slide 13
  • Slide 14
  • Corrimentos Feridas Vesculas ou bolhas Verrugas
  • Slide 15
  • CORRIMENTOS
  • Slide 16
  • Secreo uretral amarelo-esverdeada acompanhada com freqncia de ardncia e dor mico.
  • Slide 17
  • Quando no detectada a tempo, a infeco sobe atingindo a cavidade plvica, provocando a Doena Inflamatria Plvica (DIP).
  • Slide 18
  • Slide 19
  • Slide 20
  • Slide 21
  • Slide 22
  • Slide 23
  • CONCEITO: Doena infecciosa, sistmica, de evoluo crnica, sujeita a surtos de agudizao e perodos de latncia. AGENTE ETIOLGICO: treponema pallidum. SFILIS PRIMRIA OU CANCRO DURO:
  • Slide 24
  • Slide 25
  • Slide 26
  • Leses cutneo-mucosas, no ulceradas, aps 6 a 8 semanas do aparecimento da sfilis primria. Geralmente vem acompanhada de artralgias, febrcula e cefalia. A localizao destas leses nas superfcies palmo-plantares sugere fortemente o diagnstico de sfilis secundria.
  • Slide 27
  • Slide 28
  • Os sinais e sintomas geralmente ocorrem aps 3 a 12 anos de infeco com leses cutneo-mucosas, neurolgicas, cardiovasculares e articulares.
  • Slide 29
  • Slide 30
  • uma afeco de transmisso exclusivamente sexual, provocada pelo Haemophilus ducreyi. O perodo de incubao geralmente de 3 a 5 dias, podendo se estender por at 2 semanas. O cancro mole muito mais freqente no sexo masculino. QUADRO CLNICO: Leses dolorosas, geralmente mltiplas devido a auto-inoculao. Recoberto por exsudato necrtico, amarelado, com odor ftido que pode sangrar facilmente. Em 30 a 50% dos pacientes o bacilo atinge os linfonodos inguinais havendo fistulizao em 50% dos casos por orifcio nico.
  • Slide 31
  • Slide 32
  • Slide 33
  • Slide 34
  • Slide 35
  • Slide 36
  • Slide 37
  • HPV PAPILOMA VRUS HUMANO Doena infecciosa de transmisso sexual, tambm conhecida como condiloma acuminado, verruga genital ou crista de galo. AGENTE ETIOLGICO Atualmente so conhecidos mais de 70 tipos, 20 dos quais podem infectar o trato genital. Esto divididos em 2 grupos, de acordo com seu potencial de oncogenicidade.
  • Slide 38
  • Slide 39
  • Slide 40
  • Colo tero normal Colo tero com alterao
  • Slide 41
  • Slide 42
  • A Aids uma doena infecciosa que foi conhecida em 1981. Ela se espalhou rapidamente, sendo considerada uma pandemia. A Aids j matou mais de 20 milhes de pessoas desde o incio da epidemia.
  • Slide 43
  • A doena causada pelo vrus HIV (sigla em ingls para vrus da imunodeficincia humana), que compromete o funcionamento do sistema imunolgico, impedindo-o de executar sua tarefa de proteger o organismo contra as agresses externas (por bactrias, outros vrus e parasitas).
  • Slide 44
  • Slide 45
  • Dcada 80: Dcada 90: 20 casos 10 casos 1 caso 1 caso
  • Slide 46
  • Nos dias atuais: 1,5 caso 1 caso
  • Slide 47
  • Hoje
  • Slide 48
  • definida como inflamao do fgado causada por uma infeco pelo Vrus da Hepatite B (HBV). A transmisso acontece da mesma forma da Aids, atravs do sangue, esperma, secreo vaginal e leite materno. H vacina especfica para este tipo de hepatite.
  • Slide 49
  • Causada por um vrus transmitido principalmente pelo sangue contaminado, mas a infeco tambm pode passar atravs da via sexual. O portador do vrus da hepatite C pode desenvolver uma forma crnica da doena que leva a leses no fgado (cirrose) e cncer heptico. No h vacina contra essa hepatite.
  • Slide 50
  • Selecionar as relaes sexuais e emocionais de forma racional. Atravs de uso de preservativo em todas as relaes sexuais.
  • Slide 51
  • Slide 52
  • Slide 53
  • OBRIGADA !

Recommended

View more >