comissÃo prÓpria de avaliaÇÃo avaliaÇÃo institucional – 2013-1 relatÓrio de auto...

Download COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – 2013-1 RELATÓRIO DE AUTO AVALIAÇÃO

Post on 11-Jan-2019

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

COMISSO PRPRIA DE AVALIAO AVALIAO INSTITUCIONAL 2013-1

RELATRIO DE AUTO AVALIAO INSTITUCIONAL

Ano de Referncia 2013

1 Semestre

COMISSO PRPRIA DE AVALIAO

CPA

Documento elaborado pela COMISSO PRPRIA DE AVALIAO-CPA da Faculdade Vrtice,

atendendo s exigncias do Sistema Nacional de Avaliao de Educao Superior- SINAES, institudo

pela Lei 10.861, de 14 de abril de 2004.

Profa. Fernanda Cristina Ferrari Presidente da Comisso Prpria de Avaliao CPA

Prof. Roslio Marcos Santana Vice-presidente da Comisso Prpria de Avaliao CPA

COMISSO PRPRIA DE AVALIAO AVALIAO INSTITUCIONAL 2013-1

APRESENTAO

A Avaliao das Instituies de Educao Superior (AVALIES) um dos componentes

bsicos do SINAES, que se desenvolve em dois momentos: Auto avaliao, conduzida pelas

Comisses Prprias de Avaliao (CPA) e, avaliao externa, realizada por comisses externas,

designadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Ansio Teixeira (INEP-

MEC), segundo diretrizes da Comisso Nacional da Educao Superior (CONAES).

A Auto avaliao institucional, conforme diretrizes da CONAES tem dois objetivos

essenciais: avaliar a instituio como uma totalidade integrada, o que permite a auto anlise

valorativa da coerncia entre a misso e as polticas institucionais efetivamente realizadas,

visando melhoria da qualidade acadmica e ao desenvolvimento institucional; privilegiar o

conceito da Auto avaliao e sua prtica educativa para gerar, nos membros da comunidade

acadmica, autoconscincia de suas qualidades, problemas e desafios para o presente e o

futuro, estabelecendo mecanismos institucionalizados e participativos para a sua realizao.

Para atingir a estes propsitos, nossa Comisso Prpria de Avaliao (CPA), faz

adequaes nos processos visando sistematiz-los. Assim, so criados novos instrumentos

avaliativos, implementadas outras metodologias e formas de anlise dos dados coletados,

respaldados nas dimenses contempladas na referida lei, em consonncia com os objetivos e a

misso institucional da FACULDADE VRTICE - UNIVRTIX.

Prof. Dr. Lucio Flavio Sleutjes Faculdade Vrtice - Univrtix

2

COMISSO PRPRIA DE AVALIAO AVALIAO INSTITUCIONAL 2013-1

1. DADOS DA INSTITUIO Nome/cdigo da Mantenedora Sociedade Educacional Gardingo Ltda. - SOEGAR - Mantenedora 3092 CNPJ: 03.981.113/0001-03 Nome/cdigo da Instituio de Educao Superior FACULDADE VRTICE - VRTICE - Mantida 4846 Caracterizao da Instituio de Educao Superior Instituio privada com fins lucrativos Localizao da Instituio de Educao Superior Rua Bernardo Torres, no 180, no Bairro do Retiro 35367-000 - MATIP - Estado de Minas Gerais Mantenedora A FACULDADE VRTICE uma instituio de educao superior mantida pela Sociedade

Educacional Gardingo Ltda. - SOEGAR, a qual foi constituda aos 27 dias do ms de julho de 2000,

conforme escritura pblica de constituio, protocolada no livro A-2, pgina 041, sob o no 7904, e

registrado no livro A-4, pgina 105, sob o no 0853, no Cartrio de Registro de Ttulos da Comarca

de Abre Campo - Estado de Minas Gerais.

So dirigentes da mantenedora os senhores Joo Batista Gardingo (Diretor-Presidente) e

Sebastio Gardingo (Diretor Executivo).

Mantida A FACULDADE VRTICE foi credenciada atravs da Portaria 1.084 do MEC, publicada em

22/11/2007 no DOU.

1.1. CARACTERIZAO DA IES MANTENEDORA: 3092 - Sociedade Educacional Gardingo Ltda CAMPUS: 40500 - Unidade SEDE ENDEREO: Rua Bernardo Torres, 180 Retiro. Matip - MG. CEP:35357-000 Tel: (31) 38732199 www.faculdadevertice.com.br

3

COMISSO PRPRIA DE AVALIAO AVALIAO INSTITUCIONAL 2013-1

1.2. COMPOSIO DA COMISSO PRPRIA DE AVALIAO

A CPA da Faculdade Vrtice foi definida como o grupo que tem a responsabilidade de

coordenar a execuo do processo de avaliao institucional da IES, e que deve ter como

orientao sempre as diretrizes inseridas no Projeto de Desenvolvimento Institucional PDI da

IES, na legislao e normas vigentes e, essencialmente, nos quatro pilares abaixo relacionados:

1. Melhoria da qualidade da educao superior;

2. Orientao da expanso de sua oferta;

3. Aumento permanente da sua eficcia institucional e efetividade acadmica social;

4. Aprofundamento dos compromissos e responsabilidades sociais das instituies de

educao superior, por meio da valorizao de sua misso pblica, da promoo dos valores

democrticos, do respeito diferena e diversidade, da afirmao da autonomia e da identidade

institucional.

Atualmente a CPA da Faculdade Vrtice conta com os membros citados a seguir e suas

respectivas funes:

Fernanda Cristina Ferrari - Presidente

Roslio Marcos Santana - Vice-Presidente

Vanessa Queiroz Teixeira - Representante do Corpo Tcnico-Administrativo

rica Stoupa Martins - Representante Docente

Renata Ferreira Pieroti Machado Pessoa - Representante da Sociedade

Fbio Gardingo Heleno de Oliveira - Representante Discente

2. CONSIDERAES INICIAIS

A auto avaliao institucional da Faculdade Vrtice tem sido um dos principais temas de

discusses em todos os seus segmentos.

A fim de no se limitar apenas ao atendimento de exigncias legais, esta IES vem

utilizando o resultado dos dados coletados nas auto avaliaes como instrumentos valiosos e

crticos na busca da qualidade e no aperfeioamento de planejamento das aes de implantao

de melhorias institucional e de qualidade de ensino para atender as demandas e desafios atuais.

Os dados coletados esto sendo utilizados na prtica, o que no esgotar a contnua

busca de planejamento de aes destinadas a superar as dificuldades, visto que a cada perodo

avaliativo esta CPA no medir esforos em detalhar todas as anlises, crticas e sugestes.

4

COMISSO PRPRIA DE AVALIAO AVALIAO INSTITUCIONAL 2013-1

2.1. APRESENTAO DA AUTO AVALIAO INSTITUCIONAL

A auto avaliao, ao identificar as potencialidades e fragilidades da instituio, cumpre

seus objetivos uma vez que produz conhecimentos que permitem identificar os pontos fortes, as

deficincias e as eventuais causas dos problemas, possibilitando aes especficas para

manuteno dos procedimentos satisfatrios e a correo dos equivocados. Tambm percebe-se

um aumento significativo da conscincia pedaggica do corpo docente e tcnico administrativo,

alm de fortalecer a vinculao da instituio com a sociedade.

O relatrio final, conforme adiante demonstrado, vem sendo utilizado como instrumento

crtico para prover as pessoas envolvidas da identificao das aes destinadas superao das

dificuldades e a busca constante do aprimoramento institucional.

Este documento tem por finalidade apresentar o relatrio das atividades desenvolvidas

pela CPA, seguindo as orientaes gerais do roteiro da Auto avaliao das instituies, expedido

pelo INEP em 2004. Nele foi considerada tambm a anlise integrada das dimenses

estabelecidas pela Lei 10861/04, quais sejam: 1. A misso e o Plano de Desenvolvimento

Institucional; 2. A Poltica para o Ensino, Pesquisa e Extenso; 3. Responsabilidade Social da IES;

4. Comunicao com a Sociedade; 5. A Poltica de Pessoal, Carreira, Aperfeioamento e

Condies de Trabalho do Corpo Docente e Tcnico-Administrativo; 6. Organizao e Gesto

Institucional; 7. Infraestrutura Fsica; 8. Planejamento e Avaliao; 9. Poltica de Atendimento a

Estudantes e Egressos; 10. Sustentabilidade Financeira.

2.2. A VINCULAO DA AUTO AVALIAO COM A MISSO E OS OBJETIVOS DA IES

A misso da Faculdade Vrtice ser uma entidade de referncia educacional, tendo seu

projeto poltico-pedaggico baseado na prtica e no senso da justia e solidariedade, utilizando

tcnicas modernas, flexveis e inovadoras integradas comunidade.

Dessa maneira, os resultados obtidos com a auto avaliao, ao se vincularem com a

misso e os objetivos da instituio, tornam-se partes inseparveis do processo educativo

institucional e acadmico, uma vez que apresentam inmeras possibilidades de se repensar na

realidade institucional.

Por ser a auto avaliao um instrumento de natureza sistmica e participativa, permite-se

o exame crtico das estruturas, das atividades de ensino, de pesquisa e de extenso, assim como

do modelo de gesto institucional, com vistas a identificar, compreender e escolher alternativas que

melhor norteiam o aperfeioamento acadmico.

Neste sentido, as relaes e os compromissos da Faculdade Vrtice com a comunidade

esto demonstrados na sua misso institucional e nos seus objetivos.

5

COMISSO PRPRIA DE AVALIAO AVALIAO INSTITUCIONAL 2013-1

2.3. METODOLOGIA E INSTRUMENTOS UTILIZADOS PARA OPERACIONALIZAR A PROPOSTA DA AUTO AVALIAO.

A auto avaliao institucional da Faculdade Vrtice - Univrtix foi pautada, ao longo de

todo o processo avaliativo, pela busca constante do envolvimento e participao de toda a

comunidade acadmica, desde a elaborao do projeto, at a elaborao e discusso dos

relatrios finais.

A metodologia utilizada no processo avaliativo contemplou os seguintes procedimentos:

Reunies na sede da Faculdade com a comunidade acadmica para discutir ideias, a fim de

nortear o projeto de avaliao;

Criao dos instrumentos de avaliao;

Elaborao da proposta definitiva do P

Recommended

View more >